Connect with us

Trabalho em casa

Ganhe dinheiro com restauração de fotos

Published

on

Restauração de fotos por processo digital – Trabalho em casa, ganhe muito dinheiro no conforto da sua casa ou escritório.  Veja aqui todas as informações necessárias para iniciar de imediato, sem erros. Aprenda tudo, investimento, clientes em potencial, divulgação do serviço, concorrência, hardware e software e muito mais…

Restauração de fotos por processo digital

Esta é uma atividade de nível médio em matéria de dificuldade, pois se requer um grande conhecimento em softwares que tratam de imagens, com o Photoshop, Corel Photo-Paint, etc.

Consiste em que você pegue fotos antigas, danificadas ou ate rasgadas e através destes softwares devolva cores e vida que estão sumidos desta fotos, é uma atividade bem rentável pois o resultado final impressiona muito os clientes, dai atraindo e fidelizando mais e mais clientes, mas isto depende da qualidade do seu serviço, que se você se empenhar tem tudo para dar certo e ser da melhor qualidade.

Hardware e Software – Conhecimento e Investimento

Hardware:

  • A partir de um PentiumII 300 MHZ (mas o recomendável no mínimo seria o Pentium III 400 mHZ) com no mínimo 32 de memória RAM (pois estes programas trabalham muito em função da memória), monitor SuperVGA de ótima qualidade ou monitor com imagem digital, placa de vídeo com no mínimo 2 a 4 Mb de memória, Winchester de no mínimo 5.0 Gb, impressora a laser, jato de tinta colorida e sofisticada, ou impressora a cera, drives de CD-R ou ZipDrive se necessitar imprimir em Birôs de impressão, além de um excelente Scanner de mesa ou cilindro.
  • É necessário ter conhecimento total em todos periféricos usados além de ter noções para resolver problemas rotineiros que venham a acontecer.
  • O investimento é  alto mesmo para quem já possui o computador ficando em torno de uns R$ 800,00 a R$ 1.500,00 para deixá-lo pronto e rápido.

Software:

  • Softwares para tratamento de imagens como o Adobe Photoshop ou Corel Photo-Paint (vem dentro do pacote do Corel Draw)
  • É necessário o conhecimento total e pleno dos softwares utilizados pois o melhor resultado possível depende do melhor conhecimento do software.
  • O investimento fica em um nível intermediário pois estes softwares oscilam muito de preço mas sempre para mais caro então vale uma boa pesquisa antes de compra-los.

Dicas:

Configurações com menos recursos do que os citados acima dão certo só que as chances de erro aumentam e há muita demora a cada comando porque os softwares utilizados são muito pesados utilizam todos recursos do computador. E nunca altere cores e elementos de fotos a não ser que sejam ordenados pelos clientes.

Captação de clientes

Através de internet, anúncios em jornais e revistas especializadas, faixas, cartazes, divulgação entre amigos, distribuição decartões entre seus clientes, pois eles serão sua melhor propaganda.

 

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Artigos Relacionados: restauração foto photoshop, restauração foto preço, restauração fotos antigas photoshop, restaurar foto no photoshop cs5, restaurar foto online, restaurar foto photoshop cs6, restaurar foto corrompida, restaurar foto online gratis, restauração imagem radiopaca na coroa, restauração imagem jesus, restaurando imagem ghost, restaurar imagem windows 7, restaurar imagem do windows 8, restaurar imagem com clonezilla, restaurar imagem dell, restaurar imagem do sistema windows 7, restaurar fotos antigas, programa para restaurar fotos, restaurar fotos antigas gratis, restaurar fotos apagadas, restaurar fotos corrompidas, restaurar fotos antigas photoshop, restaurar fotos online, programa para restaurar fotos antigas gratis, fotos antigas restauradas, fotos vespas restauradas, fotos antigas, fotografias em preto e branco, fotos pb, restaurar fotos antigas gimp, restaurar fotos icloud.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trabalho em casa

Ganhe dinheiro digitando livros

Published

on

By

Ganhe dinheiro digitando livros

Digitação de Livros – Trabalho em Casa, ganhe muito dinheiro no conforto da sua casa ou escritório. Veja aqui todas as informações necessárias para iniciar de imediato, sem erros.  Aprenda tudo, investimento, clientes em potencial, divulgação do serviço, concorrência, hardware e software e muito mais…

Digitação de Livros

A digitação de livros é um trabalho atraente. Se você tiver um bom tempo ocioso em seu micro, pode ser uma forma estável de manter uma remuneração extra, pois as editoras mantêm alta produção e longos vínculos com seus digitadores, garantindo assim, uma longa temporada de trabalhos.

