Categorias
Ideias de negócios

Como montar uma Cafeteria gastando pouco

Saiba como montar um Cafeteria lucrativa gastando pouco e sem cometer erros. Ganhe muito dinheiro café expresso, comércio de cafés, bolos, salgados, sucos, etc. Aprenda tudo: investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais…

Café, cafeteria ou cafetaria

FICHA TÉCNICA
Setor: Comércio
Tipo de Negócio: Cafeteria, café expresso, comércio de cafés, bolos, salgados, sucos, etc.

Apresentação

Um café, cafeteria ou cafetaria é um estabelecimento que partilha certas características com os bares e com os restaurantes. Como o nome indica, os cafés dedicam-se a servir café, chá e outras bebidas, bem como refeições ligeiras. Em termos de comida, as escolhas podem ir da pastelaria aos sanduíches e aos pratos combinados.

As cafeterias são em geral instaladas dentro de livrarias ou hipermercados. A degustação dos vários tipos de blend´s bem como a experiência do (a) barista tornam a experiência uma verdadeira arte, não menos importante do que a apreciação dos vinhos, queijos ou azeites. O Brasil caminha para ser, em breve, o maior consumidor de café do mundo. Mas degustá-lo em uma cafeteria ainda é um hábito não muito “abrasileirado”. Muitas cidades de pequeno e até de médio porte fora do eixo sul-sudeste, nem sequer possuem cafeterias.

Cafeteria, cafe cafetariaO café expresso é um café resultante da combinação dos mais intensos aromas e sabores, na sua preparação utiliza-se grãos frescos, moídos adequadamente e comprimidos de forma correta onde a água passa sob pressão.

Histórico

A primeira máquina de café expresso foi inventada em meados do século XIX na França e foi exibida na exposição de Paris em 1855. Este equipamento foi adaptado pelos italianos , que os aprimoraram.Após a Segunda Guerra , Giovanni Gaggia inventou o modelo onde a água passa pelo café com pressão obtida através de uma bomba de pistão acionado pela força das mãos. Posteriormente foram introduzidas as bombas hidráulicas.

Atualmente o processo pode ser totalmente automatizado e inclui haste para aquecimento de leite a vapor e saída para água quente, além de uma série de cafeteiras expressas de uso doméstico. Em todas elas o efeito é o mesmo: água quente é forçada a passar rapidamente sob pressão pelo café moído e diretamente para a xícara, havendo a máxima extração de sabor e aroma com maior concentração da bebida , mas impedindo a extração de componentes indesejáveis.

Localização

Um café, cafeteria ou cafetaria ou qualquer outro estabelecimento que comercialize cafés deve estar localizado em ruas com grande movimento de pedestres. Algumas sugestões de pontos são quiosques em centros comerciais ou pequenas lojas em corredores comerciais, galerias, centros de convenções, empresas, etc. Além disso, é bom lembrar que uma loja atraente sempre conta pontos.

Estrutura

A estrutura básica deve contar uma área mínima de 12 m2, onde deverá ser acomodado todo os equipamentos.

Investimento

Irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento.

Equipamentos básicos

– Moedor de café;
– Máquina de café;
– Estufa fria;
– Estufa quente;
– Balcão refrigerado;
– Microondas e banquetas.
O iniciante pode alugar a máquina de café expresso em vez de comprá-la.

Pessoal

O número mínimo de pessoas trabalhando é de 3: o dono e 2 atendentes.

Linha de produtos

O aumento da concorrência obriga o empreendedor a oferecer também salgados, sucos, doces, sorvetes e até mesmo pratos rápidos e lanches na hora do almoço.

O café

É imprescindível trabalhar com boas marcas de café e aprender o modo correto de prepará-lo, garantindo a qualidade do produto final.

A higiene

Ter higiene no preparo e no acondicionamento tanto do café como também das mercadorias, é fundamental.

Preparo do café expresso

  • Tirar o porta filtro do grupo (máquina);
  • Colocar o pó de café até encher o porta filtro (existem 2 tamanhos de porta filtro – um onde são colocadas 7 gramas de pó de café, e outro duplo onde são colocados 14 gramas, atualmente algumas máquinas chegam a ter filtro triplo);
  • Compactar o pó (A compactação ideal deve ser reta, para que o fluxo da água passe por igual pelo pó de café);
  • Limpar sempre a beirada do porta filtro antes de encaixá-lo para que não caia pó de café na xícara que vai ser servida;
  • Colocar o porta filtro no grupo e acionar a máquina;
  • Verificar se o café esta saindo no tempo certo (25 à 30 segundos) e se está cremoso;
  • Depois de cada preparação deve-se desprezar o café já usado.

