Categorias
Ideias de negócios

Montar confecção de Vestidos de Noiva- Passo a Passo

Saiba como montar uma confecção de Vestidos de Noiva lucrativa gastando pouco e sem cometer erros. Ganhe muito dinheiro com casamento. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Confecção de vestidos de noiva

Na imaginação das mocinhas românticas, noiva é sempre noiva. E nada melhor para arrematar esse sonho que um belo vestido de casamento. Unir o sonho do bom e branquíssimo vestido de noiva, ao desejo mais moderno de vestir aqueles modelos mais ousados é tarefa do empreendedor que enveredar pelos caminhos da “construção” de vestidos de noiva. Saber transformar em realidade o sonho das noivas é o know-how básico exigido do empreendedor. Sua missão: dar às noivas um vestido exclusivo, ainda que ele, o vestido, já tenha freqüentado outros altares.

Cenário

Produzidas, armadas e decotadas, as noivas atuais invadem igrejas e templos sem dar atenção ao exemplo vanguardista das mulheres de uma geração anterior, quando o desprezo às tradições era prática comum. As noivinhas de hoje podem dormir com os namorados na casa dos pais, mas adotam sem pruridos o sonho de viver um dia de estrela, de centro do espetáculo.

Até algum tempo atrás, casar de noiva era pagar um mico. Agora, os vestidos tradicionais voltaram com toda a força, com caudas e véus longuíssimos , diz a estilista carioca Glorinha Pires Rebelo. Por causa dessa revolução para trás, noiva moderna que se preze faz questão de vestidos que primem pela opulência, do tipo que não deixa a menor dúvida sobre seu objetivo. Elas estão superexigentes e assumem que querem mesmo é o modelo rebuscado. São bem diferentes das noivas dos anos 70, que tinham vergonha de discutir detalhes e davam a entender que achavam aquilo tudo uma babaquice , avalia Sérgio D’Urso, dono de uma loja na Rua São Caetano, a rua das noivas , em São Paulo..

Investimento

O investimento envolvendo equipamentos e instalações alcança R$ 15 mil.

Equipamentos

  • 01 máquina de costura reta
  • 01 máquina para acabamento
  • 01 mesa de corte 2m x 3m de madeira
  • 01 mesa de corte 2m x 3m de fórmica.
  • Exige ainda 02 telefones, computador, automóvel.

Área

É aconselhável investir em lojas espaçosas e bem iluminadas, com vitrines e roupas atraentes. Um ponto comercial de 400 m² seria ideal, mas espaços menores não comprometem o desempenho do empreendimento.

Pessoal

O dono e 08 funcionários: 01 para corte, 01 costureira, 01 bordadeira à mão, 01 para arremate, 01 estilista e 03 vendedoras.

Locação

O desejo da maioria das noivas é ter um vestido exclusivo, mas é possível tornar esse sonho mais acessível e aumentar o faturamento. O empreendedor poderá confeccioná-lo e, depois, recebê-lo para ser alugado – a peça precisa ser lavada e passada a cada locação. Nesse caso, é necessário usar tecidos mais resistentes. Esse é o sistema que impera.

O preço da locação varia conforme o número de altares que a roupa já frequentou. Depois de dois ou três aluguéis, o traje, se estiver em estado ainda razoável, normalmente é vendido para lojas do interior.

Linha de produtos

A loja também deve trabalhar com roupas para os padrinhos e damas de honra. Alguns serviços, como os bordados, podem ser terceirizados. Além da confecção própria, o empreendedor pode oferecer também vestidos importados, buquê, véu, grinalda e sapatos

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.
Categorias
Trabalho em casa

Ganhe dinheiro abrindo uma Agência de Casamento

Saiba como ganhar dinheiro abrindo uma agência de casamento  de sucesso, sem cometer erros. Aprenda tudo: investimento, localização, concorrência, clientes, legislação e muito mais…

Agência de Casamento

Como fazer: Dizem que existem muitas pessoas solitárias, tímidas circulando na Internet. Que tal criar um site de Agência casamento, onde pessoas deste tipo poderão encontrar sua cara metade? O site de uma agência de casamento funcionara como uma espécie de classificados pessoais. A pessoa que estiver interessada em anunciar pagaria por uma quantia que seu anuncio ficaria no ar, exemplo por 30 dias. A forma de pagamento poderia ser por cartão de crédito ou cobrança bancária.