Como fazer

Quando contatada a editora, ela lhe fornecerá um material, que pode ser digitado, com revisões a caneta, ou todo escrito a mão, para que você digite no programa utilizado para a editoração. Normalmente, os autores entregam o texto digitado de forma irregular, sem padronização, com erros de ortografia, etc. Cabe a você apenas digitar o texto como solicitado. Às vezes, o trabalho contratado é para apenas uma digitação, outras vezes inclui uma segunda digitação, que seria a correção após a revisão ortográfica. Você, quando termina o trabalho, entrega ao cliente uma cópia em pen drive e uma versão impressa.

Hardware e Software

Hardware

A partir de um computador, notebook ou tablet, que tenha um bom editor de texto e uma impressora. Dê preferência a uma impressora laser ou jato de tinta.

É necessário um bom conhecimento para resolver com agilidade problemas que venham a acontecer pois você não poderá atrasar na digitação.

O investimento fica para quem já possui o micro e a impressora chega a zero, pois não á necessidade de nenhum periférico em especial, caso você achar necessário poderá ter um scanner para aplicação de imagens, se for o caso.

Software

Sua máquina deve ter um editor de textos; neste caso recomendamos o WORD.

É necessário um bom conhecimento dos editores de textos utilizados

O investimento fica por conta de um bom editor de texto mencionamos neste caso o Word que acompanha a maioria das maquinas novas, o pacote OFFICE que contem este editor de texto.

Trabalhar com marketing de conteúdo

Outra boa opção para trabalhar com textos à partir de casa é na criação de conteúdo para sites, blogs e ebook. Além de ser rentável o mercado está crescendo cada vez mais, é comum proprietários de sites e blogs procurarem profissionais para criação de textos, mais conhecidos como artigos.

O que é preciso para trabalhar com produção de textos?

Não existe uma exigência específica para ser um criador de conteúdo, qualquer pessoa que goste de ler e escrever pode ser um bom profissional, embora a técnica de SEO (Search Engine Optimization) seja muito requisitada. Essa técnica nada mais é que otimização para mecanismos de busca como o Google e Bing.

Para quem deseja iniciar e não tem conhecimento em SEO pode fazer um curso rápido qualidadeue pode ser presencial ou através da internet, geralmente curso dura 2 dias e pode ser feito no fim de semana.

Dica: A internet está repleta de informações sobre SEO inclusive vídeos no youtube, você pode aprender todas as técnicas de seu acessando esses conteúdos.

qualidades de produtor de conteúdo

Conforme mencionado anteriormente, qualquer pessoa pode ser um bom produtor de conteúdo desde que esteja dispostos a aprender e por em prática, mais é claro que algumas qualidades pode ajudar, como:

  • Gostar de ler e escrever;
  • Bom português;
  • Boa escrita;
  • Boa redação;

As qualidades citadas a cima podem ser adquiridas com a prática, o importante é estar disposto a aprender e principalmente gostar do que se propõe a fazer. Treinamentos de redação podem melhorar o seu texto e mudar a maneira como escreve. Ler muito ajuda a adquirir cultura e conhecimento

Quanto ganha um produtor de conteúdo?

Um produtor de conteúdo não tem um valor fixo definido, geralmente depende muito do tempo de trabalho e da qualidade dos textos. Em produtor de conteúdo com vasto conhecimento em determinada área pode cobrar mais que um produtor iniciante. Tenha em mente que conteúdo de qualidade vale dinheiro, em outras palavras, não adianta encher linguiça. Isso só vai piorar a qualidade de um texto para web.