Uma boa receita de café depende da qualidade deste.

Dicas para um bom café expresso

  • Se passar vapor pelo café torrado e moído, não o utilize mais, pois perderá todo o aroma alterando o sabor da bebida e resultando num gosto de queimado;
  • Não tente obter maior quantidade de xícaras por tamanho de filtro. Um bom café expresso deve ser servido em uma xícara de 50 ml;
  • Avaliar sempre o estado da máquina e fazer manutenção correta e permanente.

Cuidados no preparo do café expresso

Para se ter uma boa qualidade do produto final (café expresso), torna-se necessário alguns cuidados no seu preparo, principalmente com relação a água. São eles:

  • Evitar o uso de água da torneira devido ao excesso de cloro, o cloro da água pode alterar o sabor da bebida;
  • Usar preferencialmente água filtrada ou mineral;
  • Utilizar filtro na saída da rede de água que vai para a máquina. os melhores filtros de água são os que tem cerâmica, carvão ativado ou prata. Já que as impurezas da água ficam no interior da máquina (caldeira) ou na própria bebida, contaminando e alterando o sabor do café expresso.

Dicas de sucesso

É fundamental estar localizado em ruas com grande fluxo de pedestres, atender com rapidez e oferecer produtos de qualidade.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
– Registro no Sindicato Patronal;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

Algumas legislações que o futuro empreendedor deve ter conhecimento.
– LEI Nº 6.437/77 – Configura infrações à legislação sanitária federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências.
– DECRETO-LEI Nº 986/69 – Institui Normas Básicas sobre Alimentos.
– PORTARIA Nº 326/SUS/MS/97 – Aprova o Regulamento Técnico; “Condições Higiênicos-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos”.
Para maiores informações consultar o site da ANVISA.

Entidades

ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária: http://www.anvisa.gov.br/
ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café: http://www.abic.com.br/

 

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Minnistério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário,

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Categorias
Franquias

Como abrir uma franquia! Passo a Passo

Desejo de empreender, vontade de ter um negócio próprio, querer ser o próprio chefe ou realizar o sonho de deixar um legado para a família. Por esse e por outros motivos cada vez mais brasileiros estão apostando em franquias. Mas será que a franquia serve para todo mundo? Como abrir uma franquia? Descubra agora tudo o que você precisa saber sobre o segmento de franchising.

como abrir uma franquia

Números do setor

Antes de pensar em como abrir uma franquia, é preciso primeiro definir esse segmento. Franquia (também chamada pela sua versão em inglês, “franchising”) é um sistema no qual um empresário compra de uma empresa o direito de usar sua marca e seus produtos.

Além disso, o comprador recebe um treinamento para operar os equipamentos e para vender mais. Abrir uma franquia exige tempo e dinheiro, afinal é um investimento de longo prazo e que exige muita dedicação. Por isso é importante fazer uma pesquisa sobre como anda o mercado antes de pensar em como abrir uma franquia.

Confira alguns números do setor:

  • Crescimento de 8% ao ano, em média
  • Mais de 140 mil unidades franqueadas em todo o Brasil (e esse número cresce cerca de 4% ao ano)
  • Mais de 3 mil franqueadores no mercado
  • Mais de um milhão de pessoas trabalham em franquias
  • 5% das redes que atuam no Brasil são estrangeiras.

O Brasil é o 4º maior país do mundo em número de franqueadores, atrás apenas da China, Coreia do Sul e EUA. Já no ranking de unidades franqueadas, cai para a 6ª posição (somos ultrapassados pelo Japão e pelas Filipinas).

Distribuição por estado e região

Mais da metade das pessoas que descobriram como abrir uma franquia estão em São Paulo. Em segundo lugar, muito atrás, está o Rio de Janeiro (com 10% das franquias). Completa o ranking dos estados mais importantes o Paraná. Já os franqueadores estão quase totalmente concentrados na região Sudeste.

Mais de 40% dos municípios brasileiros contam com uma franquia. O mercado brasileiro é bastante profissional. Prova disso é que mais de 100 redes de franquias brasileiras atuam no exterior. Elas existem em cerca de 80 países.

