Categorias
Empregos

Descubra agora como trabalhar na Globo

Glamour, fama, riqueza. Quem nunca sonhou em ser um astro da TV que atire a primeira pedra. Não é à toa que tanta gente enche a caixa postal da TV Globo em busca de uma vaguinha em suas novelas. Mas, mesmo que você não seja ator, a “Vênus platinada” tem oportunidades te aguardando. Quer trabalhar na mais poderosa empresa de mídia do Brasil? Então descubra agora como trabalhar na Rede Globo.

Rede Globo

Antes de mais nada, não comece a busca por uma vaga achando que você sabe tudo sobre essa emissora. Há na internet inúmeros mitos (e algumas verdades) sobre essa rede de TV, e pagar mico no processo seletivo comentando sobre algo que nunca aconteceu vai destruir sua chance de contratação.

Portanto, conheça agora alguns fatos importantes sobre a TV Globo.

Informações sobre a TV Globo

História da Rede Globo

A TV Globo afirma ser uma televisão aberta, plural e gratuita. Ela é gigantesca: trata-se do maior produtor de conteúdo da América Latina, com produtos exibidos em 190 países. A novela “Avenida Brasil”, por exemplo, foi exibida em 130 nações.

Sua força de trabalho é composta por 12 mil colaboradores. Achou muito? Essa é a quantidade de trabalhadores fixos da empresa. Em seus estúdios, circula muito mais gente. São três milhões de pessoas por ano.

Além dos programas de entretenimento, a Globo conta também com uma produtora de filmes. Desde sua criação, em 1998, a Globo Filmes já produziu mais de 175 longas-metragens.

Se você é jornalista, aqui vai uma boa notícia: a TV Globo tem mais de 700 equipes de reportagem espalhadas por todo o planeta. Cansou da violência do Brasil? A emissora carioca possui escritórios nos EUA, Inglaterra, Itália, Alemanha, Suíça e Japão.

Erros assumidos pela emissora

Ao longo de sua história a Globo movimentou o Brasil com seus programas de entretenimento e jornalismo. Algumas vezes, entretanto, a emissora foi acusada de manipular a opinião pública para atingir interesses escusos.

Em pelo menos três oportunidades a Globo reconhece que errou: durante a ditadura; nos protestos pela “Diretas Já”, em 1983; e durante a eleição presidencial de 1989.

As organizações Globo apoiaram o golpe militar de 1964, e a emissora reconhece isso abertamente. Além disso, em 1983, a Globo, em uma de suas reportagens, omitiu um grande protesto pela “Diretas Já” em São Paulo. De acordo com a TV, isso aconteceu por pressão dos militares.

Já em 1989 a Globo editou um debate entre Lula e Collor para passar a impressão de que Collor tinha se saído melhor durante o confronto de ideias.

Golpes em quem procura emprego

Agora um alerta! Com tanto poder, é claro que a emissora é alvo de pessoas de má-fé que usam seu nome para “se dar bem”. Assim, fique de olho em falsas promessas de emprego.

Os golpes mais comuns são os de falsos produtores que dizem estar recrutando atores ou participantes de reality shows. Há ainda aqueles que se dizem à procura de pessoas comuns para quadros dos programas de auditório.

Não caia nesses golpes. As únicas formas de ser contratado pela TV Globo serão informadas nesse artigo.

Será que trabalhar na Globo é bom?

Todo mundo acredita que trabalhar na Globo seja como entrar no paraíso. Altos salários, glamour e felicidade eterna. Mas será que trabalhar na Globo é realmente tão bom?

Trabalhar na Globo é considerado “bom” pela maioria de seus funcionários. Cerca de 90% da força de trabalho da empresa a recomendaria para seus amigos, um número bastante significativo.

As maiores qualidades da empresa são a remuneração e benefícios, considerados “muito bons”. A cultura da empresa e a qualidade de vida no ambiente de trabalho são considerados “bons”. As oportunidades de carreira, entretanto, são classificadas apenas como “razoáveis”.

Remuneração

Como visto anteriormente, a maioria dos trabalhadores da TV Globo considera que a emissora paga bem. Mas será que isso é mesmo verdade? Confira a média salarial dos profissionais da TV Globo.

  • Ator: um ator da Globo, com um dos cargos mais cobiçados do Brasil, ganha cerca de 5% mais que a média do mercado.
  • Estagiário de nível superior: estagiários com nível superior ganham, na emissora carioca, remunerações compatíveis com o mercado.
  • Editor: os editores da Globo recebem um salário 20% maior que a média do mercado. Além disso, contam com benefícios como plano de saúde e vale refeição.
  • Engenheiros: um engenheiro da Globo recebe cerca de 5% menos que a média do mercado. Contam, entretanto, com plano de saúde.
  • Assistente de produção: um assistente de produção da Globo ganha mais que o dobro da média do mercado.
  • Jornalista: os jornalistas da Globo têm vencimentos 30% maiores que a média do mercado.

Como trabalhar na Globo?

Programa Estagiar na Globo

Existem 3 maneiras de se trabalhar na Globo. Uma delas é ideal para você. Confira:

1. Cadastro no banco de talento

A melhor maneira de se conseguir um emprego na TV Globo é cadastrando-se no banco de talentos da emissora. Após o cadastro, seu currículo ficará disponível para consulta pelo RH da empresa.

Não é preciso, entretanto, esperar o convite chegar. Os candidatos podem ver, no site, as vagas disponíveis e indicar o interesse pelo cargo. Depois disso é torcer para receber um email pedindo mais informações e agendando uma entrevista.

Portadores de deficiência também podem se cadastrar.

2. Programa estagiar

Uma grande porta de entrada da TV Globo é o programa Estagiar. Diversos líderes da empresa começaram justamente como estagiários e hoje ajudam os novos talentos a se firmarem na companhia.

Podem se candidatar estudantes dos cursos de administração, análise de sistemas, arquitetura, ciência da computação, cinema, comunicação social (jornalismo), publicidade e propaganda, rádio e TV, relações públicas, comunicação visual, estudos de mídia, desenho industrial, design gráfico e economia.

Os estudantes de engenharia costumam ter grandes chances. Há vagas abertas para estudantes de diferentes áreas da engenharia, como engenharia ambiental, civil, engenharia da computação, eletrônica, elétrica, engenharia de telecomunicações, engenharia de produção, engenharia de sistemas e engenharia mecânica.

Por fim, há oportunidades para estudantes de estatística, geografia, marketing, matemática, serviço social, sistemas de informação e turismo.

As vagas costumam contemplar as cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília e Recife. O processo seletivo envolve atividades online (matching de valores, avaliação de competência, vídeo-entrevista e redação) e atividades presenciais (painel com gestores e entrevistas individuais).

3. Oficinas profissionalizantes

Parece um sonho, mas é verdade. A TV Globo paga para algumas pessoas estudarem e, ao fim do curso, serem contratadas pela companhia.

Gostou da ideia? Então se cadastre nas oficinas da emissora. Uma delas é a oficina de unidade portátil. Os escolhidos aprenderão a montar um setting de gravação, auxiliando na iluminação, gravação e geração de matérias; montar sistema de comunicação, iluminação, áudio e vídeo para links ao vivo e matérias pré-gravadas; e auxiliar a gravação de reportagens externas.

Essa vaga exige formação técnica em eletrotécnica, eletroeletrônica, eletrônica ou telecomunicações. Estudantes de cursos superiores de engenharia elétrica, eletrônica ou telecomunicações, com carteira de habilitação, têm preferência.

A maioria das vagas é para São Paulo. A empresa oferece vale transporte, vale refeição e convênio médico.

Quer trabalhar na Globo? Então acesse o site de recrutamento. Boa sorte!

Gostou do artigo? Conhece alguém que está desempregado ou quer trabalhar na Globo? Então compartilhe esse texto nas redes sociais, essas informações serão úteis  e pode ajudar muitas pessoas a iniciarem uma carreira na Rede Globo .

Vagas de Emprego Pagando em Dólares

Categorias
Empregos

Saiba o que fazer para trabalhar no Exterior

Trabalhar no exterior é o sonho de muita gente. Seja para ter uma experiência internacional no currículo, para receber um salário melhor ou mesmo para fugir da violência no Brasil, milhares de pessoas fazem as malas e atravessam continentes em busca de uma oportunidade de emprego. Entretanto, para que essa aventura não termine em frustração, é importante ter um bom planejamento. Por isso, descubra agora como trabalhar no exterior.

Objetivos

O primeiro passo para conseguir trabalhar no exterior é definir objetivos. Qual o seu motivo para sair do Brasil? Pessoas que estão desempregadas e querem sair do País em busca de um emprego com baixa qualificação terão um planejamento bem diferente daqueles que terminaram um MBA e querem simplesmente ter uma experiência profissional internacional.

Por isso, antes de começar a procurar emprego em outros países, defina suas necessidades. Você quer sair a qualquer custo, mesmo que seja para trabalhar como babá ou faxineira? Você abriria mão da sua carreira em troca de um salário melhor em empregos braçais? Ou você quer sair do Brasil e atuar exatamente na mesma área em que atua hoje?

Qualificação

Assim como no Brasil, sua qualificação vai contar muito na hora de procurar trabalho em outro país. Na Europa, mesmo pessoas com baixa escolaridade conseguem empregos com rendimentos suficientes para uma vida simples e digna. Entretanto, apesar do diploma não ser essencial, falar uma segunda língua é pré-requisito.

Em Portugal, destino favorito dos brasileiros, exige-se que os garçons falem português, inglês e espanhol. Portanto, antes de sair do Brasil, capacite-se.

Caso você tenha os recursos necessários, pode se inscrever em uma escola de idiomas ou universidade do país de destino. Assim, além de se capacitar, você terá um visto que te permitirá circular legalmente pelo país, fará network e terá mais tempo de adaptação à nova realidade.

Capacitação e trabalho ao mesmo tempo

Há ainda uma outra opção para quem tem recursos: fazer um intercâmbio com possibilidade de trabalhar no exterior. Algumas agências de intercâmbio contam com programas em que o estudante pode estudar uma língua durante um turno, e trabalhar no turno oposto. É uma excelente oportunidade de começar a carreira no exterior enquanto aprende a língua e a cultura do país estrangeiro.