O anunciante responderia uma serie de perguntas sobre constituição física, emocional, financeira e comercial, e qual a constituição da pessoa que deseja encontrar. Quando aparecer uma pessoa interessada pelo anúncio este responderia um formulário que é transmitido para o anunciante para avaliação Um sistema de pesquisa também seria interessante onde a pessoa responderia a um formulário e este daria como resposta da pesquisa todos que foram cadastrados com aquela constituição pedida.

Contrate um provedor de Internet um espaço para armazenar seus arquivos, você também devera abrir um domínio com o endereço de seu negocio (exemplo http://www.casamento.com.br/ ). Com um curso de editores de HTML, de gerenciamento de programação Java, AcvtiveX ou CGI, editores de DTP você criara os arquivos links, imagens e sons das suas paginas. Este processo poderá ser tercerizado por produtoras gráficas, agências de propagandas ou birôs de impressão. Pronto os arquivos é só gravar no seu provedor.

Hardware

Uma configuração gráfica avançada é necessária, pois a criação de páginas na Internet só é diferenciada do Dekstop Publishing simplesmente na mídia final. Uma estação gráfica baseada no Intel PentiumIII 400 MHZ ou então o Macintosh , 32 a 64 Mb de memória RAM ou acima, monitor SuperVGA, mais de 10 GB de Winchester, Scanner de mesa colorido e Câmara digital.

Conhecimento: É necessário um bom conhecimento da máquina que se esta sendo utilizada para este serviço além de vasto conhecimento dos periféricos utilizados nesta operação para o melhor desempenho de seu trabalho.

Investimento: neste mercado é muito alto pois é necessário o que se tem de melhor porque se tem que passar uma imagem real da pessoa que pretende arrumar um companheiro por isso um bom Scanner, um bom Microcomputador e uma boa Câmara Digital, não saem por menos de R$ 6.000,00, mas você pode usar uma configuração abaixo e mesmo assim obter ótimos resultados.

Software

Softwares de editoração eletrônica, como Corel Draw!, Adobe Photoshop, Editor HTML, MS-Word com HTML Assist., MS_Front Page, Gif Construction Set, Browser Web, Internet Explorer, NetScape Navigator, Ferramentas Internet.

Conhecimento: É necessário um conhecimento muito vasto em todos os softwares mencionados acima pois só assim terá desempenho máximo dos aplicativos mencionados acima e uma melhor interface gráfica de seu Site que hoje em dia é tudo.

Investimento: Nestes softwares e de médio para alto tendo em vista que os softwares em sua última versão esta custando em média de R$ 400,00 a R$ 1.100,00 cada um.

Captação de clientes

Anuncie em jornais, faça release para jornais, rádios e tvs. Na Internet utilize os banners: no Brasil procure a InterSites (http://www.intersites.com.br/) no mundo inteiro procure o Internet Link Exchange (http://www.linkexchange.com/). Também adicione seu endereço nos principais mecanismo de procura e pesquisa: Cadê? (http://www.cade.com.br/) Achei!( Yahoo! (http://www.yahoo.com.br ) entre muitos outros.

DICA: Aqui vão algumas literaturas que vão clarear a sua mente em relação a este trabalho, HTML para Word Wide Web guia rápido visual, HTML simples e rápido, Java for C/C++ Programmers, Java handbook, Web Site Construction kit forWin.

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Minnistério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário,

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Categorias
Ideias de negócios

Como montar uma empresa organização de casamentos

Como abrir ou montar uma empresa de serviços de casamento, de sucesso, sem cometer erros, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Serviços de casamento

Introdução

Que falida, que nada. A instituição do casamento pode não ser a mesma de antigamente, mas nunca esteve tão sólida – e rentável. Dados oficiais dão conta da realização de um milhão de matrimônios por ano no Brasil – isso sem contar as uniões sem papel passado. Empresários do setor estimam que a indústria do casamento movimente, por baixo, algo em torno dos R$ 5 bilhões por ano. Considerando que cerca de metade dos produtos e serviços que compõem esse mercado são informais, o movimento pode atingir a casa dos R$ 7 bilhões fácil, fácil.

