Categorias
Salário Mínimo

Valor do salário mínimo 2019

O salário mínimo de r$ 998,00 ficou pouco a baixo que o previsto pelo governo temer que era de r$ 1.006. segundo a equipe do governo Jair Bolsonaro a formula levou em consideração a inflação de 2018, que deve ficar abaixo do esperado, e variação do pib.

salário mínimo 2019, decreto Jair Bolsonaro

Segundo o dieese (departamento intersindical de estatística e estudos sócio e econômicos) O salário mínimo é referência para rendimento de aproximadamente 48 milhões de trabalhadores no Brasil.

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

Salário mínimo de 2019 é fixado em r$ 998,00

A partir de 1º de janeiro de 2019, O salário mínimo passou a r$ 998,00, conforme anunciado pela presidência da república. esse valor representa 4,61% sobre os r$ 954,00 que vigoraram em 2018 ve superaria ligeiramente (+0,04%) o previsto pela política de valorização do salário mínimo, ou seja, avariação anual do índice nacional de preços ao consumidor (inpc),do instituto Brasileiro de geografia e estatística (ibge) para 2018-que correspondeu a 3,43%-Acrescida da variação do produto interno bruto (pib) de 2017-de 1,1%.

Ocorre, no entanto, que, em 2018, o inpc-ibge aplicado para o reajuste do mínimo então estipulado foi estimado em valor inferior ao efetivamente apurado e,de acordo com o que determina a lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015, essa diferença deveria ser incorporada ao percentual de ajuste subsequente.

Decreto nº 9.661, de 1º de janeiro de 2019

Regulamenta a lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015, que dispõe sobre o valor do
salário mínimo e a sua política de valorização de longo prazo.

O presidente da república, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput,
inciso iv, da constituição, e tendo em vista o disposto na lei nº 13.152, de 29 de julho
de 2015, decreta :

Art. 1º a partir de 1º de janeiro de 2019, O salário mínimo será de r$ 998,00
(novecentos e noventa e oito reais).

Parágrafo único. em decorrência do disposto no caput, o valor diário do salário mínimo
corresponderá a r$ 33,27 (trinta e três reais e vinte e sete centavos) e o valor horário,
a r$ 4,54 (quatro reais e cinquenta e quatro centavos).

Art. 2º este decreto entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2019.
Brasília, 1º de janeiro de 2019; 198º da independência e 131º da república.

Jair Messias Bolsonaro
Paulo Guedes

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

 

Veja também
Categorias
Salário Mínimo

Valor do Salário Mínimo

O valor do mínimo mínimo aumentou para r$ 998,00 em 2019, esse é o menor valor  de salário que o empregador pode pagar legalmente aos seus funcionários, seja para trabalhadores urbanos ou rurais. o reajuste foi decretado pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 01/ de janeiro de 2019.

Alguns estados têm piso próprio com salário mínimo superior ao salário nacional, conforme tabela abaixo.

valor do salário mínimo 2019

r$998,00
 
Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo
gráfico do salário mínimo

O que é salário mínimo

O salário mínimo a remuneração capaz de atender às necessidades vitais básicas do empregado e às de sua família. isso inclui moradia, alimentação, saúde, educação, vestuário, higiene, lazer, transporte e previdência social.

existe em praticamente todos os países do mundo, no Brasil é estabelecido por lei e está descrito na constituição.

valor do salário mínimo

Como é feito o reajuste do valor salário mínimo.

O reajuste periódico do salário mínimo é estabelecido por lei, decreto, medida provisória ou portaria, com a finalidade de preservar o poder aquisitivo do cidadão também é previsto na constituição.

Como é calculado o valor salário mínimo

O salário mínimo é definido como base o percentual de crescimento do produto interno bruto (pib) dois anos antes e busca cobrir a variação da inflação do ano anterior.

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o calculo do salário mínimo é bem fácil e qualquer pessoas pode fazer, acesse “cálculo do salário mínimo” , utilize nossa fórmula e faça você mesmo o cálculo do salário mínimo atual.