Intercâmbio para trabalho remunerado

Estudar no país de destino não é um pré-requisito para quem deseja trabalhar no exterior. Muitas empresas de intercâmbio contam com programas para jovens universitários que desejam um emprego temporário no estrangeiro.

A desvantagem, nesses casos, é que o candidato precisará comprar o programa em uma agência de intercâmbio. Além disso, os programas são voltados apenas para jovens ou estudantes. Confira algumas opções:

  • Au Pair (babá) na Alemanha:

Au Pair

O programa tem duração de 12 meses. Os intercambistas ficam na casa da família contratante e recebem uma remuneração de 300 euros por mês. Podem se candidatar apenas mulheres de 18 a 26 anos, com pelo menos nível intermediário de alemão.

  • Au Pair nos EUA

Similar à opção alemã. O que muda é o salário. Nos EUA, a remuneração é de aproximadamente 580 dólares por mês.

  • Au Pair na França

Similar às demais opções, mas com remuneração diferenciada: 320 euros por mês.

  • Estágio na Austrália

Jovens de 18 a 30 anos podem comprar um programa de estágio na Austrália. O salário mensal por chegar a 900 dólares australianos (o equivalente a mais de 2 mil reais). Uma grande vantagem é a duração do estágio, de aproximadamente dois anos.

Os interessados devem ter se formado há no máximo dois anos, em áreas afins aos segmentos de gastronomia, marketing, eventos ou recursos humanos.

  • Estágio nos EUA

Se você tem entre 18 e 35 anos, inglês avançado, é estudante universitário, estudante de pós-graduação ou recém-formado, essa é a sua chance de trabalhar nos EUA. O programa, com até 18 meses de duração, oferece salários de até US$ 1.160.

  • Monitor de acampamento nos EUA

Jovens de 19 a 30 anos com inglês avançado podem comprar o programa de monitor de acampamento nos EUA. Toda a alimentação e a hospedagem são pagas pelo acampamento contratante. Ao final das 10 semanas de trabalho o monitor recebe uma bolsa de até 1.750 dólares.

Currículo europeu

Quem deseja procurar emprego na Europa pode se beneficiar do Europass, um conjunto de documentos criados pela Comissão Europeia que destaca de forma clara as qualificações e habilidades dos profissionais. Esses registros são usados por empresas de RH para selecionar candidatos estrangeiros ou europeus para seus clientes. Acesse o link no final desse artigo.

Independentemente do Europass, vale a pena manter atualizado seu perfil no Linkedin. Essa rede social é cada vez mais utilizada por contratantes de todo o mundo.

Onde encontrar emprego

A União Europeia também mantém um site com vagas de emprego em todo o continente, chamado de Eures. Dessa forma nem sequer é preciso sair do Brasil para se candidatar a uma vaga.

Os profissionais podem tanto procurar por vagas existentes quanto cadastrar seus currículos e torcer para que ele seja selecionado por alguma empresa.

Trabalhar nos EUA sem ser estudante

Trabalhar EUA

Apesar de ser considerado o país das oportunidades, a verdade é que conseguir migrar para os EUA é uma tarefa bastante difícil. Para conseguir um visto de trabalho sem ser estudante é preciso primeiro que uma empresa americana informe ao governo que deseja sua contratação.

Outra possibilidade é obter um visto EB-1, concedido apenas a pessoas portadoras de “habilidades excepcionais”. Diplomas, prêmios e publicações acadêmicas podem ser utilizados para comprovar essas habilidades. Para se candidatar ao visto EB-1, dirija-se a uma embaixada ou consulado americano.

Trabalhar no exterior sem ser estudante

Nem tudo é obstáculo na luta por uma vaga de trabalho no exterior. Os brasileiros podem, por exemplo, trabalhar em qualquer país do Mercosul, sem muita burocracia. Basta pedir um visto de residência e de trabalho no país desejado.

  • Uruguai (e Mercosul)

Um bom país no Mercosul para encontrar trabalho é o Uruguai. Nossos vizinhos possuem programas de incentivo para brasileiros que queiram abrir empresas lá. Além disso, há grande demanda por profissionais de TI, engenheiros e consultores.

Vale ressaltar que, além do Uruguai, os brasileiros têm direito a vistos de trabalho na  Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Colômbia, Equador e Peru.

  • Portugal

Trabalhar Portugal

Portugal é possivelmente o país europeu mais aberto aos trabalhadores brasileiros. É possível viajar para lá com um visto de turista e, uma vez na Europa, conseguir um visto de trabalho. Para isso, basta que o cidadão brasileiro seja “contratado” para qualquer tipo de serviço, mesmo em casas de família (como faxineiras ou babás, por exemplo).

Profissionais da área de TI são bastante requisitados, mas é importante ressaltar que Portugal tem o menor salário mínimo da União Europeia: cerca de 600 euros.

Está pronto para fazer as malas e começar uma nova vida? Trabalhar no exterior pode ser uma experiência altamente gratificante. Para obter mais informações, acesse os links abaixo:

  • Intercâmbio no exterior: http://travelmate.com.br/trabalhar/ e https://www.stb.com.br/trabalhar-no-exterior/monitor-de-acampamento-nos-estados-unidos
  • Empregos na Europa: http://europass.cedefop.europa.eu/pt e https://ec.europa.eu/eures/public/pt/jobseekers-dashboard

Gostou do artigo? Conhece alguém que está desempregado ou que gostaria de trabalhar no Exterior? Então compartilhe esse texto nas redes sociais, essas informações serão úteis  e pode ajudar muitas pessoas a iniciarem uma carreira no Exterior.

Categorias
Empregos

Descubra agora como trabalhar no Itaú

Com crise ou sem crise, há um setor da economia que está sempre lucrando bilhões de reais ao ano: o setor bancário. Dentro desse segmento, o Itaú se destaca. Trata-se do maior banco privado do País. Assim, é natural que muitas pessoas queiram trabalhar nessa companhia. Se você deseja ingressar no disputado segmento bancário, descubra agora como trabalhar no Itaú.

 

O primeiro passo para trabalhar no Itaú é colher informações sobre a empresa, para impressionar os recrutadores na hora da entrevista. O Itaú – oficialmente chamado de Itaú Unibanco – conta com mais de 90 mil colaboradores e 60 milhões de clientes.

Uma coisa que chama a atenção na empresa é que, caso você seja contratado, terá mais chefes do que colegas de trabalho. Isso porque o Itaú conta com mais de 95 mil acionistas, ou seja, 95 mil pessoas são donas de um pedacinho do banco.

O Itaú é uma multinacional. A empresa tem mais de 5 mil agências e 26 mil caixas eletrônicos espalhados por 21 países. Seu valor de mercado é de aproximadamente 40 bilhões de dólares.

Cultura da empresa

O Itaú possui 7 pilares da sua cultura empresarial. Confira:

  • Só é bom para o Itaú se for bom para o cliente
  • São fanáticos por resultados sustentáveis
  • Valorizam a força de trabalho
  • Ambiente desafiador e aberto a questionamentos e debates
  • Preferência pela simplicidade
  • Objetivos coletivos acima da ambição
  • Ética acima de tudo

Como fazer carreira no Itaú

Fazer Carreira no Itaú

O setor de Recursos Humanos do Itaú é bastante agressivo na busca por novos talentos. Por isso eles não se importam de falar abertamente sobre o perfil ideal para quem quer trabalhar na companhia. Confira dicas para se dar bem nos processos seletivos do Itaú:

  • Se você deseja um estágio, invista em atividades extracurriculares como cursos, congressos, empresas júnior, etc.
  • Esteja atento ao que acontece no mundo. Leia muito os jornais e sites de notícia, especialmente aqueles voltados à economia. Saber opinar, por exemplo, sobre os impactos do Brexit farão brilhar os olhos dos recrutadores.
  • Livre-se de preconceitos. O Itaú valoriza a diversidade. Na opinião da companhia, quanta mais diversa uma equipe – com diferenças de gêneros, orientação sexual, raças e idade, por exemplo – maior a competitividade da empresa.
  • Esteja pronto para as mudanças. Adaptabilidade é uma habilidade essencial em qualquer negócio.

Áreas disponíveis

O banco possui diversas áreas de atuação disponíveis, com oportunidades para todos os tipos de formação. Conheça.

  • Negócios varejo (canais digitais, cartões, consignado, crédito imobiliário, rede, seguros, veículos, crédito e consórcio)

É a área que oferece produtos e serviços diretamente ao cliente.

  • Auditoria

A área faz o gerenciamento dos riscos e fiscaliza a adequação dos controles e cumprimento de normas e regulamentos.

  • Finanças

O setor antecipa flutuações do mercado e busca eficiência no planejamento tributário, no processo orçamentário, na apuração e avaliação de resultados dos negócios e na alocação do capital.

  • Riscos

Seu papel é o de entender, identificar, mensurar, gerenciar e mitigar riscos.

  • Jurídico

Faz a defesa dos interesses da empresa em questões legais.

  • Marketing

Desenvolve planos e campanhas de comunicação.

  • Comunicação Corporativa

Promove relacionamentos entre os públicos de interesse e as áreas do banco.

  • Recursos Humanos

Atua na atração, seleção, performance, desenvolvimento, carreira e reconhecimento dos colaboradores.

  • Tecnologia e operações

Responsável por antecipar tendências tecnológicas e criar soluções inovadoras.

  • Wealth Management Services

É o setor responsável pelo mercado de capitais. É subdividida nas áreas de Private Bank, Produtos de Investimento, Securities & Fund Services e Investimentos Alternativos.

Trata-se de um setor muito respeitado no mercado, já que conta com a maior carteira de clientes de alta renda do Brasil e é líder em seus principais segmentos de atuação.

  • Asset

Área especializada em gestão e administração de recursos de terceiros.

  • Latam

Deseja trabalhar fora do Brasil? Esse pode ser o setor ideal para você. A Latam (não tem relação com a companhia aérea) gerencia os negócios do Itaú na América Latina.