O bom da história? Micro e pequenas empresas atendem entre 80% e 90% dessa indústria. As oportunidades de negócios são vastas e variadas. Vão desde os preparativos dos noivos para encarar a hora do sim, passam pela cerimônia em si e se estendem lua-de-mel afora. Nos últimos anos a  maioria dos negócios relacionados a casamento floresceu. Constata-se que o casamento, para que se dedica a montagem do “cenário”, pode virar uma cerimônia dos lucros. Das flores à decoração, dos convites aos serviço de bufê, os casamentos são um grande filão para pequenas empresas.

Oportunidades

As oportunidades mais férteis estão nas cerimônias e festas, que concentram 80% dessa indústria. Aí entram flores, decoração, convites, serviços de caligrafia, fotografia e filmagem, músicos, bufês, vestuários. Até mesmo serviços de entrega, estacionamento, segurança e aluguel de carros encontram nas festas nupciais uma boa fonte de lucros. Quase todos os negócios voltados à cerimônia de casamento podem ser tocados por pequenos empresários. A única exceção talvez seja o aluguel de carros de luxo, que exige capital inicial maior. Em quase todos os outros ramos, o custo inicial não é alto e requer conhecimentos que podem ser adquiridos em cursos rápidos. Basta ter afinidade com a atividade escolhida e bom gosto.
Lembre-se de que esse mercado é regional. Verifique os produtos com maior demanda e os que estão em falta na sua cidade.

Estoques

Como casamentos nunca são decididos de um dia para outro, há a vantagem de o trabalho ser feito quase sempre sem estoques. O que não pode faltar são bons fornecedores e excelente organização.

Grifes

Para alívio de quem está começando, 80% dos produtos e serviços do setor não dependem de uma marca forte. Isso porque – exceções feitas ao bufê e ao vestido da noiva – nem mesmo os clientes mais abonados escolhem pela grife as empresas que vão animar e dar suporte à festa.

Opção

Considere a possibilidade de substituir a venda pelo aluguel. Praticidade é a palavra de ordem para quem vai se casar.

Propaganda

A melhor arma publicitária ainda é a informação boca a boca. A influência dessa mídia verbal é tão forte que, longe dela, até o mais saudável empreendimento pode se desmantelar. Anuncie ainda em sites e revistas especializadas. Até a cerimônia, essa é praticamente a única leitura dos noivos.

Concorrência

Pesquise-a, analise os pontos fortes e os fracos, para poder reproduzi-los ou evitá-los.

Localização

Procure instalar seu negócio num local de fácil acesso e com estacionamento.

Instalações

Capriche na decoração da empresa e no atendimento personalizado. A boa acolhida num local agradável faz parte do sonho que os noivos estão comprando.

Atendimento

Aja com diplomacia. É preciso sensibilidade para administrar emoções às vésperas do casamento.

Horários

Seja flexível nos horários de atendimento e nas condições de pagamento. Hoje são os noivos, e não os pais, quem pagam a conta.

Preços

Flexibilidade nos preços e prazos de pagamento é outro ponto fundamental para o negócio. Em média, o gasto com uma cerimônia nupcial é de R$ 25 mil – montante salgado, principalmente para noivas modernas, que geralmente estudam, trabalham e arcam elas próprias com as despesas do casamento.