Além da criação de conteúdo para sites e blog, também pode ganhar dinheiro com outros serviços como marketing de conteúdo para redes sociais, trabalhos escolares, TCC entre outros…

Conteúdo para sites e blogs

Os principais objetivos da criação conteúdo é levar informação de qualidade para o usuário e rankeamento do site na internet, através dos buscadores como google e bing, portanto, algumas regras devem ser utilizadas, como:

  1. Evitar parágrafos com mais de 4 linhas;
  2. Criar frases que tenham até 25 palavras;
  3. Escreva inter-títulos com menos 300 palavras;
  4. Conversar com o seu leitor, não ser formal.

Quer trabalhar com produção de conteúdo?

O primeiro passo para trabalhar com conteúdo o primeiro passo é divulgar seu serviço, portanto, utilize o formulário de comentários no fim dessa página e descreva suas qualidades para produção de textos e deixe uma forma de contato, e-mail, celular ou whatsapp. Muitos empregadores procurar profissionais através dos comentários no Emprega Brasil.

Clientes

Procure as editoras de livros de sua região e ofereça seus trabalhos, ou utilize o formulário de contato dessa página para oferecer seus serviços.

Gostou do artigo? Conhece alguém que quer trabalhar Digitando Livros ou textos? Então compartilhe esse texto nas redes sociais.

Trabalhar pela internet digitando

Também existem outras formas e produtos para trabalhar pela internet digitando, sejam livros, contratos, traduções, em fim, há uma série de oportunidades.   Acesse os artigos abaixo para conhecer outras formas de ganhar dinheiro no conforto da sua casa.

Como ganhar dinheiro com blog

Ganhe muito dinheiro digitando contratos Imobiliários

Ganhe muito dinheiro com trabalhos Escolares

Ganhe dinheiro fazendo Apostilas

Ganhe dinheiro com editoração de livros

Ganhe muito dinheiro pesquisando na Internet

Ganhe dinheiro fazendo cardápios de restaurantes e similares

Referências:
SebraeIBGEDIEESEIPTInstituto DatafolhaInstituto IBOPEWikipédia, Jornal EstadãoJornal Folha de S.PauloJornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA, MCTI, MDA, MDIC, MMA, MME, MTE.

Artigos relacionados: digitação online, treinar digitação, digitação trabalho, jogos de digitação, digitação rapida, digitação programa, digitação download, digitação hj, digitar texto, digitar corretamente, digitar online, digitar significado, digitar texto agora, digitar trabalho, digitar sinonimo, digitar dicionario, digitação de livros para editoras, digitalização de livros, digitação de trabalhos, digitação de textos.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Continue Reading

Trabalho em casa

Como fazer Compostagem

Published

on

By

Compostagem

Compostagem é a técnica de aproveitamento de diversos tipos de materiais orgânicos de origem vegetal que, por meio de um processo de fermentação aeróbica, se transformam no composto orgânico.

A Compostagema pode ser feita na residência, numa propriedade rural e até mesmo em escola ou apartamento, utilizando-se os restos de alimentos crus, oriundos do pre- paro das refeições, como restos de verduras não temperadas, folhas danificadas, cascas, frutos podres, borra de café, cascas de ovos etc., diminuindo consideravelmente o lixo produzido e proporcionando um fim bem apropriado para esse valioso material.

Para se evitar o seu apodrecimento, fortes odores e também a invasão de roedores e outros animais, inclusive larvas de moscas, não se deve, de maneira nenhuma, levar para o composto os restos de comida preparada, tais como arroz, feijão, polenta, pão, macarrão, carnes, entre outros.

A Técnica da compostagem

Composto Orgânico feito em pilhas

Para se fazer o composto, é preciso separar o material orgânico vegetal disponível já na cozinha (para isso pode-se dispor de um balde plástico com tampa). Esse material será distribuído em camadas intercaladas com palha (ou restos de grama cortada no pátio da escola, no jardim da casa, folhas secas, capim cortado etc.).