Por outro lado, pouco mais de 3% dos franqueadores atuam fora do Brasil, o que mostra tanto a dificuldade de internacionalização do empresário brasileiro quanto uma oportunidade de crescimento ainda não explorada.

Os ramos de maior sucesso fora do País são moda, alimentação e o segmento “saúde, beleza e bem estar”. Por outro lado, “entretenimento e lazer” é o ramo menos explorado. O país que mais tem franquias brasileiras é o EUA, seguido de Paraguai e Portugal.

Um mercado que cresce 8% ao ano não pode ser jamais descartado. Por isso investir em franquia certamente é um bom negócio. Isso não significa, entretanto, que não haja riscos. Nos auge da crise financeira brasileira, por exemplo, cerca de 1% das franqueadoras fecharam as portas.

Conheça agora as vantagens e desvantagens de abrir uma franquia.

Vantagens de abrir uma franquia

Vantagens em abrir uma Franquia

  • Marca conhecida

O momento mais difícil de qualquer empreendimento é o primeiro ano de vida. Nessa etapa a empresa é pouco conhecida e tem de fazer maior esforço para sobreviver.

A franquia elimina esse obstáculo. Empresas franqueadoras costumam já ter uma marca bem estabelecida e um modelo de negócio eficiente. A inexperiência do empreendedor pode ser compensada pela experiência da franqueadora.

  • Maior chance de sucesso

O franqueado recebe orientação e treinamento do franqueador, uma marca consolidada e um modelo de negócio testado por anos. Tudo isso diminui as chances de insucesso.

  • Planejamento

Embora o franqueado precise fazer sua própria pesquisa de viabilidade financeira, ele já conta com a pesquisa feita pelo franqueador. As redes adotam metodologias para aprovar ou recusar um pedido de franquia. Se seu pedido foi aprovado, então é porque o negócio é viável.

  • Economia

Utilizando-se de economia de escala as franqueadoras obtém equipamentos com custos menores do que aquelas em vendas únicas. Além disso, os projetos arquitetônicos das lojas são similares, diminuindo custos com a construção do espaço.

  • Marketing

Ao adotar uma franquia o empresário não precisa se preocupar com ações de propaganda e marketing, que são realizadas pelas franqueadoras em todo o Brasil.

  • Pesquisa e desenvolvimento

A pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos é responsabilidade da franqueadora, que entrega ao mercado apenas aqueles itens com boa aceitação.

Desvantagem de abrir uma franquia

  • Pouca independência

Os franqueados não são donos da marca e precisam cumprir as determinações impostas pela franquia. Pode ser frustrante para quem deseja tomar todas as decisões sozinho. É como ser dono do próprio negócio mas funcionário ao mesmo tempo.

Como escolher a franquia certa

Franquia certa, saiba escolher

Antes de contratar uma franquia o empresário deve tomar alguns cuidados. Confira e saiba como abrir uma franquia ideal para você:

  • Custos

Existem franquias de todos os valores possíveis, desde aquelas que exigem investimentos de menos de R$ 25 mil até outras com investimentos de mais de um milhão de reais.

Assim, antes de contratar uma franquia analise quanto você pode pagar. Os custos envolvem itens como royalties (valor pago periodicamente em troca do retorno de uso da marca), taxa de propaganda, aluguel de espaço, força de trabalho, energia e muitas outras.

Pergunte à franqueadora em quanto tempo acontece o retorno do investimento, ou seja, em quanto tempo o dinheiro gasto irá retornar para o investidor.

Peça à franqueadora o plano de negócios e analise-o para ver se os dados são reais. Solicite ainda os dois últimos balanços financeiros da rede (já imaginou se você investe tanto e a franqueadora quebra?) e certidões negativas federal, estadual e municipal.

Converse com fornecedores e outros franqueados, para saber se existe problemas na relação. Use a internet também para avaliar a imagem da empresa.

  • Produtos

Ser dono do próprio negócio vai exigir de você uma dedicação muito maior do que quando você era funcionário. Para não correr o risco de gastar suas economias em algo que você odeie, escolha franquias que tenham a ver com sua personalidade.

Se você gosta de gastronomia, opte pelo ramo de alimentação, por exemplo. Mas, qualquer que seja a área escolhida, lembre-se: em todas elas você precisará atuar na parte administrativa do negócio.

  • Sistema

Esse é um dos itens mais importantes. Antes de fechar o negócio obtenha todas as informações possíveis sobre como funciona o sistema do franqueador.