Sites afins

Buffet Master: http://www.buffeteventoperfeitomaster.com.br
Lembrancinha de Casamento: http://www.enoivinhas.com.br
Espaço para Casamento: http://www.palaciodoscedros.com.br
Tudo para sua Festa‎: http://www.magazine155.com.br
Lembrancinha de  Casamento‎:
Decoração para Casamentos‎: http://www.brincandocomflores.com.br

 

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Artigos relacionados: Assessoria de casamento, Casamento blindado, Casamento blog, Casamento significado, Casamento texto, Como abrir uma empresa de organização de casamentos, Como montar empresa de negócios do casamento, Como montar um serviço de aluguel de trajes para casamento, Como montar uma empresa de decoração de casamentos , Como montar uma empresa organização de casamentos, Como organizar a entrada de um casamento, Como organizar um casamento barato, Como organizar um casamento civil, Como organizar um casamento com pouco dinheiro, Como organizar um casamento em 3 meses, Como organizar um casamento evangelico, Como organizar um casamento passo a passo, Como organizar um casamento simples e barato, Empreendedores inovam em serviços para casamentos, Empresas oferecem serviços inovadores para casamentos, Frases casamento, Guia de serviços e empresas de casamento, Guia de serviços para casamento, Inesquecivel casamento, Inspirações reais para o seu casamento, Licença casamento, Mensagem casamento, Os serviços para o seu casamento .

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Categorias
Ideias de negócios

Como montar empresa de aluguel de roupas para casamento

Abrir, montar uma loja de aluguel de trajes para casamentos de sucesso, sem cometer erros. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais..

Trajes para casamentos

Mercado

Apesar da evolução dos tempos e da aparente desvalorização dos rituais ancestrais, o casamento – aquela cerimônia em que os noivos adentram à igreja vestidos à caráter – ainda está em alta. As moças, em sua grande maioria, ainda preferem usar vestidos típicos, e os noivos valorizam os trajes sóbrios e comportados. Por isso, quem quer montar uma empresa direcionada a esse filão não pode deixar de acompanhar as tendências da moda. As noivas não descartaram a tradição, mas mantém-se atualizadas com os estilos modernos com um pequeno apelo bucólico. Lojas de vestidos e acessórios para noivas, geralmente, ficam próximas umas das outras, principalmente em grandes centros.

Por isso, aconselha-se ao lojista, antes de mais nada, atender ao gosto das clientes. Variedade não é ter uma vitrine congestionada de modelos, mas contar com uma figurinista capas de desenhar peças exclusivas e recomendar a roupa ideal às pessoas indecisas. Uma grande quantidade de fotos e croquis de revistas especializadas é o ideal para acender a inspiração dessas clientes. Desenhos próprios também costumam ser valorizados. Para os que buscam um modelo de última hora é bom contar com costureiras capazes de ajustá-los rapidamente.

Valores cobrados

Esse negócio não precisa viver unicamente da venda de trajes, mas também do seu aluguel. Um vestido de noiva novo, conforme o tipo e a quantidade de materiais empregados em sua confecção, o tempo gasto e, logicamente, a assinatura da estilista, pode vir a custar cerca de R$ 5.000,00.  Já um vestido pronto, de vitrine, custa, em média, R$ 2.300,00. Mas esse valor tende a cair muito quando o mesmo vestido é produzido para o aluguel. A primeira locação costuma custar cerca de R$1.000,00. Esse preço cai cerca de um quarto do valor inicial a partir da segunda locação. Nesse ritmo a quarta locação pode custar trinta por cento do valor da primeira. É importante frisar que isso vai variar muito de um vestido para outro.

Quem saberá o quanto abater no valor de cada aluguel sucessivo é o proprietário da empresa, que achará esses valores com base em cálculos de depreciação do material, índices de procura daquele modelo, etc. Mas, é imprescindível oferecer um material de qualidade inquestionável, pois os vestidos devem resistir ao uso que, apesar de ser em um único dia, costuma ser o suficiente para voltar à loja com pequenos rasgos, costuras desfiadas, ausência de detalhes, etc. E, além disso, após cada reforma que o vestido sofrer, deve ser lavado à seco, para que seja mantida a aparência impecável, necessária à finalidade do mesmo.