A compostagem pode ser feita em caixotes, compartimentos plásticos específicos ou numa pilha e deve ser iniciada sempre com a palha, que formará a primeira camada (em torno de 10cm de altura), colocando-se sobre ela os restos orgânicos disponíveis (resíduos da cozinha ou estercos frescos de bovinos, aves ou cavalos) até formar uma pilha, sempre intercalando as camadas. Uma camada de palha, outra de resíduos frescos e/ou esterco e assim por diante.

Toda vez que se colocar uma camada de resíduos da cozinha, molhar bem até escorrer e cobrir em seguida com a palha até não se poder ver mais os restos da cozinha (que ficarão sob a camada de palha). A largura da pilha deve ser de 1m a 1,2m e o comprimento pode variar conforme a disponibilidade de espaço e material (não devendo ultrapassar 4m a 5m) e a altura máxima de 1,2m.

Havendo possibilidade, pode-se acrescentar finas camadas de cinza peneirada de forno ou fogão à lenha, calcário, fosfato natural e/ou pó de ossos a cada três camadas de palha para enriquecer o composto em nutrientes e diminuir a acidez, principalmente quando se colocam muitas cascas de cebola, de laranja e de limão. Não havendo disponibilidade de palhas, pode-se também edificar a pilha do composto colocando-se uma fina camada de terra sobre o material orgânico de maneira intercalada. De qualquer forma, a última camada terá que ser sempre de palha. Não há necessidade de erguer a pilha ao abrigo da ação do sol e da chuva.

Em situações excepcionais de muita chuva, pode-se colocar uma cobertura de plástico sobre a pilha. Uma vez formada a pilha de composto, é necessário controlar a temperatura interna e a umidade, pois com a fermentação há intensa formação de calor e, conseqüentemente, perda de água por evaporação. A temperatura alta da pilha (próximo de 50° a 60°C) é um indicativo de que a fermentação está se desenvolvendo.

Processo de Compostagem

Durante o processo de compostagem não é comum ser exalado cheiro forte, pois isso indicaria que está acontecendo apodrecimento e não a fermentação, talvez pelo excesso de água ou pela falta de oxigenação da pilha. Nesse caso, é preciso revirar a pilha e reerguê-la novamente em seguida.

Fermentação do Composto Orgânico

O tempo de fermentação do composto orgânico pode variar em função da temperatura ambiente, do material utilizado, da quantidade de água e do inoculante (esterco ou resíduos orgânicos utilizados), entre outros fatores. No verão, o processo é mais rápido. Montada a pilha, pode-se ter o composto pronto em até 60 dias, conforme o tipo de material e fazendo-se reviradas a cada 20 dias.

Aeração do Composto

Sempre que necessário (a cada 20 ou 30 dias), deve-se revolver a pilha para promover uma maior aeração, cortando-a com uma enxada e reerguendo em seguida todo o material semi-compostado numa nova pilha, ao lado. O composto pronto se parece com terra e não apresenta cheiro diferente dessa, podendo ser utilizado diretamente sobre os canteiros onde serão (ou estão sendo) cultivadas as hortaliças, seguido de sua leve incorporação superficial na terra ou então somente espalhado pela superfície.

A dosagem varia, mas em geral, se aplica um latão (20 litros) por metro quadrado de canteiro. Para uma melhor eficiência, recomenda-se peneirar o produto antes de colocá-lo nos canteiros. O que sobrar na peneira volta para o processo de compostagem.

A prática da compostagem é uma excelente atividade educativa, contribuindo na formação da consciência e do entendimento sobre as leis ambientais, sendo uma prática evidente das transformações naturais por que passam todos os organismos vivos.

Minhocultura

Minhoca produtora de húmus

Assim como a compostagem, a minhocultura representa uma interessante alternativa para o aproveitamento de resíduos orgânicos. Por esse processo, se produz o húmus, um produto estável e inodoro, considerado o mais valioso dos insumos a ser colocado na terra. O processo de criação de minhocas e produção de húmus é relativamente fácil. As minhocas irão se alimentar dos materiais orgânicos colocados à sendo que o húmus será o produto de seu metabolismo e excretado posteriormente, utilizado diretamente no solo ou como substrato de excelente qualidade para a produção de mudas, tanto de hortaliças quanto de plantas aromáticas e, até mesmo, espécies florestais.