É bom trabalhar no Itaú?

Itaú Social

As oportunidades são muitas, o discurso da empresa é belíssimo, mas… será que vale a pena trabalhar no Itaú?

A resposta é sim. Cerca de 90% dos funcionários da empresa gostam de trabalhar nesse banco. Os grandes atrativos são a remuneração e os benefícios, considerados “ótimos”; as “oportunidades de carreiras” e “cultura da empresa”, considerados “muito bons”; e a “qualidade de vida no trabalho”, considerada “boa”.

Dentre as explicações para as avaliações tão positivas estão as oportunidades de intercâmbio no exterior e as oportunidades de promoção. Toda vaga aberta no Itaú fica disponível por dez dias apenas para o público interno. Contratações externas só acontecem caso a vaga não seja preenchida pelos próprios funcionários do banco nesse período.

Remuneração

Parece que trabalhar no Itaú é um sonho, não é? Mas será que a remuneração é realmente tão boa? Confira agora a média salarial paga no Itaú.

  • Estagiário

Um estagiário do Itaú ganha cerca de 45% mais que a média do mercado, e ainda tem direito a benefícios como vale refeição e vale transporte.

  • Operador de caixa

Um operador de caixa do Itaú recebe 75% mais que a média do mercado.

  • Gerente

Gerentes do Itaú têm remuneração compatível com o mercado.

  • Jovem aprendiz

O jovem aprendiz do Itaú recebe rendimentos 15% superiores à média do mercado. Além disso, têm direito a plano de saúde, vale refeição e vale transporte.

  • Analista de sistema sênior

O Itaú é um banco bastante focado em tecnologia. Dessa forma, imagina-se que os salários relacionados ao setor de tecnologia sejam bastante valorizados. E isso é verdade, pelo menos nos casos dos analistas de sistemas sêniors. Eles ganham 25% mais que a média do mercado.

Como trabalhar no Itaú?

Como trabalhar no Itaú

Existem 8 maneiras de trabalhar no Itaú. Confira qual é a mais adequada para você.

  1. Cadastro no site

O Itaú tem um site dedicado ao cadastro de novos talentos. Basta inserir o currículo, escolher a área de atuação e aguardar o contato da área de Recursos Humanos.

  1. Programa Aprendiz

Estudantes do ensino médio ou com ensino médio completo, com 16 a 22 anos, têm oportunidades de ouro no Itaú. Todos os dias o banco contrata, em média, quatro jovens para o programa. Alunos da rede pública têm preferência.

O programa dura dois anos. A jornada de trabalho é de até 6 horas diárias. A empresa oferece vale refeição, vale transporte, salário acima da média de mercado, seguro de vida e, por fim, assistência médica e odontológica.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, entrevista coletiva ou dinâmica em grupo, e entrevista individual.

  1. Estágio corporativo

Esse processo seletivo é para estudantes do antepenúltimo, penúltimo ou último ano da graduação, matriculados em cursos de exatas ou humanas. O programa dura dois anos. O estágio é de até seis horas por dia.

A empresa oferece salário compatível com o mercado, assistência média e odontológica, auxílio refeição, auxílio transporte e seguro de vida. Há ainda benefícios indiretos como descontos e vantagens em escolas de idiomas, academias e restaurantes.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, testes online, entrevista coletiva ou dinâmica em grupo, e entrevista individual.

  1. Estágio Rede de Agências

Oportunidade direcionada aos estudantes do 4º ao 6º semestre de graduação dos cursos com duração de quatro anos, ou do 4º ao 8º semestre dos cursos com duração de cinco anos. Podem se habilitar estudantes da administração, marketing, ciências contábeis, economia, relações públicas, comunicação e publicidade.

O programa tem duração de 12 meses nas agências Itaú de todo o Brasil. O estágio é de até seis horas por dia.

A empresa oferece salário compatível com o mercado, assistência média e odontológica, auxílio refeição, auxílio transporte e seguro de vida. Há ainda benefícios indiretos como descontos e vantagens em escolas de idiomas, academias e restaurantes.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, testes online, entrevista coletiva ou dinâmica em grupo, e entrevista individual.

  1. Estágio de Férias Graduação Nacional

Qualquer estudante de graduação dos cursos de humanas ou exatas podem se candidatar ao programa. A carga horária é de seis horas por dia. As vagas são exclusivamente para São Paulo, mas a companhia oferece auxílio-moradia para aqueles que residem fora da capital paulista.

O programa dura o tempo de férias acadêmicas do estudante (de um a dois meses). A empresa oferece salário compatível com o mercado, seguro saúde, auxílio refeição, auxílio transporte e seguro de vida.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, dinâmica em grupo e entrevista individual.

  1. Estágio de Férias Graduação Internacional

Qualquer estudante de graduação dos cursos de humanas ou exatas, em universidades de fora do Brasil, podem participar do programa. O estágio, com carga horária diária de seis horas, é realizado em São Paulo e dura de dois a três meses.

A companhia oferece auxílio-moradia, salário compatível com o mercado, seguro saúde, auxílio refeição, auxílio transporte e seguro de vida.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, entrevista presencial ou online, e entrevista com o gestor.

  1. Trainee

Recém-formados ou graduandos dos cursos de ciências humanas ou exatas, com inglês avançado, podem participar do programa trainee do Itaú. As vagas são para São Paulo.

O programa dura 12 meses. A empresa oferece salário compatível, participação nos lucros e resultados, vale refeição, vale alimentação, assistência médica e odontológica, plano de previdência privada, seguro de vida e 30 dias de hospedagem em hotel para os candidatos aprovados residentes a mais de 130 km de São Paulo.

O processo seletivo envolve seleção dos currículos, testes e desafio online, Business Case Individual por negócio com gestores e RH, e entrevista com executivos.

  1. MBA Internacional

Por fim, estudantes de MBA Internacional podem se candidatar ao programa MBA Internacional da empresa. O programa tem duração de até 18 meses. Mais informações podem ser obtidas pelo email mbarecruiting@itau-unibanco.com.br. A empresa não informa detalhes dessa modalidade de contratação.

Quer trabalhar no Itaú, em algum desses programas? Acesse https://www.itau.com.br/carreira e inscreva seu currículo agora mesmo. Boa Sorte!

Gostou do artigo? Conhece alguém que está desempregado ou quer trabalhar no Itaú? Então compartilhe esse texto nas redes sociais, essas informações serão úteis  e pode ajudar muitas pessoas a iniciarem uma carreira no Itaú .

Vagas de Emprego Pagando em Dólares

Categorias
Empregos

Descubra agora como trabalhar na Oi

Para quem está desempregado ou até mesmo para quem cansou de trabalhar em microempresas ou firmas familiares, uma boa opção é procurar emprego em uma grande companhia. Uma empresa genuinamente brasileira, que está sempre contratando pessoal, é a Oi. Por isso, se você quer trabalhar no setor de telecomunicações, descubra agora como trabalhar na Oi.

Trabalhar na Oi

O primeiro passo para trabalhar na Oi ou em qualquer outra grande empresa é colher informações sobre a contratante. Isso vai te ajudar bastante a se destacar na hora das dinâmicas de grupo ou entrevistas.

A Oi é a maior operadora de telefonia fixa do Brasil e a 4ª maior na área de telefonia móvel. A empresa possui mais de 60 milhões de clientes, por isso precisa estar sempre contratando pessoal para atender essa demanda. A empresa comercializa serviços de telefonia, televisão por assinatura e internet banda larga.

Crise financeira

Agora, uma informação que pode ser desanimadora para quem está querendo saber como trabalhar na Oi: a empresa é a companhia mais endividada do Brasil. Suas dívidas são superiores a R$ 64 bilhões. A empresa é muito criticada pela má qualidade dos seus serviços e, por isso, vem perdendo clientes.

Características necessárias para trabalhar na Oi

Com ou sem crise, a companhia sempre está contratando profissionais para sua força de trabalho. Cada cargo tem seus pré-requisitos, mas a Oi exige de todos os seus funcionários algumas características comportamentais importantes. Confira quais são:

  • Se sentir dono da empresa

A Oi espera que seus funcionários ajam como a empresa fosse deles, ou seja, que façam todo o possível para que a companhia cresça.

  • Foco em resultado

A empresa é bastante exigente com seus objetivos e metas.

  • Prestar atendimento excelente aos clientes

A companhia pede que sua equipe forneça soluções eficientes e adequadas aos clientes.

  • Controle de custos

Os funcionários precisam controlar os custos em suas atividades e ser responsáveis ao utilizar os recursos da companhia.

Apesar dessas exigências, o atendimento da Oi é muito criticado. A empresa é considerada, pela Anatel, uma das piores prestadoras de banda larga fixa, com índice de qualidade 4 vezes pior que a Net, por exemplo.

Na telefonia móvel a empresa é considerada pior que Claro e Vivo. Já na telefonia fixa e na TV por assinatura, é considerada a pior do Brasil.

Código de ética

Todos os funcionários da Oi são obrigados a seguir um rígido código de ética. Confira algumas orientações sobre como se comportar para trabalhar na Oi:

  • A Oi considera inaceitável qualquer manifestação de discriminação e preconceito referente a raça, origem, sexo, idade, religião, orientação sexual, deficiência física e mental, entre outras.
  • Não são admitidas conversas e atitudes que envolvam violência física ou verbal, assédio moral ou sexual.
  • A empresa proíbe a distribuição de qualquer material que envolva política ou religião.
  • A Oi permite que parentes e cônjuges de funcionários trabalhem na empresa, mas não é permitido contratar ou manter parentes (pai, mãe, filhos, irmãos e tios), cônjuges ou companheiros em funções em que haja uma relação hierárquica, ou em que respondam ao mesmo superior imediato.
  • Caso dois funcionários iniciem uma relação íntima, eles são obrigados a comunicar os fatos aos seus superiores. A Oi não demite os envolvidos, mas transfere-os para setores diferentes, de forma que trabalhem separadamente.
  • É proibido negociar produtos ou oferecer serviços no ambiente de trabalho da Oi, portanto, nada de vender doces e salgados para os colegas da empresa.
  • Os funcionários da Oi não podem receber presentes de valor superior a R$ 200. Essa restrição vale para presentes recebidos por causa do seu trabalho na empresa, oriundos de fornecedores e clientes. O receio da empresa é de que esses “presentes” possam ser usados como suborno ou moeda de troca por serviços.