Cada vez que o vestido for disponibilizado para aluguel, deve se alertar a noiva acerca da quantidade de vezes que o mesmo já foi utilizado. Isso garante a confiabilidade nos produtos oferecidos e na empresa, uma vez que deixa a cliente à par da “idade” do material a ela disponibilizado, além de estimulá-la, em muitos casos, a optar por outro mais novo, ou mais exclusivo. Mas a intenção principal é evitar um constrangimento pelo qual poderá passar a cliente, se a mesma descobrir por outros meios, que a peça principal do seu “sonho” já não era novidade para muitos.

Diversificando o negócio

É comum as lojas oferecerem, também, vestidos para damas de honra, pagens, madrinhas e formandas, além de trajes para os noivos. Para esses últimos, a grande preferência recai sobre os tons neutros como branco, cinza e preto. Mas muitos gostam de trajes que formem “um par” com o da noiva. Para isso, a loja deve disponibilizar catálogos que tenham fotos ou modelos de trajes masculinos, com uma referência ao estilo do vestido que a noiva escolheu, mas sem mostrar esse último, para não ferir a tradição de que o noivo só deve ver a noiva no altar…

A disponibilização de arranjos também pode ser estudada. Entretanto, se optar-se pela locação desse material, a empresa deve contar com um bom ateliê para as restaurações, pois costumam ser muito danificados. Esse mercado em especial, é recente e possibilita um incremento na receita da ordem de R$10.000,00 mensais. Uma estratégia que tem dado resultado para a locação de arranjos, véus e grinaldas, é a divulgação do serviço junto a estilistas.

Divulgação

Anunciar em revistas especializadas pode ser um excelente diferencial, mas o que realmente indicará o sucesso da empresa é a divulgação local. Anúncios em jornais, folders, panfletos, etc. podem ser um bom começo. A propaganda boca a boca fala alto nesse ramo.

Investimentos em equipamentos e instalações

Uma máquina de costura de overloque e outra industrial. Exige, ainda, telefone, computador, escritório para uma pessoa e ponto comercial de cerca de 50 m².

Sites afins

Crianças Meninos Ternos e Smoking: http://www.aliexpress.com
Aluguel de Roupas: http://www.tuttisposa.com.br
Roupas e acessórios para a noite: http://www.amaro.com/must-have/festas‎

 

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Artigos relacionados: trajes para casamentos diurnos, trajes para casamentos masculinos, trajes para casamentos a noite, trajes para casamentos para convidados, vestidos para madrinhas casamentos, vestidos curtos para casamento, vestidos de festa para casamento, roupa para casamento.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Categorias
Ideias de negócios

Agência de casamento – Monte a sua!

Como montar uma agência de Casamento lucrativa gastando pouco e sem cometer erros. Ganhe muito dinheiro com matrimônio, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, captação de cliente, financiamento, mão de obra especializada, atendimento e muito mais…

FICHA TÉCNICA
Setor: Serviço
Tipo de Negócio: Serviços de Intermediação Sentimental
Grau de Risco: Médio.

Agência de Casamento

Usando um “cupido” cibernético, o computador, está unindo corações apaixonados, em enlaces matrimoniais arranjados pelas máquinas. São as Agências de Casamento. Essas empresas utilizam a informática e as teorias da psicologia para aproximar pessoas que têm “estilo” de vida, traço de caráter, ou no mínimo, preferências que se completam, se atraem ou combinam.

Mercado

A restrição dos contatos sociais quase que exclusivamente aos proporcionados pelo ambiente de trabalho tem aberto um mercado promissor para as agências matrimoniais. Essas agências procuram preencher “brechas” deixadas no lado pessoal e afetivo. É neste nicho que a Agência de Casamento atua, identificando e aproximando pessoas com interesses semelhantes. O que mais impressiona é a quantidade crescente de brasileiros que recorrem aos serviços de cupidos profissionais.

O mercado de encontros marcados cresce, em média 20%, sobretudo graças ao aumento da clientela na flor da idade. Um reflexo evidente desses tempos de prosperidade é a tendência de serviços especializados, uma forma de se diferenciar da concorrência. Na prática, significa organizar seus catálogos segundo certas características profissionais, raciais ou por faixa etária.