Salário mínimo – tabela de valores

data vigência salário mínimo valor mês salário mínimo valor dia salário mínimo valor hora decreto lei
01/01/2019 salário mínimo r$ 998,00 salário dia r$ 33,26 salário hora r$ 4,53 dec. 9.661 de 2019
01/01/2018 salário mínimo r$ 954,00 salário dia r$ 31,80 salário hora r$ 4,34 dec. 9.255 de 2017
01/01/2017 salário mínimo r$ 937,00 salário dia r$ 31,23 salário hora r$ 4,26 dec. 8.948 de 2016
01/01/2016 salário mínimo r$ 880,00 salário dia r$ 29,33 salário hora r$ 4,00 dec. 8.618 de 2015
01/01/2015 salário mínimo r$ 788,00 salário dia r$ 26,27 salário hora r$ 3,58 dec. 8.381 de 2014
01/01/2014 salário mínimo r$ 724,00 salário dia r$ 24,13 salário hora r$ 3,29 dec. 8.166 de 2013
01/01/2013 salário mínimo r$ 678,00 salário dia r$ 22,60 salário hora r$ 3,08 dec. 7.872 de 2012
01/01/2012 salário mínimo r$ 622,00 salário dia r$ 20,73 salário hora r$ 2,83 dec. 7.655 de 2011
01/03/2011 salário mínimo r$ 545,00 salário dia r$ 18,00 salário hora r$ 2,45 lei 12.382 de 2011
01/01/2011 salário mínimo r$ 540,00 salário dia r$ 18,17 salário hora r$ 2,48 mp 516 de 2010
01/01/2010 salário mínimo r$ 510,00 salário dia r$ 17,00 salário hora r$ 2,32 mp 474 de 2009
01/02/2009 salário mínimo r$ 465,00 salário dia r$ 15,50 salário hora r$ 2,11 mp 456 de 2009
01/03/2008 salário mínimo r$ 415,00 salário dia r$ 13,83 salário hora r$ 1,89 mp 421 de 2008
01/04/2007 salário mínimo r$ 380,00 salário dia r$ 12,67 salário hora r$ 1,73 lei 11498 mp 362 de 2007
01/04/2006 salário mínimo r$ 350,00 salário dia r$ 11,67 salário hora r$ 1,59 mp 288 de 2006
01/05/2005 salário mínimo r$ 300,00 salário dia r$ 10,00 salário hora r$ 1,36 lei 11164 de 2005
01/05/2004 salário mínimo r$ 260,00 salário dia r$ 8,67 salário hora r$ 1,18 lei 10888 de 2004
01/04/2003 salário mínimo r$ 240,00 salário dia r$ 8,00 salário hora r$ 1,09 lei 10699 de 2003
01/04/2002 salário mínimo r$ 200,00 salário dia r$ 6,67 salário hora r$ 0,91 lei 10525 de 2002
01/04/2001 salário mínimo r$ 180,00 salário dia r$ 6,00 salário hora r$ 0,82 mp 2194-6 de 2001
01/04/2000 salário mínimo r$ 151,00 salário dia r$ 5,03 salário hora r$ 0,69 lei 9971 de 2000

Para obter os valores do salário mínimo desde 1940 acesse salário mínimo, tabela atualizada de 1940 a 2019

Estados que seguem o valor do salário mínimo nacional.

Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe.

Estados que ainda não tem definição ou governo não respondeu.

  • no Ceará governo ainda não definiu se vai seguir o nacional ou estabelecer um valor mais maior.
  • no estado de Mato Grosso o governo informou ainda não ter definição.
  • em Minas Gerais o governo ainda não respondeu.

Estados com piso salarial próprio

No Paraná tem salário mínimo regional próprio que varia entre r$ 1.247,40 e r$ 1.441. estipulado por decreto de março de 2018.

No Rio de Janeiro ainda não foi definido o piso estadual para 2019. vigora atualmente no estado o piso adotado em 2018, com seis faixas de rendimento, que vão de r$ 1.193,36 a r$ 3.044,78.

O Rio Grande do Sul tem piso regional. o último reajuste foi em 2018, de r$ 1.175,15 para r$ 1.196,47.

Em Santa Catarina o piso estadual será definido até março. O salário mínimo regional definido para 2018 varia entre r$ 1.110 e r$ 1.271 entre as quatro faixas salariais, que vão desde agricultura até indústrias de vestuário, químicas e metalúrgicas.

Em São Paulo piso estadual para 2019 ainda será definido. o valor atual é de 1.108,38 (faixa i) e r$ 1.127,23 (faixa ii).

No Tocantins o governo informou que “está sendo feito um estudo” para avaliar se vai seguir valor nacional.