Como é trabalhar na Oi

Loja da Oi

Apesar dos problemas financeiros, cerca de 80% dos funcionários da Oi dizem gostar de trabalhar na empresa. O principal atrativo da companhia são os benefícios oferecidos aos seus funcionários, considerados excelentes.

O ambiente de trabalho, por sua vez, é considerado “muito bom”.

Já nos critérios “oportunidade de carreira” e “qualidade de vida”, a empresa é avaliada como boa. O único critério que destoa dos demais é a avaliação da alta gerência e diretores da empresa. Eles são considerados “razoáveis”.

Apesar da avaliação majoritariamente positiva, a empresa registra, eventualmente, casos de assédio moral. Uma das denúncias que chegaram à Justiça do Trabalho informou que a empresa fixava, em um mural, “mandamentos da telefonia fixa”. Dentre esses mandamentos estavam incluídas frases como:

  • Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental
  • Não verás teu filho crescer
  • Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga
  • A pressa será teu único amigo e as tuas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o China in Box
  • Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás

 

Remuneração

Os desafios para se trabalhar na Oi são muitos. Será que o salário compensa? Descubra agora.

  • Vendedor: os vendedores da Oi recebem salários que chegam a ser 30% inferiores à média de mercado.
  • Supervisor de vendas: mesmo que você cresça na empresa, os salários ainda são ruins. O supervisor de vendas recebe 25% menos que a média do mercado.
  • Operador de telemarketing: um dos cargos com vagas abertas com mais frequência paga, na Oi, salários compatíveis com a média de mercado.
  • Assistente administrativo: nem tudo é má notícia na Oi. A empresa investe bastante na sua equipe administrativa. Um assistente administrativo da empresa chega a ganhar 50% mais que a média de mercado.
  • Gerente de contas: nos cargos mais altos os salários também são bons. Um gerente de contas ganha 20% mais que a média do mercado.
  • Atendente de loja: está interessado em trabalhar no varejo? Um atendente de uma loja da Oi ganha 25% mais que a média do mercado.
  • Gerente de loja: é possível ainda se destacar e alcançar o cargo de gerente de loja. Nesse caso seu salário será compatível com a média do mercado.

 

Carreiras e áreas disponíveis na Oi

Agora que você já conhece a cultura da empresa e a remuneração média, é hora de pôr a mão na massa e lutar por uma vaga em uma das maiores empresas do Brasil.

O primeiro passo é definir em qual setor você quer trabalhar. A empresa é dividida em “diretorias”, que ficam a cargo das seguintes áreas:

  • Jurídica
  • Administrativa e financeira
  • Auditoria interna (responsável por auditar processos e sistemas da companhia, de forma imparcial e transparente, na busca de melhores resultados para os negócios)
  • Negócios B2B (responsável por atender as necessidades de telecomunicações e de soluções de TI das empresas, desde microempreendedores individuais até grandes multinacionais)
  • Tecnologias de redes e sistemas
  • Operações
  • Relacionamento com clientes
  • Varejo
  • Regulamentação e assuntos institucionais
  • Gente e gestão
  • Comunicação corporativa

 

Apesar de serem chamadas diretorias, é evidente que os candidatos dificilmente entrarão na Oi já ostentando os cargos de diretores. Na empresa, as carreiras são divididas em três estágios:

  • Carreira de acesso

É a carreira indicada para profissionais com ensino médio completo. São os assistentes, auxiliares, técnicos, fiscais de planta e operadores.

  • Carreira profissional

Para quem tem ensino superior completo. É formada por analistas, especialistas, advogados, auditores, secretárias, médicos do trabalho, trainees, enfermeiros, engenheiros, executivos de canais, executivos de negócios e executivos de vendas.

  • Carreira executiva

Essa carreira também é voltada aos profissionais com pelo menos ensino superior completo e muita experiência no mercado. É formada por diretores, gerentes, gerentes de projetos, consultores e representantes institucionais.

 

Como trabalhar na Oi

Existem 5 formas de se conseguir a tão sonhada vaga na Oi. Confira:

  1. Site da empresa

A opção mais comum é se cadastrar no site da empresa, preencher o currículo e se candidatar às vagas disponíveis. O currículo será analisado e, caso seja aprovado, o candidato é chamado para participar de uma avaliação de potencial.

O último passo antes da contratação é uma entrevista com a área de RH da Oi e com o gestor da vaga.

O site da empresa conta também com uma área especialmente voltada aos portadores de deficiência.

  1. Estágio técnico

Estudantes de cursos técnicos com conhecimento em operações e tecnologia de redes e sistemas podem participar do programa de estágio técnico da Oi. O estágio tem duração de seis meses a um ano.

A empresa oferece bolsa-auxílio, auxílio-transporte, vale-refeição, seguro de vida e programa de desenvolvimento específico.

O processo seletivo envolve inscrição no site, análise de currículo, prova online, jogos de negócios com o RH e entrevista com o gestor.

  1. Aprendiz

Estudantes do ensino médio também podem ser contratados pela Oi, por meio do programa Aprendiz. A única exigência é ter conhecimento do pacote Office. A empresa oferece bolsa-auxílio, auxílio-transporte, assistência médica, vale-refeição, seguro de vida e programa de desenvolvimento específico.

O programa tem duração de um ano, sendo seis meses na Oi e outros seis meses no Senai.

O processo seletivo envolve inscrição no site, análise de currículo, prova e dinâmica de grupo.

  1. Estágio superior

Estudantes do ensino superior tem uma oportunidade de estágio mais robusto por meio do programa de “estágio superior” da Oi. Os candidatos precisam estar cursando administração, engenharia ou TI, e ter domínio do pacote Office.

A empresa oferece bolsa-auxílio, auxílio-transporte, vale-refeição, seguro de vida e programa de desenvolvimento específico. O programa tem duração de até dois anos.

O processo seletivo envolve inscrição no site, análise de currículo, prova online, jogos de negócios com o RH e entrevista com o gestor.

  1. Trainee

Estudantes ou recém-formados nas áreas de engenharia (telecom, elétrica, produção, eletrônica, computação), sistemas de informação, ciência da computação, rede de computadores ou administração podem participar do programa trainee da Oi.

É exigido experiência profissional anterior (pode ser estágio). Candidatos com inglês fluente têm prioridade.

O processo seletivo envolve inscrição no site, análise de currículo, prova online, entrevista virtual, jogos de negócios com o RH e uma entrevista presencial.

Agora você já tem todas as informações sobre como trabalhar na Oi. Para se candidatar às vagas, acesse o site do setor de recursos humanos da empresa.

Gostou do artigo? Conhece alguém que está desempregado ou quer trabalhar na Oi? Então compartilhe esse texto nas redes sociais, essas informações serão úteis  e pode ajudar muitas pessoas a iniciarem uma carreira na Oi telecomunicações .

Categorias
Empregos

Descubra agora como trabalhar na Vivo

Está buscando uma recolocação no mercado de trabalho ou procurando seu primeiro emprego? Que tal sonhar alto e trabalhar na Vivo, uma das maiores empresas de telefonia do mundo?

Esse sonho pode estar bem mais perto do que você pensa. A Vivo contrata profissionais por meio de diversas maneiras. Saiba agora tudo o que é necessário para conseguir uma disputada vaga nessa multinacional.

Vivo Telefonia

Informações sobre a Vivo

O primeiro passo para trabalhar na Vivo ou em qualquer empresa é se preparar para o momento da entrevista. Lembre-se de que quanto mais informações tiver sobre a companhia, melhores serão suas chances de impressionar o recrutador.

A Vivo é a marca comercial, no Brasil, da gigante Telefônica. A Telefônica é uma multinacional com sede na Espanha. Assim, se você fala espanhol, esse certamente será um bom diferencial.

A empresa possui mais de 90 milhões de clientes no Brasil, o que significa que, para conseguir atender todo mundo, sempre está à procura de novos funcionários para trabalhar na Vivo.

Força de trabalho

Ter a melhor equipe, a cultura organizacional mais eficiente e uma estrutura simplificada são as metas da Vivo no campo dos Recursos Humanos. A força de trabalho da empresa é gigantesca: são mais de 20 mil colaboradores distribuídos em cerca de 3700 cidades do Brasil. No mundo, essa marca chega a 120 mil pessoas.

A Vivo entende ser essencial a atração, desenvolvimento e retenção dos melhores talentos, o que é um grande incentivo para quem está em busca de aprimoramento profissional.

A empresa declara que está em busca de pessoas que apoiem a transformação da tecnologia em matéria-prima de soluções e inovações para melhorar a vida de pessoas e empresas.

Cultura empresarial

Trabalhar na Vivo é seguir um rígido código de ética implementado pela companhia desde 2006. Esse código, chamado de “princípios de atuação”, tem como pilares a honestidade e confiança, respeito pelas leis, integridade e direitos humanos.

Apesar disso, a empresa frequentemente é multada por descumprir regras. Os problemas mais comuns identificados pela Anatel são referentes ao descumprimento das metas de qualidade.

A empresa garante que seus processos seletivos são baseados em critérios de transparência, capacidades, competências e méritos profissionais. Em outras palavras, a indicação de amigos e parentes não é fator decisivo para uma contratação.

Remuneração

Está curioso para saber quanto ganha um profissional da Vivo/Telefônica? De acordo com a empresa, os salários são “justos e adequados” ao mercado. Mas isso nem sempre é verdade. Confira agora a remuneração e os benefícios dos funcionários da Vivo, separado por cargos:

  • Vendedor

Os vendedores da Vivo ganham cerca de 10% menos que a média do mercado.

  • Estagiários:

A bolsa para estagiários da Vivo está dentro da média de mercado.