Com a chegada da internet e suas salas de bate-papo virtual e mensagens eletrônicas circulando de um lado para outro em questão de segundos, houve quem apostasse na decadência das agências matrimoniais. Que nada. Na rede, é muito fácil mentir, mandar fotografias falsas, inventar uma personalidade.

Ainda que a história dos bate-papos eletrônicos esteja cheia de relatos de namoros bem sucedidos, a internet não é um meio seguro para dar início a um romance, a não ser que sejam monitorados por agências que já ofereçam essa ferramenta. Caso contrário, como saber se o computador não está sendo usado como aditivo para um relacionamento que já existe na vida real? É a história daquele marido que usa a paquera virtual para liberar as fantasias e apimentar a vida sexual com a mulher que tem ao seu lado – quem sabe escolhida em uma agência de casamento.

Agência Virtual

Geralmente, numa agência virtual todos os passos (exceto o encontro) são totalmente informatizados. Um sistema eficiente faz a organização, a checagem parcial dos dados, o cliente entra na galeria e faz a sua escolha on-line através do banco de dados. A partir daí é feita a opção, a mensagem é enviada para uma central e encaminhada para a pessoa desejada. Depois disso os clientes tomam a frente da situação.

Com os negócios em expansão, as agências aperfeiçoaram a procura da alma gêmea de seus clientes. Os donos das empresas garantem que os encontros armados não são nada aleatórios. Até chegar ao candidato a namorado, há um longo trabalho de bastidores encabeçado por psicólogos. Eles conduzem as entrevistas e o preenchimento de formulários, nos quais ficam registradas as preferências do cliente sobre os mais diversos temas. De religião e política a expectativas para o futuro e conceitos de beleza. Depois, as agências mais sérias fazem a checagem das informações pessoais em cartórios e até na polícia, para não haver surpresas. Tudo para corresponder à compatibilidade idealizada pelos clientes.

Propaganda

O investimento em algum veículo da mídia é considerado um dos itens de custo mais elevado, mas em função do retorno proporcionado e tendo em vista que é uma das poucas formas do cliente identificar o serviço, torna-se um investimento essencial. A propaganda deverá ser veiculada (na TV, rádios FM, jornais ou Internet) em chamadas direcionadas, criativas e discretas.

Perfil do cliente

Foi-se o tempo em que recorrer a uma agência de casamento era sinônimo de desespero de solteirões e solteironas mais velhos, desprovidos de atrativos físicos e solitários. Hoje, três em cada dez clientes das maiores empresas casamenteiras estão no vigor dos 20 anos. Os outros sete têm entre 30 e 45 anos. Pessoas mais velhas viraram raridade nas listas de candidatos desse negócio que começou no Brasil há mais de meio século. O freguês típico atualmente tem boa formação escolar, razoável círculo de amizades e situação financeira estável. Dentre as pessoas que procuram por uma agência de Casamento, 90% têm nível universitário, 60% são mulheres, 70% têm entre 30 e 45 anos e 70% voltam a encontrar-se pela segunda vez.

O cliente na visão do psicólogo

Por que alguém procura um casamenteiro profissional? A maioria alega falta de tempo ou medo de se arriscar com pessoas totalmente desconhecidas. Quem chega à agência é movido pela esperança de encontrar seu príncipe encantado – ou sua princesa – e ser feliz para sempre. É como se acreditasse nas fadas madrinhas dos contos infantis. “Essa necessidade de garantir total compatibilidade com o parceiro indica que são pessoas com carência profunda e um medo absurdo do desconhecido”, avalia a psicóloga Lidia Weber, professora da Universidade Federal do Paraná. “Os jovens estão bastante inseguros. Por um lado está mais fácil se relacionar, ‘ficar’, como dizem. Por outro, é tudo muito rápido e descartável.” O risco em apostar que terceiros possam cumprir a missão de encontrar a cara-metade é perder uma parte saborosa do namoro – justamente aquela fase inicial da paixão, na qual cada descoberta sobre as preferências do outro é motivo de encantamento. “São esses momentos que dão fôlego às lembranças do casal”, acredita Lidia Weber. A clientela das agências prefere ser racional na hora de abrir o coração.