Veja também

Categorias
Salário Mínimo

Salário Mínimo no Brasil

O presidente Getúlio Vargas o instituiu através da lei nº 185 de 1936 e pelo decreto-lei nº 399 de 1938, sendo que começou a vigorar em 1940, quando seus valores foram fixados por meio do decreto-lei nº 2162.

Salário mínimo por estado

Quando foi instituído, eram 14 salários mínimos diferentes, chegando a 38 valores distintos em 1963. em 1974 foram reduzidos a apenas cinco, caindo para três salários mínimos regionais em 1983.

Em maio de 1984 o valor foi unificado, passando para salário mínimo nacional, situação que permanece até hoje.

Está estipulado e definido na constituição federal Brasileira de 1988.

“capítulo ii dos direitos sociais – art. 7º são direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

iv – Salário mínimo , fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

vi – Irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo;”

Alguns estados possuem salário mínimo diferente, se utilizando de piso salarial regional. entre eles os estados do Paraná, rio grande so sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Salário mínimo nacional é usado como referência para os benefícios assistenciais e previdenciários, como aposentadorias, abono salarial e pensões.

Atualmente, é reajustado anualmente com base na inflação do ano anterior, medida pelo inpc (índice nacional de preços ao consumidor), mais o aumento do pib (produto interno bruto) de dois anos antes.

Caso o pib seja negativo, o valor não é levado em conta, considerando apenas a inflação.

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

Veja também
Categorias
Salário Mínimo

Piso Salarial Regional de SP

O piso salarial regional do estado de São Paulo é voltado para trabalhadores da iniciativa privada que não possuem piso salarial definido por lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho.

Reajuste do piso salarial dos trabalhadores de São Paulo

o governador Geraldo Alckmin sancionou em 18 de janeiro de 2018 a lei nº 16.665, que reajusta o piso salarial dos trabalhadores do estado de São Paulo de duas categorias regidas por leis estaduais.

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

os novos valores seguem o compromisso, assumido em 2007 e cumprido anualmente, de ajustar as novas realidades econômicas e sociais decorrentes de cada exercício.

A medida tem como base estudos realizados pela secretaria do emprego e relações do trabalho (sert) e passará a vigorar retroativamente a 1º de janeiro, com reajuste de 2,99% para ambas as faixas.

A primeira faixa, com valor de r$ 1.076,20, passará a valer r$ 1.108,38; a segunda faixa passa de r$ 1.094,50 para r$ 1.127,23.  o piso mínimo paulista está 16% acima do salário mínimo nacional.

Piso salarial regional de sp vai beneficiar 8 milhões de pessoas

A estimativa é que mais de oito milhões de pessoas no estado sejam beneficiadas.

A lei complementar federal nº 103/2000 autoriza os estados a instituírem pisos regionais, que sempre são superiores aO salário mínimo federal. essa mesma lei impede que o piso seja aplicado a servidores públicos municipais e estaduais.

Reajustes do piso salarial de sp

O piso é reajustado todo ano, com base na inflação e no crescimento da economia.

Em 2007, quando foi criado, os valores eram r$ 410 (primeira faixa), r$ 450 (segunda faixa) e r$ 490 (terceira faixa).

No ano seguinte, as três faixas aumentaram para r$ 450 r$ 475 e r$505 (reajustes de 9,76 %, 5,56 % e 3,06 %, respectivamente).

Em 2009, os valores saltaram para r$ 505, r$ 530 e r$ 545, que representaram elevações de 12,22 %, 11,58 % e 7,92 %.

Já em 2010, as três faixas salariais passaram a ser de r$ 560, r$ 570 e r$ 580. os reajustes foram de 10,89%, 7,55% e 6,42%.

Em 2011 o índice de correção para a primeira faixa foi de 7,14%, 7,02%, para a segunda, e 6,9%, terceira faixa. as três faixas salariais para r$ 600, r$ 610 e r$ 620.