  • Engenheiro sênior

Os engenheiros sêniors da Vivo ganham cerca de 20% menos que a média do mercado. Por outro lado, têm direito a benefícios como auxílio-creche, plano odontológico, vale alimentação, plano de saúde, seguro de vida, vale refeição e previdência privada. É importante ressaltar, entretanto, que o salário de um engenheiro da Vivo é cerca de 15% maior que o dos engenheiros da TIM, apenas para citar um exemplo.

  • Analista de RH sênior:

O analista de RH sênior da Vivo recebe rendimentos que são compatíveis com o mercado. Eles contam ainda com benefícios como plano odontológico, vale alimentação, plano de saúde, seguro de vida, vale refeição e previdência privada.

  • Trainee:

Os trainees da Vivo ganham um dos maiores salários do mercado, com rendimentos 50% superiores à média. Contam ainda com auxílio-creche, plano odontológico, vale alimentação, plano de saúde, seguro de vida, vale refeição, previdência privada e vale transporte.

  • Atendente de call center:

Os profissionais de call center da Vivo têm salário dentro da média de mercado e recebem benefícios como plano de saúde e odontológico.

É hora de trabalhar na Vivo

Loja Vivo

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a empresa, é hora de arregaçar as mangas e batalhar por uma vaga. Há cinco maneiras principais de se candidatar. Conheça:

  1. Pesquisar no site da empresa

O site da Telefônica apresenta as principais vagas de emprego disponíveis na companhia. Os candidatos que não têm disponibilidade para mudar de cidade podem usar a funcionalidade de “localidade” para identificar as oportunidades disponíveis na área onde mora.

Outra opção é pesquisar por “categorias”, que são divididas entre:

  • Tecnologia e engenharia: para candidatos a trabalho nas áreas de TI, tecnologia de redes e dispositivos e operações.
  • TV, vídeo e mídia
  • Talentum (para estudantes), MBA e Wayra (uma aceleradora de startups)
  • Business intelligence e big data: para quem quer trabalhar nas equipes de risk management, smart steps and customer & market insights.
  • Ecommerce
  • Inovação e digital future
  • Vendas
  • Lojas e varejo
  • Atendimento ao cliente e call centers
  • Áreas de suporte ou head office: engloba as áreas de finanças, jurídico, compras e supply chain, rh,marketing e rp, entre outras.

Confira o link no final desse artigo.

  1. Participar de programas de trainee

A Vivo conta com um programa voltado aos novos talentos, conhecido como “Talentum”, que reúne os processos seletivos e de desenvolvimento de trainees e estagiários

O cargo de trainee não exige uma formação específica, mas requer inglês ou espanhol avançado e disponibilidade para viagens e mudanças.

Fique atento! Durante as dinâmicas de grupo e entrevistas os recrutadores estarão à procura de pessoas com atitude empreendedora e fácil adaptabilidade.

Outros comportamentos desejáveis são agilidade de aprendizagem, construção colaborativa, além de capacidade de estabelecer conexões e de compartilhar informações e ideias.

Os programas de trainee da Vivo costumam durar 18 meses e são realizados em São Paulo. As vagas são para as áreas de Finanças, Transformação e Qualidade, Comercial e Marketing: B2C e B2B, Estratégia Digital e Inovação, Atenção ao Cliente e Retenção, Tecnologia da Informação, Engenharia e Serviços ao Cliente.

Os trainees da Vivo se beneficiam de um amplo programa de desenvolvimento, que inclui pós-graduação em gestão de negócios e, em alguns casos, a possibilidade de estudar na Universidade Telefônica, em Barcelona, na Espanha.

O processo seletivo inclui inscrições, avaliações online, dinâmica de grupo, painel e entrevista com gestor.

Confira o link do programa trainee no final desse artigo.

 

  1. Participar de programas de estágio

Já no programa de estágio as áreas de atuação são Engenharia e Serviços ao Cliente, Estratégia Digital e Inovação, Atenção ao Cliente e Retenção, Tecnologia da Informação, Comercial e Marketing: B2C e B2B, Finanças, Jurídico, Recursos Humanos, e Qualidade.

O programa tem duração de 24 meses, com carga horária diária de 4 ou 6 horas. Os candidatos devem ser estudantes de graduação dos cursos de Administração, Engenharias, Finanças, Marketing, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comércio Exterior, Comunicação Social, Publicidade e Propaganda, Direito, Relações Internacionais, Estatística, Física, Sistemas de Informação, Matemática e Ciência da Computação.

Conhecimentos intermediários no pacote Office, em inglês ou em espanhol também são exigidos. As etapas do processo seletivo são similares ao do programa Trainee.

Confira o link do programa de estágio no final desse artigo.

 

  1. Participar do Programa de Inclusão para Pessoas com Deficiência

O PCD (Programa de Inclusão para Pessoas com Deficiência) da Vivo é bastante flexível. Os candidatos precisam apenas cadastrar seu currículo no site da empresa e aguardar uma oportunidade. A equipe de recrutamento da Telefônica consulta esse banco de talentos frequentemente.

A seleção ocorre de acordo com as vagas disponíveis, os requisitos do cargo, as experiências e expectativas de carreira do candidato.  Os portadores de deficiência podem trabalhar em todas as áreas da companhia e em todo o Brasil.

Confira o link do PDC abaixo.

Sites úteis

Gostou do artigo? Conhece alguém que está desempregado ou quer trabalhar na Vivo? Então compartilhe esse texto nas redes sociais, essas informações serão úteis  e pode ajudar muitas pessoas a iniciarem uma carreira na Vivo Telecomunicações .

Vagas de Emprego Pagando em Dólares

Categorias
Empregos

Como trabalhar no Moinho Globo

Descubra como trabalhar na Moinho Globo, uma das maiores empresas do setor de Agronegócio. Eleita em 2017 como uma das melhores empresas para se trabalhar com  Índice de Felicidade no Trabalho  (IFT) de 74,3% na categoria de Agronegócio.

Vamos informar como você deve fazer para participar de processo seletivo e conseguir uma tão sonhada vaga de emprego.

Em 1952 Surge o sonho de um moinho

Ciro Venturelli, proprietário de uma pequena padaria, tinha dificuldades em conseguir farinha de trigo de qualidade para abastecer a sua produção. Surgiu, então, a ideia de construir um moinho, mas Ciro precisaria tomar uma importante decisão: numa terra onde todos falavam da riqueza do café, valia a pena abraçar o risco de investir no trigo? Movido por seu forte espírito empreendedor, Ciro apostou em sua ideia.

Em 1953 Finalização da Construção em Alvenaria

Movido por seu sonho, Ciro viajou até Curitiba e, posteriormente, ao Rio Grande do Sul em busca de artigos e máquinas para moinhos. Quando retornou, já para a construção finalizada de alvenaria do moinho, o problema era outro: Não havia trigo plantado no Norte do Paraná para que o moinho pudesse moer. Ciro, então, teve outra ideia corajosa: investir no plantio de trigo, tornando-se o pioneiro dos pioneiros da tricultura.

1954 Equipe Pioneira

O moinho começou oficialmente suas atividades com a primeira equipe de trabalho, formada pelos irmãos Venturelli, os filhos de Ciro: Américo, Ardo, Beppe e Orlando.

1960 Moinho e Padaria Globo crescendo

O moinho moía cada vez mais, a padaria fazia cada vez mais pães e a tricultura se espalhava cada vez mais pela região. Foi nessa época que o governo federal incentivou a importação de colheitadeiras, o que permitiu que o Moinho Globo adquirisse novos equipamentos da Europa, aumentando a sua produção!

Farinha de Trigo Famiglia Venturelli

A produção industrial da farinha de trigo Famiglia Venturelli foi iniciada em meados de 1960, mas sua história vem de bem antes. Começou como uma extração especial, proveniente da sêmola mais limpa, de alto grau de pureza, utilizada apenas no preparo de pratos especiais da família dos proprietários do Moinho Globo. Era chamada de “Farinha Flor”. Aos poucos foi ganhando fama e, após criteriosos estudos lançada no mercado. Ainda hoje continua sendo feita a partir de uma reserva limitada mensal, de forma a manter o padrão da “farinha flor” original, que a coloca com a melhor farinha de trigo existente no país.

1964 Tricultura Congelada

Durante o regime militar, o governo, interessado em controlar a tricultura especialmente por causa do compromisso que havia de comprar trigo dos Estados Unidos, instituiu medidas para fazer com que o parque moedor se tornasse imóvel. Não eram permitidas novas instalações de moinhos, e tampouco expansão dos existentes. Foi um período estagnado, com a tricultura nacional esmagada e congelada.

1966 Moinho Globo sempre crescendo

Apesar do momento engessado, o Moinho Globo não parou de crescer. Enquanto 90% dos moageiros tinham sido prejudicados com a criação do sistema de cotas, o moinho conseguiu manter-se firme em meio às adversidades e limitações: graças à qualidade da farinha, e ao compromisso de sempre percorrer as linhas de venda, a clientela só aumentava. Foi decidido, então, construir um novo e moderno moinho.

1967 Aumento das Cotas do Moinho

Com a construção do novo moinho concluída, o governo ainda colocava entraves no fornecimento de trigo. Além de comprovar a suficiência da cota, o Moinho Globo precisou aumentá-la, e fez isso através da aquisição de outros três moinhos e parte de um quarto. Ao final de todo o processo de compras, Moinho Globo tinha saltado de 8 toneladas/dia de moagem para 40 ton/dia.

1989 Reforma Interna

Com o governo federal finalmente desatrelando o setor moageiro de trigo de sua tutela, surgiu a realidade da competitividade do mercado livre. Para sobreviver no mercado, seria necessário moer, no mínimo, 100 toneladas/dia. Crescer era uma necessidade, e, para isso, foi realizada uma grande reforma interna. Nesta realidade, o Moinho Globo não parou mais de crescer!

2005 Consolidação do Moinho Globo

A empresa passou por uma de suas maiores ampliações: a implantação de uma nova unidade, que aumentou a capacidade de produção do Moinho Globo em 51%. Hoje, a empresa está consolidada como uma das maiores e mais modernas indústrias do setor.