Vantagem para o cliente

Na agência, há o inconveniente do parceiro ser selecionado por outros, mas a união tem muito mais chance de dar certo, porque, de fato, sabe-se que há, realmente, algo em comum.

Equipamentos

Operacionalizar um empreendimento desta natureza vai requerer basicamente, a aquisição de:

  • equipamentos básicos para um estúdio fotográfico;
  • mesas, cadeiras e sofás;
  • equipamentos para escritório: arquivo de aço, fichário, além de telefone, fax, computador (com um programa voltado para o processamento das informações conforme a linha da empresa);
  • instalações para recepção dos clientes e escritório para duas pessoas.

Pessoal

São necessárias, no mínimo, três pessoas. O dono, um atendente e um psicólogo.

  • Atendente – que se responsabilizará pelo atendimento das ligações telefônicas,recepção dos clientes, preenchimento das fichas, encaminhamento à entrevista; é indispensável a discrição do atendente;
  • Psicólogo  – que coletará, através de entrevista, e avaliará dados relativos às características de personalidade do entrevistado.
    Uma alternativa (obviamente com menor garantia de fidelidade de interpretação das informações coletadas) à contratação do psicólogo é a utilização da fórmula em que o proprietário – que deverá ter grande habilidade na identificação das informações relevantes e na forma ideal de cruzamento dos dados dos interessados – da Agência de Casamento exerce este tipo de função, e enfim, consegue formar pares com o maior número de características semelhantes.

O Serviço

Os serviços disponibilizados por uma Agência de Casamento exigem determinadas informações que podem ser coletadas, preferencialmente, a partir da seguinte ordem:

  • Primeiro contato – o cliente interessado entra em contato com a empresa, pessoalmente ou por telefone. Nesta etapa, o atendente explica detalhadamente os serviços prestados pela empresa (para criar um vínculo com os clientes, evita-se passar informações por telefone). Concorda com os termos do contrato de serviços (o ideal é procurar a orientação de um profissional para elaborá-lo), faz-se o seu cadastro na agência, e uma entrevista mais detalhada, com preenchimento de um questionário onde são abordadas normalmente questões que envolvem características físicas e íntimas, dados pessoais e profissionais do candidato e do pretendente desejável (veja modelo de questionário no anexo);
  • Preenchimento Da Ficha Cadastral – é quando o profissional da agência buscará o máximo de detalhes possíveis acerca da vida pessoal dos clientes e de seu caráter. Tudo servirá como base para o cruzamento das informações utilizadas na formação dos prováveis “pares” e o objetivo é encontrar parceiros com maior número de dados coincidentes. Uma fotografia (obrigatoriamente padronizada) deverá ser feita a fim de compor a ficha do candidato;
  • Cruzamento De Informações – Esta etapa demanda um prazo para que as informações sejam cruzadas com as de outras fichas ou que o sistema disponibilize as combinações desejadas a fim de que o par virtualmente ideal seja encontrado. Esse prazo variará de algumas horas (no caso da empresa ser informatizada, até vários dias – se não houver essa facilidade -, e conforme o número de clientes cadastrados). Neste momento, mostram-se as fotos dos escolhidos;
  • Aprovação – A par das “semelhanças” o interessado pode optar por conhecer candidatos que identificar como mais adequados ao perfil traçado por ele;
  • Encontro – Em seguida, esse parceiro em potencial é informado da intenção do cliente em conhecê-la e comparece à agência para aprovar ou não a indicação. Caso haja interesse, a agência disponibiliza os telefones de contato de ambos. Está executado o trabalho da agência, e daí para frente é com os dois;
  • Conclusão – Se o encontro der certo, os clientes podem solicitar a retirada dos seus nomes do cadastro da empresa, ou não. Nesse último caso deverão continuar pagando as mensalidades cobradas.

Cuidados

É importante ainda que o empreendedor esteja atento a algumas características essenciais para quem se envolve num empreendimento desta categoria.