Em 2012, o piso salarial passou a ser de r$690,00 um reajuste de 15% em relação ao valor do ano passado. as outras duas faixas subiram 14,75% e 14,52% respectivamente, com valores atuais de r$700 e r$710.

em 2013, a faixa 1 teve reajuste de 9,42%, passando para r$755. a faixa 2 subiu para r$ 765 – aumento de 9,29%. por fim, a faixa 3 sofreu acréscimo de 9,15% e passou para r$ 775.

em 19 de dezembro de 2013, o governador Geraldo Alckmin reajustou em 7,18% o piso regional paulista. a primeira faixa passou para r$ 810. a segunda para r$ 820.

e terceira faixa foi restabelecida em 24 de março de 2014 no valor de r$ 835.

em dezembro de 2014, a assembleia legislativa aprovou projeto de lei do governador Geraldo Alckmin que estabeleceu o piso regional paulista de 2015.

o novo piso passa a ter apenas duas faixas e vale r$ 905 e r$ 920 – reajuste de 11,75% e 10% respectivamente.

os trabalhadores da primeira faixa foram anexados à faixa 2. os contemplados da terceira faixa foram mantidos e passaram a integrar a faixa 2.

em 2015, os valores em vigor eram de r$ 905 para a primeira faixa e r$ 920 para a segunda.

em 2016, os valores em vigor eram de r$ 1.000 para a primeira faixa e r$ 1.017 para a segunda.

em 2017, os valores em vigor eram de r$ 1.076,20 para a primeira faixa e r$ 1.094,50 para a segunda.

Faixas salariais

1ª faixa – r$ 1.108,38 (um mil e cento e oito reais e trinta e oito centavos)

trabalhadores domésticos, serventes, trabalhadores agropecuários e florestais, pescadores, contínuos, mensageiros e trabalhadores de serviços de limpeza e conservação, trabalhadores de serviços de manutenção de áreas verdes e de logradouros públicos, auxiliares de serviços gerais de escritório, empregados não-especializados do comércio, da indústria e de serviços administrativos, cumins, “barboys”, lavadeiros, ascensoristas, “motoboys”, trabalhadores de movimentação e manipulação de mercadorias e materiais e trabalhadores não-especializados de minas e pedreiras; operadores de máquinas e implementos agrícolas e florestais, de máquinas da construção civil, de mineração e de cortar e lavrar madeira, classificadores de correspondência e carteiros, tintureiros, barbeiros, cabeleireiros, manicures e pedicures, dedetizadores, vendedores, trabalhadores de costura e estofadores, pedreiros, trabalhadores de preparação de alimentos e bebidas, de fabricação e confecção de papel e papelão, trabalhadores em serviços de proteção e segurança pessoal e patrimonial, trabalhadores de serviços de turismo e hospedagem, garçons, cobradores de transportes coletivos, “barmen”, pintores, encanadores, soldadores, chapeadores, montadores de estruturas metálicas, vidreiros e ceramistas, fiandeiros, tecelões, tingidores, trabalhadores de curtimento, joalheiros, ourives, operadores de máquinas de escritório, datilógrafos, digitadores, telefonistas, operadores de telefone e de “telemarketing”, atendentes e comissários de serviços de transporte de passageiros, trabalhadores de redes de energia e de telecomunicações, mestres e contramestres, marceneiros, trabalhadores em usinagem de metais, ajustadores mecânicos, montadores de máquinas, operadores de instalações de processamento químico e supervisores de produção e manutenção industrial;

2ª faixa – r$ 1.127,23 (um mil e cento e vinte e sete reais e vinte e três centavos)

administradores agropecuários e florestais, trabalhadores de serviços de higiene e saúde, chefes de serviços de transportes e de comunicações, supervisores de compras e de vendas, agentes técnicos em vendas e representantes comerciais, operadores de estação de rádio e de estação de televisão, de equipamentos de sonorização e de projeção cinematográfica e técnicos em eletrônica.

Leia: 11.705 profissões e salários 2019 / r$ 3.960,57 salário mínimo ideal 2019 / salário mínimo 2020 / salário mínimo 2019  / cálculo do salário mínimo / salário mínimo, aumento por presidente / salário mínimo no mundo

Categorias
Salário Mínimo

Valor do salário mínimo sem o ganho real

Simulando-se como seria O salário mínimo caso não tivesse ganhos reais desde 1995, o resultado seria somente o reajuste acumulado equivalente ao valor da inflação do período.

Como a inflação nesse intervalo de tempo somou 359,07% (maio de 1995 a dezembro de 2017), O salário mínimo em janeiro de 2018 seria r$ 459,12 (r$ 100,00 reajustado em 359,12% – inflação do período), o que resultaria em um salário mínimo inferior ao valor atual em r$ 494,88 (r$ 954,00 menos r$ 459,12).

valor do salário mínimo sem o ganho real

os valores simulados acima, do salário mínimo sem os ganhos reais, seria o que os aposentados e pensionistas receberiam caso os benefícios da previdência tivessem suas desvinculações do salário mínimo.

manutenção das atuais regras evidencia a importância da valorização do salário mínimo, o que resulta em maior poder aquisitivo dos salários e consequentemente em maior poder de compra do trabalhador(a).

combinado às melhorias do mercado de trabalho e às políticas sociais e da seguridade social, a valorização do salário mínimo significa redução da desigualdade, seja no mercado de trabalho seja no universo das famílias Brasileiras.