2015 Novo Moinho Globo em Construção

O novo Moinho Globo está em construção, e o ritmo das obras é acelerado. A previsão é que o novo prédio da indústria esteja pronto em julho de 2016. A nova sede terá 25 mil m², e a capacidade de moagem será de 600 toneladas por dia – um crescimento de 33% em relação à produção atual.

2017 Nova unidade industrial em operação

Moderna, totalmente automatizada, sustentável e estrategicamente localizada entre o Residencial Moinho Globo e a Associação dos Funcionários, a nova unidade de produção é um marco na história de conquistas da empresa. Foi oficialmente inaugurada em solenidade realizada dia 28 de abril de 2017. A capacidade de produção é de 600 ton/dia, em duas linhas de moagem, podendo chegar a 1000 ton/dia. Os equipamentos são de última geração, todos novos, comprados da fabricante suíça Buhler.

Política de Qualidade

Proporcionar aos clientes satisfação ao adquirir nossos produtos, atendendo suas necessidades e exigências, bem como as legislações aplicáveis à indústria de alimentos, buscando a melhoria contínua de nossos processos e a capacitação tecnológica e humana de nossa organização.

Como trabalhar no Moinho Globo

Na Moinho Globo são as pessoas que fazem a diferença no sucesso da empresa. O time do Moinho Globo é formado por colaboradores altamente comprometidos. Cadastre o currículo através do link http://moinhoglobo.com.br/institucional/trabalhe-conosco/

Caso você conheça outras formas de concorrer a uma vaga na Moinho Globo além das informadas aqui, deixe o seu comentário no fim desse artigo, com certeza será muito útil para nossos leitores.

Categorias
Empregos

Como trabalhar na Mosaic

Descubra como trabalhar na Mosaic, uma das maiores empresas do setor de Agronegócio do Mundo. Em 2017 a Mosaic conseguiu em quarto lugar na lista das melhores empresas para se trabalhar, no setor de agropecuária com IFT (Índice de Felicidade no Trabalho) de 77.9%.

Vamos informar como você deve fazer para participar de processo seletivo e conseguir uma tão sonhada vaga de emprego.

A Mosaic é uma das maiores empresas do mundo em produção e comercialização de fosfato e potássio combinados. Tem como objetivo transformar de forma harmoniosa e responsável as riquezas do solo em desenvolvimento sustentável.

No Brasil, atua na produção, importação, comercialização e distribuição de fertilizantes para aplicação em diversas culturas agrícolas, além do desenvolvimento de produtos para nutrição animal e comercialização de produtos industriais.

Ajudando o mundo a produzir alimentos

Com mais de 7 bilhões de pessoas no mundo unidas pela necessidade de se alimentar melhor, a Mosaic tem uma grande responsabilidade: contribuir com o desenvolvimento da agricultura. Tem como meta superar o desafio de produzir mais alimentos com o menor impacto ao meio ambiente. Por isso, trabalha para garantir solos mais ricos e agricultura mais próspera.

Até 60% da produção agrícola depende da fertilidade do solo. Por isso, os produtos da Mosaic são essenciais para a produtividade e a sustentabilidade. Para a empresa, é fundamental que os nutrientes tenham como base os 4Cs: Fonte Certa, Taxa Certa, Tempo Certo e Lugar Certo. Isso aumenta a capacidade agrícola dos produtos a cada safra, potencializando o crescimento das plantas e a qualidade dos frutos e grãos.

Produzindo em equilíbrio com a natureza

Para conquistar os seus objetivos, a Mosaic conta com uma força de trabalho diversificada e dedicada. Realiza ainda o investimento contínuo nas operações e produtos para superar os padrões de saúde e segurança.

A empresa também busca constantemente soluções para manter o equilíbrio entre desenvolvimento e preservação do meio ambiente natural. Outro diferencial é a busca do crescimento construído em parceria com toda a sociedade, por meio de relacionamentos abertos com as comunidades.

Produtividade e qualidade

Os produtos da Mosaic contribuem para a produtividade e qualidade das culturas brasileiras, oferecendo uma colaboração de valor ao desenvolvimento do agronegócio no País. Os inúmeros fertilizantes e ingredientes para nutrição animal da empresa passam por rígidos procedimentos de qualidade e possuem ótimas propriedades físicas. A linha de produtos é complementada por serviços personalizados, que facilitam o dia a dia do produtor rural.
Ao combinar experiência e inovação, a Mosaic oferece produtos e serviços alinhados às crescentes exigências do mercado, que contribuem para a excelência na fertilização de safras e na nutrição de animais, no Brasil e no mundo.

Fertilizantes e Nutrição Animal

A fertilidade do solo pode influenciar até 60% a produtividade das lavouras. A Mosaic Fertilizantes possui um portfólio de produtos para nutrição de safras, que oferece uma ampla variedade de opções para o desenvolvimento e manutenção das mais variadas culturas.
Nossas linhas de fertilizantes incluem produtos premium – como MicroEssentials®, Aspire e K-Mag® -, fertilizantes especiais, NPK e outros. Ainda dentro do nosso portfólio, oferecemos diferentes produtos para nutrição animal.

Chamado Fortify. Transform. Prosper. (em português, Fortalecer. Transformar. Prosperar.), o recém-lançado Relatório Unificado do Negócio 2017 combina a análise do desempenho financeiro da Mosaic e a publicação dos resultados de sustentabilidade em um único material.

Publicado pelo segundo ano consecutivo, esse formato de relatório demonstra o comprometimento da empresa com a operação responsável, a segurança, o respeito à ética e a comunicação com seus públicos de interesse – entre os quais clientes, acionistas, funcionários, comunidades, governos e terceiro setor.

Para contribuir mundialmente com a produção de alimentos com o menor impacto ao meio ambiente, a Mosaic Fertilizantes conta com profissionais qualificados e motivados, que atuam harmoniosamente em equipe, além de realizar grandes investimentos em tecnologia, pesquisa e inovações. O reconhecimento do trabalho desenvolvido é comprovado pelas recentes conquistas e premiações.Em 2015, 2016 e novamente em 2017, a companhia foi escolhida como uma das 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar, pelo Guia da Revista Você S/A.

A Mosaic foi eleita a melhor empresa de fertilizantes do Brasil, segundo o prêmio Top List Rural 2015 2016 e 2017, da Revista Rural. Recebeu também, em 2015 e 2017, o Prêmio LIDE de Agronegócios, uma iniciativa do Grupo de Líderes Empresariais. Em 2017, venceu ainda o Top of Mind Rural, na categoria Fertilizantes.

A atuação de forma sustentável e responsável também rendeu à Mosaic e aos seus funcionários o reconhecimento internacional. Por seis anos consecutivos, por exemplo, a empresa conquistou o prêmio CR100 da Corporate Responsibility Magazine.

Prêmios de Sustentabilidade, Responsabilidade Social e Workplace

Índice de liderança em desempenho climático do CDP: 2013, 2014, 2015, 2016, 2017
Índice de Liderança de Divulgação do CDP: 2013, 2014, 2015
100 Melhor Lista de Cidadãos Corporativos da CR Magazine: 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018
Índice FTSE4Good: 2018
NYSE EuroNext Vigeo: US 50 Index: 2013, 2014, 2015, 2016, 2017
Top Employers de Saskatchewan: 2013, 2014, 2015, 2017

A Mosaic Company foi nomeada uma das Melhores empregadoras de Saskatchewan em 2017. A seleção para esse reconhecimento é baseada em uma avaliação de áreas como benefícios, condições de trabalho, desenvolvimento de habilidades e envolvimento da comunidade.
Melhor empresa para se trabalhar no Brasil: 2015, 2016, 2017
A Mosaic foi eleita uma das Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil pelo terceiro ano consecutivo em 2017. A lista das Melhores Empresas é publicada anualmente pela revista Você S / A, uma revista que abrange temas de recursos humanos, incluindo ambientes de trabalho e carreira de funcionários e desenvolvimento.

Nossos Princípios

Somos responsáveis, inovadores, colaborativos e motivados.

Somos responsáveis ​​pela segurança e bem-estar dos nossos colegas e da nossa empresa. Agimos com integridade e convicção. Somos administradores cuidadosos dos recursos naturais. Nós incentivamos a inovação e incentivamos ideias que nos tornam melhores. Colaboramos em departamentos e geografias para acelerar nosso desempenho. Nós nos esforçamos para alcançar a excelência, sabendo que sempre podemos melhorar.

Nossas Prioridades

Desenvolva, envolva e capacite nossos funcionários
Trabalhe em conjunto para construir uma cultura baseada em nossos princípios orientadores, nos quais as pessoas têm orgulho de trabalhar e crescer.
Cresça e fortaleça nossos negócios
Maximize a eficiência, acelere o crescimento e forneça produtos e serviços excepcionais para nossos clientes – com segurança e sustentabilidade.
Criar valor para os nossos stakeholders
Seja transparente, opere com responsabilidade, construa relações de confiança e ajude os nossos stakeholders a prosperar.

Oportunidades Profissionais

Na Mosaic, os funcionários fazem parte de uma companhia pertencente ao ranking Fortune 500, escolhida como uma das 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar pelo Guia da Revista Você S/A 2015, 2016 e 2017. Seja nas minas, fábricas ou escritórios, os profissionais participam de uma equipe global, rica em diversidade de competências, experiências e histórias.

Com a missão de ajudar o mundo a produzir os alimentos de que precisa, a Mosaic tem uma poderosa combinação de ativos, talentos, inovação e alcance global. Por isso, acredita no crescimento dos negócios pelo desenvolvimento dos profissionais.

A Mosaic atrai e retém os melhores talentos por meio de salários e benefícios competitivos, carreira significativa e oportunidades de crescimento. Com mais de 15 mil funcionários em diferentes partes do mundo, a empresa é o destino certo para os melhores profissionais.

A Mosaic está sempre à procura de pessoas talentosas e apaixonadas.

Caso você conheça outras formas de concorrer a uma vaga na Mosaic além das informadas aqui, deixe o seu comentário no fim desse artigo, com certeza será muito útil para nossos leitores.