  • Discrição – Investimento imprescindível a este tipo de negócio, significa que a equipe integrante da empresa não deverá divulgar, sob hipótese alguma, informações confidenciais de clientes. Esta é uma característica que desenha o diferencial de uma empresa de sucesso;
  • Tato – A liberdade para utilizar ou não o serviço deve ser total. Forçar o cliente a aderir ao serviço com um batalhão de argumentos pode constrangê-lo e até afastá-lo. Deve-se ter em conta que os usuários desse tipo de serviço podem ter problemas em manter um relacionamento afetivo com outra pessoa, e simplesmente por isso podem sentir-se mal sem motivos aparentes, ao procurar a agência. O tato para pressentir este comportamento, e evitar que ele ocorra, é uma característica fundamental das pessoas que trabalharão diretamente com o público-alvo.

Termo de adesão

Nesse contrato, estabelecido entre a agência e a pessoa interessada, estarão descritos todos os termos, desde a adesão ao serviço até a desistência ou a formação do par. Uma agência virtual proporciona para as pessoas livres a possibilidade de contatar outras pessoas do sexo oposto para fins de um sério relacionamento afetivo. De forma alguma este serviço se destina a encontros de natureza sexual. Para se cadastrar é necessário:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Não ser casado (a) ou manter qualquer tipo de relacionamento afetivo socialmente comprometedor;
  • Preencher o formulário confidencial de cadastramento e escolher a forma de pagamento da taxa de inscrição, que dá direito a análise de perfil afetivo e a participação do banco de dados pelo prazo de 6 meses;
  • Pagamento de taxa de inscrição que pode ser pago a vista ou em 3 vezes, em cheque, cartão de crédito, boleto bancário, doc e depósito ou cheque nominal;
  • Seriedade e respeito com o trabalho é fundamental, não serão aceitos no sistema atitudes, gestos ou atos que possam incomodar os participantes. Tratamento cordial e respeito é uma das nossas metas;
  • Qualquer reclamação sobre atos ou atitudes inadequadas ou que venha a incomodar os participantes dá direito a Agência de cancelar automaticamente a inscrição do participante, sem direito a devolução dos valores pagos e sob pena de medidas judiciais cabíveis. O mesmo se dará com relação ao fornecimento de dados falsos;
  • A agência não se responsabiliza pelos encontros entre os participantes, nem sobre as atitudes advindas dos mesmos, que quando optam por fazer parte da Agência aceitam as regras de forma ampla geral e irrestrita. Isso também se aplica às informações cadastrais uma vez que estando em um sistema virtual informatizado, a checagem dos dados fornecidos é limitado;
  • As seleções serão feitas sempre respeitando as condições do seu perfil e do perfil desejado, por exemplo se uma mulher de 30 anos deseja conhecer um homem de 20 anos, mesmo que o sistema possua vários homens de 20 anos, eles só serão identificados como possíveis parceiros caso também estejam buscando alguém de 30 anos;
  • A agência não se compromete a apresentar um número mínimo ou máximo de opções, uma vez que depende da compatibilidade de cliente para cliente;
  • A partir do contato inicial a Agência não interferirá mais. O casal poderá marcar novos contatos com o parceiro escolhido ou cancelar o encontro. É uma decisão que ficará a critério de ambos;
  • Além de escolher pessoas para contatar, você poderá também receber propostas de pessoas interessadas (os) em conhecê-la(o). Isso se você estiver disponível;
  • Através do nosso sistema você poderá manter contato com apenas uma pessoa de cada vez. Se o contato não foi satisfatório, você poderá cancelar o contato através do sistema para que o seu perfil esteja novamente liberado para fazer outras seleções e receber novas mensagens, até que encontre nova pessoa ou a validade de sua inscrição, que poderá ser renovada, esteja esgotada.

Legislação específica e empresas do ramo

Legislação específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretaria da Receita Federal;
– Registro na Secretaria da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar a sua Agência de Casamento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização), e também o Alvará de Funcionamento.

Empresas do ramo

Happy End Internacional®: http://happyend.com.br

GoldenYears Agência de Relacionamentos: http://www.goldenyears.com.br

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Minnistério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário,

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.