Veja também
Categorias
Salário Mínimo

Valor do salário mínimo Distrito Federal – DF

O salário mínimo de Distrito Federal em 2019 é de r$ 998,00. como Distrito Federal não possuí piso salarial próprio, segue o valor estabelecido pelo governo federal, assim como os estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe.

os Brasiliense terão direito ao aumento de salário a partir de janeiro, já que o novO salário mínimo começou a valer no dia 1º de janeiro de 2019, quando o  presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto nº 9.661.

O acréscimo de r$ 44,00 nO salário mínimo terá um grande impacto nas contas públicas do Distrito Federal já que a capital Brasília com 2.481.000 milhões de habitantes possuí grande número de funcionários no setor público.

os principais bairros de Brasília.

  • ceilândia- população 489.351 habitantes
  • samambaia- população 254.439 habitantes
  • taguatinga- população 222.598 habitantes
  • plano piloto- população 220.393 habitantes
  • planaltina- população 189.421 habitantes
  • águas claras- população 148.940 habitantes
  • recanto das emas- população 145.304 habitantes
  • gama- população 141.911 habitantes
  • guará- população 132.685 habitantes
  • santa maria- população 125.123 habitantes
  • sobradinho ii- população 100.775 habitantes
  • são sebastião- população 100.161 habitantes
  • vicente pires- população 72.879 habitantes
  • itapoã- população 68.587 habitantes
  • sobradinho- população 68.551 habitantes

Leia mais : tabela salário mínimo nacional – atualizada

Atualmente 4 estados possuem piso salarial próprio e pagam salário mínimo maio que nacional, com destaque para o Paraná que tem o maior salário mínimo do país em 2019, quase o dobro do valor nacional. confira abaixo:

Tabela salário mínimo em Distrito Federal

salário mínimo
valor mês
salário mínimo
valor dia
salário mínimo
valor hora
decreto lei
salário mínimo Distrito Federal 2019 r$ 998,00 salário dia
r$ 31,80
salário hora
r$ 4,34
dec. 9.255
de 2017
salário mínimo Distrito Federal 2018 r$ 954,00 salário dia
r$ 31,80
salário hora
r$ 4,34
dec. 9.255
de 2017
salário mínimo Distrito Federal 2017 r$ 937,00 salário dia
r$ 31,23
salário hora
r$ 4,26
dec. 8.948
de 2016
salário mínimo Distrito Federal 2016 r$ 880,00 salário dia
r$ 29,33
salário hora
r$ 4,00
dec. 8.618
de 2015
salário mínimo Distrito Federal 2015 r$ 788,00 salário dia
r$ 26,27
salário hora
r$ 3,58
dec. 8.381
de 2014
salário mínimo Distrito Federal 2014 r$ 724,00 salário dia
r$ 24,13
salário hora
r$ 3,29
dec. 8.166
de 2013
salário mínimo Distrito Federal 2013 r$ 678,00 salário dia
r$ 22,60
salário hora
r$ 3,08
dec. 7.872
de 2012
salário mínimo Distrito Federal 2012 r$ 622,00 salário dia
r$ 20,73
salário hora
r$ 2,83
dec. 7.655
de 2011
salário mínimo Distrito Federal 2011 r$ 545,00 salário dia
r$ 18,00
salário hora
r$ 2,45
mp 516
de 2010
salário mínimo Distrito Federal 2010 r$ 510,00 salário dia
r$ 17,00
salário hora
r$ 2,32
mp 474
de 2009
salário mínimo Distrito Federal 2009 r$ 465,00 salário dia
r$ 15,50
salário hora
r$ 2,11
mp 456
de 2009
salário mínimo Distrito Federal 2008 r$ 415,00 salário dia
r$ 13,83
salário hora
r$ 1,89
mp 421
de 2008
salário mínimo Distrito Federal 2007 r$ 380,00 salário dia
r$ 12,67
salário hora
r$ 1,73
lei 11498 mp 362
de 2007
salário mínimo Distrito Federal 2006 r$ 350,00 salário dia
r$ 11,67
salário hora
r$ 1,59
mp 288
de 2006
salário mínimo Distrito Federal 2005 r$ 300,00 salário dia
r$ 10,00
salário hora
r$ 1,36
lei 11164
de 2005
salário mínimo Distrito Federal 2004 r$ 260,00 salário dia
r$ 8,67
salário hora
r$ 1,18
lei 10888
de 2004
salário mínimo Distrito Federal 2003 r$ 240,00 salário dia
r$ 8,00
salário hora
r$ 1,09
lei 10699
de 2003
salário mínimo Distrito Federal 2002 r$ 200,00 salário dia
r$ 6,67
salário hora
r$ 0,91
lei 10525
de 2002
salário mínimo Distrito Federal 2001 r$ 180,00 salário dia
r$ 6,00
salário hora
r$ 0,82
mp 2194-6
de 2001
salário mínimo Distrito Federal 2000 r$ 151,00 salário dia
r$ 5,03
salário hora
r$ 0,69
lei 9971
de 2000
salário mínimo Distrito Federal 1999 r$ 136,00 salário dia
r$ 4,53
salário hora
r$ 0,62
lei 9971
de 2000
salário mínimo Distrito Federal 1998 r$ 130,00 salário dia
r$ 4,33
salário hora
r$ 0,59
lei 9971
de 2000
salário mínimo Distrito Federal 1997 r$ 120,00 salário dia
r$ 4,00
salário hora
r$ 0,55
lei 9971
de 2000
salário mínimo Distrito Federal 1996 r$ 112,00 salário dia
r$ 3,73
salário hora
r$ 0,51
lei 9971
de 2000
salário mínimo Distrito Federal 1995 r$ 100,00 salário dia
r$ 3,33
salário hora
r$ 0,45
lei 9032
de 1995