Categorias
Empregos

Como trabalhar na Adama Brasil

Descubra como trabalhar na Adama Brasil, uma das maiores empresas do setor de Agronegócio. Em 2017 a Adama Brasil conseguiu o quinto lugar na lista das melhores empresas para se trabalhar, no setor de agropecuária com IFT (Índice de Felicidade no Trabalho) de 76,5%.

Vamos informar como você deve fazer para participar de processo seletivo e conseguir uma tão sonhada vaga de emprego.

História

A história da ADAMA Brasil é contada e constituída a partir de duas empresas, que possuem mais de 40 anos dedicados ao agronegócio.

A Herbitécnica foi fundada  em outubro de 1970, com sede em Londrina – PR. Três anos após a sua fundação, tornou-se uma das maiores revendas de defensivos agrícolas do país. Com base no mercado que se mostrava cada vez mais promissor, em 1975, a empresa montou a sua primeira unidade formuladora.

Em 1998, a Herbitécnica uniu-se à empresa Defensa, da cidade de Taquari – RS. A fusão deu origem à Milenia Agrociências, consolidando uma importante expansão fabril.

Em 2001, a companhia israelense Makhteshim Agan adquiriu totalmente a Milenia Agrociências, integrando-a ao seu Grupo, presente em mais de 120 países e responsável por congregar empresas que estão entre as mais avançadas do mundo no setor de química fina.

Em 2011, o Grupo Makhteshim Agan foi incorporado pela ChemChina, uma das maiores companhias de produtos químicos da China, com expressão mundial.

Em 2014 a Makhteshim Agan iniciou o processo de transição de sua marca, instituindo globalmente o nome ADAMA, de origem hebraica, que significa “terra” ou “solo”. Esse novo posicionamento reflete o foco da empresa no agricultor e no seu compromisso com o avanço da agricultura ao redor do mundo.

Qualidade, Meio Ambiente e Segurança

O compromisso da ADAMA Brasil está além da qualidade de seus processos, produtos e serviços.

A certificação OHSAS 18001 atesta a gestão dos processos com foco na saúde e segurança dos trabalhadores. A companhia possui ainda a certificação ISO 9001 que fornece a garantia de fabricação de produtos e condução de processos com foco no cliente. O credenciamento BPL (Boas Práticas de Laboratório) e a certificação ISO 17025 conferem, respectivamente, a precisão mundialmente reconhecida dos ensaios laboratoriais e a qualidade assegurada pelo rigor científico.

As operações da ADAMA Brasil são também certificadas pela norma ISO 14001, que atesta a gestão de produtos e processos em conformidade ambiental.

A companhia faz parte do grupo israelense Adama Agricultural Solutions Ltd., fundado em 1945, com sede em Tel-Aviv. Desde 2011, a ChemChina, maior empresa química da China e uma das 500 maiores empresas do mundo, passou a ter o controle acionário do grupo, que registra faturamento global de US$ 3,1 bi.

O grupo Adama está presente em mais de 100 países, ocupando a sétima posição entre as maiores companhias do setor. O grupo Adama possui mais de 5.000 colaboradores, sete centros globais de pesquisa e desenvolvimento e 19 unidades fabris de síntese e formulação de fungicidas, herbicidas, inseticidas, fertilizantes foliares, tratamento de sementes e produtos não agrícolas.

No Brasil, a Adama representa cerca de 20% dos negócios do grupo e é a maior unidade industrial fora de Israel. Com atuação nacional e duas fábricas, sendo uma em Londrina-PR, onde está localizada a sede da companhia, e outra em Taquari-RS, a Adama possui em torno de 600 colaboradores e em 2017 entrou pela terceira vez consecutiva para o ranking das 150 Melhores Empresas Para Você Trabalhar, de acordo com o Guia Você S/A. Também foi eleita pelo Jornal Valor Econômico como uma das empresas mais inovadoras do agronegócio por 03 anos consecutivos.

Nossos valores

Os valores são nossa bússola ética, descrevem o que é importante para nós e como pretendemos nos responsabilizar por nossas ações e comportamentos.

Criar Simplicidade
Paixão
Fortalecer Pessoas
Fazer Acontecer

Nossas Metas Visionárias

Alavancagem a partir da China
Portfólio híbrido de produtos
Líder no espaço “agro-digital”
Criar simplicidade na agricultura
Agricultor no centro
Ousar ser diferente

Instituto Adama

Em 2002, a companhia iniciou uma série de ações sociais voltadas à capacitação profissional de jovens, cursos de artesanato para promover a inserção ao mundo do trabalho e brincadeiras lúdicas para crianças das comunidades vizinhas às suas fábricas.

Em 2015 foi inaugurada a nova sede do Instituto Adama. Cedido pela Prefeitura de Londrina por meio da Secretaria de Assistência Social, o novo espaço, tem capacidade para receber os projetos sociais Escola Aprendiz, Escola de Dança, Escola de Teatro, Escola de Música, Integra Cidadão e Brinquedoteca, distribuída em três ambientes: Ludoteca, Sucatoteca e “Casinha da Imaginação”, trabalhos consolidados pela entidade ao longo dos últimos anos. A estrutura também conta com quadra esportiva para a Escola de Futebol, além de área verde para recreação.

Reconhecido como uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, o Instituto Adama possui registro e uma cadeira de conselheiro junto ao CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e o título de Utilidade Pública Municipal.

Trabalhe conosco

Para concorrer as vagas do Grupo São Martinho é necessário acessar o site da empresa https://www.adama.com/brasil/pt/vemseradama/nossas-vagas.html. Caso não tenha nenhuma vaga em aberto é possível cadastrar o currículo.

Caso você conheça outras formas de concorrer a uma vaga na Adama Brasil além das informadas aqui, deixe o seu comentário no fim desse artigo, com certeza será muito útil para nossos leitores.

Categorias
Empregos

Como trabalhar na Usina Coruripe

Descubra como trabalhar na Usina Coruripe, uma das maiores empresas do setor de Agronegócio. Em 2017 a Usina Coruripe conseguiu o sexto lugar na lista das melhores empresas para se trabalhar com IFT (Índice de Felicidade no Trabalho) de 75,5%.

Vamos informar como você deve fazer para participar de processo seletivo e conseguir uma tão sonhada vaga de emprego.

Sobre a Usina Coruripe

Tradição, solidez e sustentabilidade, três conceitos que definem com exatidão a filosofia da Usina Coruripe, empresa de capital fechado, cujo desenvolvimento transformou um pequeno engenho de açúcar em uma das mais importantes corporações empresariais do Brasil.

Hoje, possui cinco unidades, uma em Alagoas, no município de Coruripe e quatro em Minas Gerais, nas cidades de Iturama, Campo Florido, Limeira do Oeste e Carneirinho. Nossa capacidade de moagem é de 14,5 toneladas de cana e, na produção, fabricamos 20 milhões de sacos de açúcar, 470 milhões de litros de etanol e 690 megawatts/hora de energia elétrica.

A preservação da natureza e o cuidado com o ser humano também são prioridades para nós, que pautamos os trabalhos alicerçados na responsabilidade sustentável. Geramos cerca de 7.000 empregos diretos e 35.000 indiretos, possuímos programas voltados à comunidade nas áreas de saúde, educação, habitação e aposentadoria, e somos detentores de importantes prêmios e certificações na área socioambiental.

  • A Sede: Maceió, Alagoas
  • Ano de fundação: 1925
  • Tipo de empresa: Empresa privada
  • Tamanho da empresa: 5.001-10.000 funcionários

Em janeiro de 1941, o empreendedor Tércio Wanderley adquiriu o controle acionário da empresa. Anos de muito trabalho e dedicação transformaram a pequena usina em um dos maiores grupos produtores de açúcar, álcool e energia do Brasil.

Em 1994 aconteceu a ampliação das fronteiras para Minas Gerais, a partir da aquisição da Destilaria Alexandre Balbo, no município de Iturama, na região do Triângulo Mineiro.

Em 2001 houve a Criação da Coruripe Energética, uma unidade de cogeração de energia elétrica, na Unidade Iturama, para aproveitar a grande quantidade de bagaço de cana produzida nas suas usinas.

Continuando o processo de expansão, em 2002 foi inaugurada a Unidade Campo Florido, no município de Campo Florido, também no Triângulo Mineiro.

Em 2005 foi a inauguração da Unidade Limeira do Oeste, estrategicamente distante 50 quilômetros da Unidade Iturama, permitindo a prática de um modelo de gestão único.

Em 2007 inauguração de uma filial da Coruripe Energética na Unidade Campo Florido, expandindo a operacionalização e comercialização de energia elétrica.

A Unidade Carneirinho foi inaugurada em 2008, a 70 quilômetros da Unidade Iturama, como Usina Carneirinho e incorporada à Usina Coruripe em 2012.

Empresa recebe o título de bicampeã 2016 de produtividade de TCH (tonelada de cana por hectare). Superação dos 14 milhões de toneladas de cana moídas.

Unidades industriais:

  • Unidade Coruripe;
  • Unidade Iturama;
  • Unidade Campo Florido;
  • Unidade Limeira do Oeste;
  • Unidade Carneirinho;
  • Terminal Fernandópolis.

Missão: Produzir açúcar, etanol e energia com segurança e sustentabilidade, gerando valor aos acionistas, colaboradores, parceiros e sociedade.

Visão: Ser a referência nos mercados onde atuamos, nos posicionando sempre como uma das empresas mais rentáveis do setor.

Valores: Respeito as Pessoas: Respeitar o ser humano em qualquer situação é uma prioridade da empresa, sempre.

Segurança: Valorizar a vida sempre, em todos os momentos, é uma filosofia que a empresa não abre mão.

Sustentabilidade: Ter rentabilidade econômica, ambiental e social. Isto é a base de sustentação da empresa.

Qualidade: Garantir a qualidade de nossos produtos através de processos avançados é compromisso de todos.

Satisfação dos Clientes: Manter sempre clientes satisfeitos com a qualidade de nossos produtos, rapidez na entrega e excelência no atendimento.