Fonte: Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI (cati.sp.gov.br)

Continue Reading

Trabalho em casa

Como fazer Sabonete Artesanal em líquido e barra

Published

on

By

Sabonete Artesanal líquido e barra

Neste artigo escrito pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), você vai aprender a fazer os sabonetes em barra, sabonetes líquidos, cristais de banho e aromatizadores de ambiente feitos com ervas aromáticas. Além de perfumarem, esses itens ainda apresentam propriedades medicinais e podem ser um importante fonte de renda trabalhando em casa.

Sabonete líquido

Sabonete líquido

Ingredientes

  1. 350mL de base de sabonete líquido ou base para shampoo, que pode ser transparente ou perolado;
  2. 700mL de água desmineralizada;
  3. 50ml de anfótero para espessar;
  4. 2 ou 3 gotas de corante alimentício ou para cosmético;
  5. 5mL (1 colher das de sopa) de essência de ervas;
  6. camomila, calêndula, erva-doce, erva-cidreira, alecrim, sálvia etc.;
  7. 1 colher de plástico de 5mL (1 colher de sopa);
  8. 1 vasilha plástica;
  9. 1 medidor de líquidos

A base para se fazer o sabonete (anfótero, essências e corantes) pode ser comprada em casas que vendem produtos para artesanato. A água desmineralizada pode ser trocada por água de chuva, porém somente em locais que não têm poluição do ar. Essa água deve ser coletada em baldes limpos, devendo-se esperar um dia para usar, para que ela se estabilize e diminua acidez.

Modo de fazer

  • Numa vasilha de plástico, já previamente limpa, colocar a água e a base para sabonete líquido, mexer com a colher plástica suavemente para não fazer espuma. Após misturada, colocar o anfótero para deixar mais espesso o sabonete, continuar mexendo lentamente até engrossar. Estando totalmente misturado, colocar as gotas de corante, colocar uma a uma até obter a coloração desejada. Por fim, colocar a essência, mexer suavemente e colocar nos vasilhames de 250mL ou 500mL.
  • Rendimento: quatro vasilhames de 250mL ou dois de 500mL. Colocar rótulo informando a essência utilizada e a validade do produto. A validade está escrita no litro de base para sabonete líquido.

Sabonete líquido com chá de ervas

Sabonete líquido com chá de ervas

Ingredientes

  1. 1 litro de água sem cloro;
  2. 1 maço de ervas frescas (hortelã, sálvia, alecrim etc.) ou 100 gramas de ervas secas (camomila, erva-doce, alecrim, calêndula etc.);
  3. 250mL de base para sabonete líquido;
  4. 50ml de anfótero;
  5. 2 ou 3 gotas de corante;
  6. 5mL de essência (1 colher das de sopa)

Modo de fazer

  • Numa leiteira colocar a água e a erva escolhida e deixar ferver até diminuir o volume pela metade (ficar apenas 500mL de chá). Deixar esfriar totalmente e, em seguida, coar. Colocar o chá coado em uma vasilha plástica ou de vidro;
  • Acrescentar, aos poucos, a base para sabonete e ir misturando, sempre devagar para não formar bolhas. Após estar bem  misturado, colocar o corante. Deve-se ter cuidado, pois o chá já tem uma coloração natural, porém essa cor vai sumindo com o tempo já que se tratam de pigmentos naturais, daí a importância de se colocar corante nessa receita, mas com cuidado, observando a coloração que ficará ao final. Recomenda-se fazer testes com um pouco do sabonete preparado e gotejar o corante até acertar a cor desejada;
  • Após acertar a cor, colocar a essência; apesar de o chá ter o odor característico da erva utilizada, a essência da própria erva ajuda a intensificar esse aroma além de preservá-lo por mais tempo. Não recomendamos utilizar óleos essenciais, pois óleo e água não se misturam e ocasionariam bolhas de óleo na superfície do produto;
  • Por último, colocar o anfótero, inicialmente 50mL e ir acrescentando mais, de 10 em 10mL, até chegar na espessura desejada. Em seguida, colocar em embalagem e rotular. A embalagem pode ser um filme plástico ou uma caixa; não esquecer de colocar no rótulo a validade do produto que será, nesse caso do uso do chá, de seis meses e a erva utilizada
    no preparo do sabonete.