 

Valor do salário mínimo de Distrito Federal

decreto nacional nº 9.661, de 1º de janeiro de 2019

regulamenta a lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015, que dispõe sobre o valor do salário mínimo e a sua política de valorização de longo prazo.

opresidente da república, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,caput, inciso iv, da constituição, e tendo em vista o disposto na lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015,

d e c r e t a:

art. 1º a partir de 1º de janeiro de 2019, O salário mínimo será de r$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais).

Parágrafo único. em decorrência do disposto nocaput, o valor diário do salário mínimo corresponderá a r$ 33,27 (trinta e três reais e vinte e sete centavos) e o valor horário, a r$ 4,54 (quatro reais e cinquenta e quatro centavos).

art. 2º este decreto entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2019.

Brasília, 1º de janeiro de 2019; 198º da independência e 131º da república.

Jair Messias Bolsonaro

Paulo Guedes

Categorias
Salário Mínimo

Valor do salário mínimo em Amapá – AP

O salário mínimo de Amapá em 2019 é de r$ 998,00. como Amapá não possuí piso salarial próprio, segue o valor estabelecido pelo governo federal, assim como os estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe.

os amapenses terão direito ao aumento de salário a partir de janeiro, já que o novO salário mínimo começou a valer no dia 1º de janeiro de 2019, quando o  presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto nº 9.661.

O acréscimo de r$ 44,00 nO salário mínimo terá maior impacto nas contas públicas das principais cidades do estado do Amapá.

  • macapá – população 493.634 habitantes
  • santana – população 119.610 habitantes
  • laranjal do jari – população 49.446 habitantes
  • oiapoque – população 26.627 habitantes
  • porto grande – população 21.484 habitantes
  • mazagão – população 21.206 habitantes
  • tartarugalzinho – população 16.855 habitantes
  • pedra branca do amapari – população 15.931 habitantes
  • vitória do jari – população 15.605 habitantes
  • calçoene – população 10.926 habitantes

Leia mais : tabela salário mínimo nacional – atualizada

Atualmente 4 estados possuem piso salarial próprio e pagam salário mínimo maio que nacional, com destaque para o Paraná que tem o maior salário mínimo do país em 2019, quase o dobro do valor nacional. confira abaixo:

Tabela salário mínimo Amapá

salário mínimo
valor mês
salário mínimo
valor dia
salário mínimo
valor hora
decreto lei
salário mínimo Amapá 2019 r$ 998,00 salário dia
r$ 31,80
salário hora
r$ 4,34
dec. 9.255
de 2017
salário mínimo Amapá 2018 r$ 954,00 salário dia
r$ 31,80
salário hora
r$ 4,34
dec. 9.255
de 2017
salário mínimo Amapá 2017 r$ 937,00 salário dia
r$ 31,23
salário hora
r$ 4,26
dec. 8.948
de 2016
salário mínimo Amapá 2016 r$ 880,00 salário dia
r$ 29,33
salário hora
r$ 4,00
dec. 8.618
de 2015
salário mínimo Amapá 2015 r$ 788,00 salário dia
r$ 26,27
salário hora
r$ 3,58
dec. 8.381
de 2014
salário mínimo Amapá 2014 r$ 724,00 salário dia
r$ 24,13
salário hora
r$ 3,29
dec. 8.166
de 2013
salário mínimo Amapá 2013 r$ 678,00 salário dia
r$ 22,60
salário hora
r$ 3,08
dec. 7.872
de 2012
salário mínimo Amapá 2012 r$ 622,00 salário dia
r$ 20,73
salário hora
r$ 2,83
dec. 7.655
de 2011
salário mínimo Amapá 2011 r$ 545,00 salário dia
r$ 18,00
salário hora
r$ 2,45
mp 516
de 2010
salário mínimo Amapá 2010 r$ 510,00 salário dia
r$ 17,00
salário hora
r$ 2,32
mp 474
de 2009
salário mínimo Amapá 2009 r$ 465,00 salário dia
r$ 15,50
salário hora
r$ 2,11
mp 456
de 2009
salário mínimo Amapá 2008 r$ 415,00 salário dia
r$ 13,83
salário hora
r$ 1,89
mp 421
de 2008
salário mínimo Amapá 2007 r$ 380,00 salário dia
r$ 12,67
salário hora
r$ 1,73
lei 11498 mp 362
de 2007
salário mínimo Amapá 2006 r$ 350,00 salário dia
r$ 11,67
salário hora
r$ 1,59
mp 288
de 2006
salário mínimo Amapá 2005 r$ 300,00 salário dia
r$ 10,00
salário hora
r$ 1,36
lei 11164
de 2005
salário mínimo Amapá 2004 r$ 260,00 salário dia
r$ 8,67
salário hora
r$ 1,18
lei 10888
de 2004
salário mínimo Amapá 2003 r$ 240,00 salário dia
r$ 8,00
salário hora
r$ 1,09
lei 10699
de 2003
salário mínimo Amapá 2002 r$ 200,00 salário dia
r$ 6,67
salário hora
r$ 0,91
lei 10525
de 2002
salário mínimo Amapá 2001 r$ 180,00 salário dia
r$ 6,00
salário hora
r$ 0,82
mp 2194-6
de 2001
salário mínimo Amapá 2000 r$ 151,00 salário dia
r$ 5,03
salário hora
r$ 0,69
lei 9971
de 2000
salário mínimo Amapá 1999 r$ 136,00 salário dia
r$ 4,53
salário hora
r$ 0,62
lei 9971
de 2000
salário mínimo Amapá 1998 r$ 130,00 salário dia
r$ 4,33
salário hora
r$ 0,59
lei 9971
de 2000
salário mínimo Amapá 1997 r$ 120,00 salário dia
r$ 4,00
salário hora
r$ 0,55
lei 9971
de 2000
salário mínimo Amapá 1996 r$ 112,00 salário dia
r$ 3,73
salário hora
r$ 0,51
lei 9971
de 2000
salário mínimo Amapá 1995 r$ 100,00 salário dia
r$ 3,33
salário hora
r$ 0,45
lei 9032
de 1995

 

Valor do salário mínimo Amapá

decreto nacional nº 9.661, de 1º de janeiro de 2019

regulamenta a lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015, que dispõe sobre o valor do salário mínimo e a sua política de valorização de longo prazo.

opresidente da república, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,caput, inciso iv, da constituição, e tendo em vista o disposto na lei nº 13.152, de 29 de julho de 2015,

d e c r e t a:

art. 1º a partir de 1º de janeiro de 2019, O salário mínimo será de r$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais).

Parágrafo único. em decorrência do disposto nocaput, o valor diário do salário mínimo corresponderá a r$ 33,27 (trinta e três reais e vinte e sete centavos) e o valor horário, a r$ 4,54 (quatro reais e cinquenta e quatro centavos).

art. 2º este decreto entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2019.

Brasília, 1º de janeiro de 2019; 198º da independência e 131º da república.

Jair Messias Bolsonaro

Paulo Guedes