Evite franquias com tempo mínimo de contrato menor que o tempo de retorno do investimento. Exija que você e sua equipe recebam treinamentos sobre tudo o que for relativo à operação da loja.

Cheque de que forma a franqueadora presta assistência ao franqueado em caso de urgências ou imprevistos.

  • Localização

A escolha do ponto pode definir se o seu negócio será um sucesso ou um fracasso. Por isso, peça para o franqueador fazer a análise da localização com você. Ele sabe melhor do que ninguém o que funciona ou não funciona para o produto a ser vendido.

Lojas de rua costumam ser mais baratas que lojas em shoppings centers. Escolha um local de grande circulação do seu público-alvo. Se você pretende vender produtos de alto valor, sua loja precisa estar em zona nobre. Se são produtos de baixo valor, opte por áreas de comércio de rua popular.

O problema das lojas de rua são a insegurança (que pode até mesmo afastar clientes), a concorrência (inclusive com ambulantes) e problemas com estacionamento.

De qualquer maneira, se possível opte por lojas de esquina. Elas têm mais visibilidade e, por isso, recebem mais clientes.

Caso opte pelo shopping, prepare-se para pagar altos valores pelo aluguel e pelo condomínio. Por outro lado, grandes shopping têm grande circulação de pessoas, segurança privada e são mais confortáveis que o comércio de rua.

Como abrir uma franquia

Com todas as informações em mãos, chegou a hora da contratação. O candidato a franqueado precisa passar por um “processo seletivo” antes de concluir a contratação da franquia. Confira o passo a passo:

  1. Preencher o cadastro no site da franqueadora
  2. Reunião de apresentação (pode acontecer na sede da franqueadora ou na cidade do franqueado)
  3. Test drive (o candidato passa alguns dias em uma das lojas da rede para conhecer o sistema de trabalho)
  4. Reunião final para fechamento do contrato.

Está pronto para ser dono do próprio negócio? Agora você já sabe como abrir uma franquia. Escolha a ideal para você e se torne um empresário de sucesso. Compartilhe esse artigo nas redes sociais e mostre que você já está se capacitando.

Categorias
Ideias de negócios

Café Expresso ou Cafeteria – Saiba como montar gastando pouco

Saiba como montar uma Cafeteria ou Café Expresso gastando pouco e sem cometer erros, ganhe muito dinheiro com comércio de cafés, bolos  salgados e sucos, aprenda tudo, investimento, localização, equipamentos, fornecedores, mercado, concorrência, riscos, legislação, mão de obra especializada, captação de cliente, financiamento, atendimento e muito mais.

Ficha Técnica
Setor: Comércio
Tipo de Negócio: Comércio de cafés, bolos, salgados, sucos, etc.

Café Expresso ou Cafeteria

O café expresso é um café resultante da combinação dos mais intensos aromas e sabores, na sua preparação utiliza-se grãos frescos, moídos adequadamente e comprimidos de forma correta onde a água passa sob pressão.

Histórico

A primeira máquina de café expresso foi inventada em meados do século XIX na França e foi exibida na exposição de Paris em 1855.

Este equipamento foi adaptado pelos italianos, que os aprimoraram. Após a Segunda Guerra, Giovanni Gaggia inventou o modelo onde a água passa pelo café com pressão obtida através de uma bomba de pistão acionado pela força das mãos. Posteriormente foram introduzidas as bombas hidráulicas.

Atualmente o processo pode ser totalmente automatizado e inclui haste para aquecimento de leite a vapor e saída para água quente, além de uma série de cafeteiras expressas de uso doméstico. Em todas elas o efeito é o mesmo: água quente é forçada a passar rapidamente sob pressão pelo café moído e diretamente para a xícara, havendo a máxima extração de sabor e aroma com maior concentração da bebida , mas impedindo a extração de componentes indesejáveis.

Localização

Um estabelecimento que comercialize cafés deve estar localizado em ruas com grande movimento de pedestres. Algumas sugestões de pontos são quiosques em centros comerciais ou pequenas lojas em corredores comerciais, galerias, centros de convenções, empresas, etc. Além disso, é bom lembrar que uma loja atraente sempre conta pontos.

Estrutura

A estrutura básica deve contar uma área mínima de 12 m2, onde deverá ser acomodado todo os equipamentos.