Sabonetes em barra

Sabonete em Barra

Para o sabonete em barra será preciso usar o fogão e uma uma panela de ágata ou de vidro, utilizada apenas para essa finalidade. Essa panela deve ser levada ao fogo em banho-maria. Será preciso uma outra panela ou forma com água fervente.

Ingredientes

  1. base de glicerina hipoalergênica sólida, transparente ou opaca para sabonete;
  2. corante alimentício ou para cosméticos;
  3. essência de ervas: camomila, calêndula, erva-doce, ervacidreira, alecrim, sálvia etc.;
  4. ervas secas: erva-doce, calêndula, linhaça (que pode ser usada como esfoliante natural).

Pode-se usar fôrmas de silicone ou plásticas, as de silicone são mais caras, porém duram mais, já as plásticas duram apenas duas ou três vezes e se deformam, mas são muito baratas e encontradas em diversos modelos e formas. O interessante é usar as duas para diversificar os modelos de sabonetes.

Modo de fazer

  • Picar a glicerina finamente (quanto mais fina, mais rápido de derreter); colocar para medir na fôrma escolhida, a glicerina terá que “sobrar” acima da fôrma. Colocar só a glicerina na panela e levar ao banho-maria, não mexer, pois formará bolhas. Quando estiver totalmente derretida, retirar do banho-maria e colocar o corante e a essência; mexer delicadamente evitando a formação de bolhas;
  • Colocar as ervas secas escolhidas (usar somente um tipo, o mesmo da essência) e misturar. Levar imediatamente a mistura para a fôrma, para não formar “nata”. Encher bem a fôrma, pois depois que esfria o sabonete se retrai; É importante deixar a fôrma em local onde não será mais mexida, pois terá que ficar em repouso por uma hora no mínimo ou até endurecer bem. Após esse processo, desenformar, esperar secar por mais meia hora desenformado e passar em plástico-filme. Colocar o rótulo, descrever a essência e a data de validade. A validade do sabonete é a mesma da base de glicerina utilizada;
  • Pode-se usar a linhaça como esfoliante, a vantagem é que ela pode ser usada em qualquer essência. Outra maneira é colocar primeiro as ervas secas na fôrma e por cima um pouco do sabonete já derretido, esperar endurecer um pouco e colocar o restante do sabonete, assim as ervas ficarão apenas na superfície, tornando-o mais bonito;
  • As ervas secas podem ser usadas tanto em base opaca quanto em base transparente, porém na transparente conferem ao sabonete um visual mais atrativo.

Cristais de banho

Cristais de Banho

Os cristais são utilizados para a limpeza do corpo e podem ser usados como escalda-pés, dependendo da erva escolhida. Os cristais são fáceis de fazer; basicamente é preciso apenas misturar sal grosso com ervas medicinais ou aromáticas secas, como camomila, calêndula, alecrim, sálvia, arruda etc.

Modo de fazer

  • Misturar 50 gramas de sal e uma colher das de sopa da erva escolhida, colocar em saquinhos plásticos. Rotular indicando a erva utilizada e suas propriedades. Pode-se explicar, também, o modo de usar, podendo ser diluída em água morna e jogar pelo corpo após o banho e, em seguida, retirar com água corrente. Já para o escalda-pés deve-se colocar os cristais numa vasilha com água morna e mergulhar os pés por 20 minutos.

Aromatizantes de ambiente

Aromatizantes de ambiente

Os aromatizantes são ótimos para perfumar o ambiente e podem também ser usados na aromaterapia. Seu processo de fabricação é simples e rápido.