Ética: Agir com ética e apresentar bom caráter são compromissos na relação com nossos diversos públicos.

Números

Conheça os números da Usina Coruripe e saiba por que somos uma das 10 maiores empresas do país no setor sucroalcooleiro

9.400 – COLABORADORES TRABALHAM NAS UNIDADES DA USINA CORURIPE

5 UNIDADES INDUSTRIAIS EM ALAGOAS E MINAS GERAIS

1 TERMINAL RODOFERROVIÁRIO NO ESTADO DE SÃO PAULO

R$ 2,4  BILHÕES DE FATURAMENTO MÉDIO

14,4  MILHÕES DE TONELADAS DE CANA (CAPACIDADE DE MOAGEM)

CAPACIDADE DE PRODUÇÃO

470 MILHÕES  DE LITROS DE ETANOL

20 MILHÕES DE SACAS DE AÇÚCAR

680.000 MIL DE MWH DE ENERGIA

Trabalhe na Usina Coruripe

A empresa valoriza pessoas que se identifiquem com nossos valores, que saibam trabalhar em equipe e que busquem sempre inovação para atingir os melhores resultados, sempre com uma atitude segura. São essas competências que têm nos ajudado a manter relações duradouras. Se você se interessa em fazer parte deste time, envie seu currículo.

Para concorrer as vagas da usina Coruripe é necessário acessar o site da empresa http://www.usinacoruripe.com.br/trabalhe-na-usina-coruripe. Caso não tenha nenhuma vaga em aberto é possível cadastrar o currículo.

Caso você conheça outras formas de concorrer a uma vaga na Usina Coruripe além das informadas aqui, deixe o seu comentário no fim desse artigo, com certeza será muito útil para nossos leitores.

Categorias
Empregos

Como trabalhar na Monsanto

Descubra como trabalhar na Monsanto, uma das maiores empresas do setor de Agronegócio do Mundo que emprega milhares de pessoas no Brasil. Em 2017 conseguiu segundo lugar na lista das melhores empresas para se trabalhar com 81.5% no Índice de Felicidade no Trabalho) (IFT) na categoria Agropecuária.

Nesse artigo você vai conhecer mais sobre a Monsanto, história,valores, desenvolvimento dos colaboradores, preocupações sociais, dados corporativo e “Como trabalhar na Monsanto”

Dados corporativos Monsanto

  • Origem: Estados Unidos
  • Fundação: 4 de abril de 1901
  • Fundador: John Francis Queeny
  • Sede mundial: St. Louis, Missouri, Estados Unidos
  • Proprietário da marca: Monsanto Company
  • Capital aberto: Sim
  • Chairman, CEO & Presidente: Hugh Grant
  • Faturamento: US$ 13.5 bilhões (2016)
  • Lucro: US$ 1.33 bilhões (2016)
  • Valor de mercado: US$ 47.2 bilhões (fevereiro/2017)
  • Presença global: 140 países
  • Presença no Brasil: Sim
  • Funcionários: 25.500
  • Segmento: Agricultura e biotecnologia
  • Principais produtos: Defensivos agrícolas, biotecnologia e sementes geneticamente modificadas
  • Concorrentes diretos: Archer Daniels Midland Company, Dow, DuPont, Basf, Evogene, Syngenta e Agrium
  • Ícones: As sementes geneticamente modificadas
  • Slogan: Improving agriculture, improving life.

Em 2017 a Monsanto conseguiu em segundo lugar na lista das melhores empresas para se trabalhar, no setor de agropecuária com IFT (Índice de Felicidade no Trabalho) de 81.5%.

Qual é a história da Monsanto?

A Monsanto foi fundada em 1901 como fabricante de adoçantes artificiais. Entre as décadas de 1950 e 1980, fomos pioneiros em inúmeras inovações agrícolas, entre elas fertilizantes revolucionários, ferramentas de proteção de cultivos e avanços em genética vegetal. Em 2002, a Monsanto Company foi restabelecida como empresa agrícola independente, mantendo as unidades de negócio farmacêuticas atuando de maneira autônoma. Hoje, temos parcerias com agricultores em todo o mundo, a fim de produzir alimentos suficientes de maneira sustentável.

Somos quase 22 mil funcionários ao redor do mundo e cada um de nós está dedicado em fazer com que alimentos saudáveis e nutritivos sejam produzidos da melhor forma possível. Estamos no Brasil desde 1963 e contamos com o trabalho e colaboração de mais de 2.700 pessoas, em 40 unidades e 12 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Você pode não saber, mas é bem provável que tenhamos contribuído para muitas de suas refeições.

Ajudamos agricultores a produzir alimentos nutritivos e abundantes, de forma sustentável. Pensamos de forma integrada em como o alimento é cultivado, para que os agricultores tenham as ferramentas necessárias para extrair o máximo de cada hectare e cada colheita – e para que você tenha à disposição alimentos seguros e a preços acessíveis.

Sementes

Usamos melhoramento convencional e biotecnologia para desenvolver sementes que proporcionam lavouras mais resistentes e que exigem menos recursos. Investimos no desenvolvimento de variedades de cana-de-açúcar para ajudar os agricultores a produzir mais alimentos e energia.

Proteção De Cultivos

Em qualquer estágio de crescimento, as plantas estão sob a ameaça de pragas, clima, plantas daninhas e doenças. Olhamos para os problemas que podem afetar o crescimento futuro da lavoura e criamos soluções para ajudar a proteger a saúde da planta e minimizar o impacto ambiental.

Hortaliças

Combinamos melhoramento convencional com técnicas modernas para criar hortaliças mais viçosas e saborosas, que ajudam os agricultores a superar os desafios da natureza.

Dados

Compartilhamos com os agricultores, em tempo real, dados sobre o clima e os campos, para ajudá-los a tomar as melhores decisões ao longo do cultivo.

São 2 bilhões de pessoas a mais para alimentar com a mesma área cultivável e é por isso que fazemos parcerias com grandes e pequenos agricultores para aperfeiçoar os processos de produção. Com isso, a agricultura moderna tem o poder de melhorar comunidades e mudar vidas.

Somos amantes da boa comida, somos mães, pessoas inovadoras, botânicos, agricultores e pensadores no geral, e estamos em busca de alimentos nutritivos, seguros e em abundância. E contribuir para alcançar este objetivo, protegendo o meio ambiente, é muito gratificante e todos saem ganhando. Estamos todos juntos nesta empreitada.

Retribuindo

Nos anos de 2011 e 2012, a Fundação Monsanto doou US$ 31 milhões para ajudar projetos de educação e que atendem as necessidades fundamentais de comunidades ao redor do mundo.

Parcerias

Nossas parcerias são destinadas a criar soluções sustentáveis para os desafios do futuro. Entre elas, destacamos o programa Beachell-Borlaug International Scholars, a Mississippi River Watershed Partnership, Conservação Internacional, WEMA e Invest an Acre.

Parceria Monsanto e Projeto Costura e Arte

Na Monsanto, Estamos sempre buscando formas de promover a sustentabilidade e impactar positivamente os locais onde trabalhamos. Em Camaçari, na Bahia, o time da Monsanto encontrou um jeito de realizar os dois. Os colaboradores trabalharam com um centro comunitário local, costureiras e uma designer de moda para encontrar uma forma de reutilizar antigos forros de contêineres (liners) para criar algo bonito – e ajudar a melhorar as vidas dos membros do centro comunitário. Descubra como esta colaboração levou a um projeto local original e de alto impacto.

O que a Monsanto faz?

Somos uma empresa comprometida em criar soluções integradas para ajudar nos grandes desafios enfrentados pela agricultura. Atualmente, fornecemos sementes de frutas, hortaliças e alimentos básicos, como milho e soja, que podem ajudar a combater o efeito de doenças, pragas e seca nas lavouras. Desenvolvemos produtos de proteção de cultivos para ajudar a manter as lavouras protegidas de ataques. E estamos estudando novas formas de usar dados para resolver problemas do dia a dia no campo, como o monitoramento das condições meteorológicas e a definição das épocas ideais para a irrigação.

O que é OGM?

OGM significa Organismo Geneticamente Modificado. O processo isola uma característica benéfica que ajuda um ser vivo a prosperar na natureza, por exemplo, a capacidade de usar água de forma eficiente, e essa característica é inserida em uma planta para que ela possa sobreviver melhor em seu ambiente.

ingredientes transgênicos são seguros para o consumo?

Sim. Alimentos derivados de transgênicos têm um histórico de segurança cuidadosamente testado e comprovado.

Uma gama significativa de órgãos reguladores, cientistas independentes e associações de saúde em todo o mundo concorda que alimentos cultivados a partir de transgênicos são tão seguros para consumo quanto os alimentos convencionais. Você pode saber mais sobre a segurança dos transgênicos e as organizações que os analisaram.

Qual é a postura da Monsanto sobre a rotulagem de alimentos derivados de transgênicos?

Apoiamos a rotulagem voluntária de produtos pelos produtores de alimentos para satisfazer e atender as exigências dos consumidores. A rotulagem voluntária proporciona às pessoas as informações necessárias para que tomem decisões com mais convicção. No Brasil, a lei exige que produtos contendo mais de 1% de ingredientes transgênicos em sua formulação sejam rotulados com o símbolo T dentro de um triângulo amarelo. Essa informação deve ser encarada apenas como título de conhecimento, e não como alerta, já que a segurança destes produtos é avaliada antes que os alimentos cheguem ao consumidor.

Há DNA animal nostransgênicos?

Não. Nenhuma das culturas transgênicas cultivadas por agricultores contém genes de origem animal.

Como trabalhar na Monsanto

Para informações gerais sobre a Monsanto como empregador preferencial, acesse o site Global Career da Monsanto .

Para procurar vagas de emprego na Monsanto, acesse o site https://jobs.monsanto.com,  para navegar pelas vagas em todo o mundo e iniciar o processo de inscrição na Monsanto.

Caso você conheça outras formas de concorrer a uma vaga na Monsanto além das informadas aqui, deixe o seu comentário abaixo, com certeza será muito útil para nossos leitores.