Equipamentos básicos

  • Moedor de café;
  • Máquina de café;
  • Estufa fria;- Estufa quente;
  • Balcão refrigerado;
  • Microondas e banquetas.

Nota: o iniciante pode alugar a máquina de café expresso em vez de comprá-la.

Pessoal

O número mínimo de pessoas trabalhando é de 4: o dono e 3 atendentes.

Linha de produtos

O aumento da concorrência obriga o empreendedor a oferecer também salgados, sucos, doces, sorvetes e até mesmo pratos rápidos e lanches na hora do almoço.

O café

É imprescindível trabalhar com boas marcas de café e aprender o modo correto de prepará-lo, garantindo a qualidade do produto final.

A higiene

Ter higiene no preparo e no acondicionamento tanto do café como também das mercadorias, é fundamental.

As etapas do preparo do café expresso

  • Tirar o porta filtro do grupo (máquina);
  • Colocar o pó de café até encher o porta filtro (existem 2 tamanhos de porta filtro – um onde são colocadas 7 gramas de pó de café, e outro duplo onde são colocados 14 gramas, atualmente algumas máquinas chegam a ter filtro triplo);
  • Compactar o pó (A compactação ideal deve ser reta, para que o fluxo da água passe por igual pelo pó de café);
  • Limpar sempre a beirada do porta filtro antes de encaixá-lo para que não caia pó de café na xícara que vai ser servida;
  • Colocar o porta filtro no grupo e acionar a máquina;- Verificar se o café esta saindo no tempo certo (25 à 30 segundos) e se está cremoso;
  • Depois de cada preparação deve-se desprezar o café já usado.

Uma boa receita de café depende da qualidade deste.

Dicas para um bom expresso

  • Se passar vapor pelo café torrado e moído, não o utilize mais, pois perderá todo o aroma alterando o sabor da bebida e resultando num gosto de queimado;
  • Não tente obter maior quantidade de xícaras por tamanho de filtro. Um bom café expresso deve ser servido em uma xícara de 50 ml;
  • Avaliar sempre o estado da máquina e fazer manutenção correta e permanente.

Cuidados no preparo

Para se ter uma boa qualidade do produto final (café expresso), torna-se necessário alguns cuidados no seu preparo, principalmente com relação a água. São eles:

  • Evitar o uso de água da torneira devido ao excesso de cloro, o cloro da água pode alterar o sabor da bebida;
  • Usar preferencialmente água filtrada ou mineral;
  • Utilizar filtro na saída da rede de água que vai para a máquina. os melhores filtros de água são os que tem cerâmica, carvão ativado ou prata. Já que as impurezas da água ficam no interior da máquina (caldeira) ou na própria bebida, contaminando e alterando o sabor do café expresso.

Dicas de sucesso

É fundamental estar localizado em ruas com grande fluxo de pedestres, atender com rapidez e oferecer produtos de qualidade.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
– Registro na Junta Comercial;
– Registro na Secretária da Receita Federal;
– Registro na Secretária da Fazenda;
– Registro na Prefeitura do Município;
– Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
– Registro no Sindicato Patronal;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

Algumas legislações que o futuro empreendedor deve ter conhecimento.
– LEI Nº 6.437/77 – Configura infrações à legislação sanitária federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências.
– DECRETO-LEI Nº 986/69 – Institui Normas Básicas sobre Alimentos.
– PORTARIA Nº 326/SUS/MS/97 – Aprova o Regulamento Técnico; “Condições Higiênicos-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos”.

Para maiores informações consultar o site da ANVISA.

Entidades

ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária: http://www.anvisa.gov.br
ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café: http://www.abic.com.br

Sites afins

Café expresso Nescafé: http://www.nescafe-dolcegusto.com.br
Locação Máquina de Café: http://www.praticca.com.br
Máquinas de Café Expresso: http://www.piercoffee.com.br
Máquina Café Espresso‎: http://www.lumaqcoffee.com.br
Maquinas de Café‎:
Aluguel Máquina de Café‎: http://www.smartcafe.com.br‎

 

Referências:
Sebrae – Serviços de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas – São Paulo, Datafolha – Instituto de Pesquisas Grupo Folha, IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, Wikipédia, Jornal Estadão, Jornal Folha de S.Paulo, Jornal O Globo, Revista Exame, Revista Veja, MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MMA – Ministério do Meio Ambiente, MME – Ministério de Minas e Energia, MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Copyright © Emprega Brasil – É proibido a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.