Ingredientes

  1. 250mL de álcool de cereais;
  2. 50mL de água mineral sem cloro;
  3. 50mL de essência de ervas: camomila, calêndula, abacaxi, erva-doce, bergamota, erva-cidreira, alecrim, sálvia, arruda etc.;
  4. de 2 a 5 gotas de corante;
  5. palitos de algodão-doce, que devem ter o dobro do tamanho do frasco;
  6. frasco de vidro com gargalo estreito, com tampa.

Modo de fazer

Basta misturar os produtos e, por fim, colocar o corante gota a gota até a coloração desejada; colocar no frasco com tampa, rosquear bem e deixar descansar por uma semana em local escuro para fixar bem a essência. Depois abrir, colocar os palitos e usar no ambiente.

Sabão de ervas

Sabão de Ervas

Receita do engenheiro agrônomo Osmar Mosca Diz (da Divisão de Extensão Rural – Dextru/CATI).

Ingredientes

  1. 6 barras de sabão de coco;
  2. ervas frescas ou secas (alecrim, sálvia, hortelã, manjericão, erva-doce etc.);
  3. 1 litro de água;
  4. gotas de corante alimentício ou para cosméticos;
  5. opcional – essência para sabonete.

Modo de fazer

  • Fazer um chá forte da erva escolhida (usar apenas um tipo de erva), colocando um litro de água mineral no fogo junto com as ervas; deixar reduzir até meio litro, esfrie e coe;
  • Ralar o sabão de coco e colocar no fogo em uma panela usada especialmente para essa finalidade. Deixar derreter totalmente, acrescentar o chá frio coado, colocar o corante e a essência, mexer levemente sem fazer espuma. Colocar em fôrmas de alumínio (tipo para bolo inglês que fica mais bonito e alto) e deixar esfriar; quando estiver sólido, cortar em pedaços e deixar secar ao ar livre e, só depois de bem seco, embrulhar em plástico-filme. A validade desse produto será a mesma do sabão de coco.

OBSERVAÇÃO: Segundo a Maria Cláudia Silva Garcia Blanco Engenheira Agrônoma Divisão de Extensão Rural (Dextru/CATI), para que as essas receitas tenham ação terapêutica, nos sabonetes em barra e nos cristais de banho podem ser adicionados óleos essenciais extraídos das plantas no lugar das essências artificiais. Já nos sabonetes feitos à base de água e/ou chá, usar essência já que óleo e água não se misturam.

Utilizar plantas secas de ótima qualidade que podem ser colhidas e secadas ou adquirir as ervas secas provenientes de estabelecimentos farmacêuticos.

Ações terapêuticas

  • Camomila: relaxante e clareadora da pele;
  • Calêndula: cicatrizante e contra assaduras;
  • Erva-doce: antioxidante e reparadora da textura da pele;
  • Erva-cidreira: relaxante e refrescante;
  • Alecrim: estimulante e bom para a circulação periférica;
  • Sálvia: antisséptica e cicatrizante;
  • Arruda: antisséptica, energizante e usada contra piolhos

Dicas

  • Sabonetes líquidos – colocam-se, inicialmente, 50mL de anfótero; se o sabonete não ficar na espessura desejada, colocar mais 10mL e mexer, assim sucessivamente até chegar à espessura desejada. Atenção para não engrossar demais, senão ficará difícil para tirar do vasilhame.
  • Sabonete em barra – para dar acabamento no sabonete, após desenformado, pode-se utilizar uma pequena faca, delicadamente, para retirar e acertar as laterais do produto.
  • Cristais de banho – ao utilizar a essência ou o óleo essencial da erva escolhida, o produto ficará melhor, pois o óleo essencial tem propriedades terapêuticas.
  • Sabão de ervas – esse produto pode ser utilizado para limpeza em geral, de roupas e de cozinha; não usar para o corpo.

Fonte: Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI (cati.sp.gov.br)

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Destaques

Advertisement

Para Você

Negócios

Advertisement
Advertisement

Em Destaque

Copyright © Emprega Brasil. Todos os direitos reservados.