Connect with us

Negócios

Startup

Published

on

Startup

O Start-Up Brasil foi criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI),conta com gestão da Softex e é um Programa Nacional de Aceleração de Startups. Esse programa consiste em uma iniciativa do governo federal e tem como intuito auxiliar as empresas iniciantes que contam com embasamento tecnológico, ou seja, as startups.

Empresa Startup

O mundo dos negócios sempre foi marcado por grandes ideias inovadoras. O surgimento do automóvel no início do século XX, as revoluções na informática anos mais tarde, assim como outros eventos importantes.

Nesse mundo de várias ideias girando a roda da economia, as Startups representam uma das engrenagens mais importantes. Apesar do termo “startup” aparecer por aqui nos anos 90, esse termo ganhou força a partir dos anos 2000, em parte por causa do advento da internet, que possibilitou que inúmeras empresas startup pudessem decolar ao investirem em segmentos pouco ou nada explorados. Exemplo de empresa startup típica da nova era da informação é o Google.

O que é startup?

Outros exemplos são as empresas de sites de venda e compra online, entre outras com ideias inovadoras. Enfim, empresa startup é basicamente um time de pessoas que possuem um perfil empreendedor.

Por meio desse perfil de caráter empresarial, essas pessoas se empenham na busca de um modelo de negócios que tenha característica repetível, geralmente realizado em um ambiente sem grandes perspectivas de certeza. Ou seja, startup é um tipo de negócio marcado pela ousadia.

Para uma empresa startup engrenar, é necessário do auxílio de aceleradores e investidores para ela. Nesse caso, o programa Start-Up Brasil promove aceleradores para as startups.

Investidores para startup no Brasil

As startups que investem em iniciativas voltadas para o universo da tecnologia são as mais comuns. De uma forma geral elas contam com modelos de negócios inovadores e ousados, indo sempre atrás de investimento para assim terem a possibilidade de se expandirem de forma rápida e em um curto período de tempo.

As startups se tornaram alvo dos empreendedores ávidos por novidades e talentos no mercado principalmente entre as décadas de 80 e 90, quando jovens profissionais viram o potencial das novas tecnologias (especialmente as possibilidades da internet) e assim criaram novos modelos de negócio.

Os investidores para startup no Brasil podem encontrar, no mercado, várias startups com ideias inovadoras. É importante que tais startups recebam o investimento necessário para poderem decolar e, dessa forma, iniciarem o seu processo de funcionamento, angariando assim mais estímulo para crescer e expandir os seus negócios.

Startup – Investidor anjo

O Investidor Anjo é o investimento efetuado por pessoas físicas com seu capital próprio em empresas nascentes com alto potencial de crescimento (as startups). o investidor anjo tem por característica possuir uma participação minoritária no negócio e  Não tem posição executiva na empresa, mas apoiam o empreendedor atuando como um mentor/conselheiro.

Esse tipo de investidor almeja encontrar empresas ainda em seu nascedouro, muitas inclusive com a ideia apenas no papel. A partir de então, o Investidor Anjo injeta uma determinada quantia na startup e procura vender para empresas maiores.

De uma forma geral o investidor anjo é uma pessoa física que mora geograficamente próxima da startup auxiliada.

Além de investir dinheiro na startup, o Investidor Anjo também atua como um guia, auxiliando, com a sua experiência, as melhores maneiras para a startup conduzir o seu negócio.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Negócios

O impacto da  corrupção nos negócios

Published

on

By

Corrupção nos negócios

A corrupção gera um cenário de concorrência desleal e impacta toda uma cadeia.

Nos últimos anos muito se falou sobre corrupção, principalmente no meio politico. Grandes escândalos com impactos nacionais foram veiculados na mídia para que todo mundo tivesse ciência.

O que muitas vezes não fica claro, é que essa corrupção politica que temos acompanhado também afeta o mundo dos negócios e a vida do empreendedor brasileiro. Afinal, o que é essa tal corrupção?

Corrupção é o efeito ou ato de corromper alguém ou algo, com a finalidade de obter vantagens em relação aos outros por meios considerados ilegais ou ilícitos.

O empreendedorismo no mundo dos negócios tem como objetivo gerar emprego, renda, riqueza e transformação para a sociedade de uma maneira geral. Quando a corrupção se encontra com o mundo dos negócios | empreendedorismo essa conta se inverte, os benefícios que o negócio traria para a sociedade ao redor são extintos, pois a corrupção visa o unilateralismo, um pequeno grupo enriquecendo ou levando vantagem enquanto toda uma cadeia fica impactada negativamente.

A corrupção gera um cenário de concorrência desleal e impacta toda uma cadeia. A partir do momento que um membro do ecossistema empreendedor é corrompido, todos são impactados por essa ação. Corrupção é como se fosse um iceberg, vemos uma pequena parte exposta, porém não temos a visão do estrago que o todo pode fazer.

Pesquisa inédita do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas) mostra que 31% dos empreendedores entrevistados apontaram a corrupção como o principal obstáculo enfrentado em 2017, seguido pelo desemprego alto (25%) e pela taxa de juros elevada (17%). Para 52% dos donos de pequenos negócios, o ano de 2017  foi pior do que 2016¹.

Enquanto tivermos corrupção sendo praticada por nossos políticos (de todas as esferas), por empresários (como o caso da Carne Fraca e Lava-Jato demonstraram), pelo nosso Judiciário e mesmo pelo nosso povo em termos gerais (a velha história do “jeitinho brasileiro”), nunca seremos um país verdadeiramente de “ ORDEM E PROGRESSO”.

Com todo esse cenário atual, muito vem se falando sobre como combater a corrupção no mundo dos negócios. Nesse quesito o COMPLIACE está em evidência, sendo implantando pelas grandes corporações. Trata-se de ação interna da empresa voltada a garantir que o negócio se mantenha dentro das regras estabelecidas pelos órgãos reguladores.

Não há dúvidas que o desenvolvimento do país seria muito maior se tivéssemos menos corrupção, o Brasil é um pais de empreendedores criativos e inovadores. Penso que é necessário tornar a corrupção mais custosa para os seus praticantes, punindo com menos flexibilidades e regalias. Afinal, ninguém deveria estar acima da lei.

ALAN FARIAS COSTA Administrador, especialista em Comunicação e Marketing Empresarial, palestrante e membro do Conselho de Jovens Empreendedores de Sergipe (CJE-SE)

Continue Reading

Empreendedorismo

Negócios inovadores impõem desafios para tributação no Brasil

Published

on

By

Tributos sobre startups

Airbnb, Uber, Netflix, Spotify, dentre outros negócios inovadores – que começaram como Startups, entretanto hoje estão se consolidando com uma base de usuários exponencial – estão mudando a forma como as pessoas enxergam o mundo.

A economia compartilhada – onde oferta e demanda se equalizam resolvendo problemas básicos como mobilidade, estadia, entretenimento, estacionamento – não é mais paradigma e sim realidade. Segundo uma projeção da consultoria PwC feita em 2017, o setor deve movimentar mundialmente US$ 335 bilhões no ano de 2025.

A agressividade inovadora, na contramão, desperta a fúria das empresas e conglomerados econômicos consolidados nos mercados, a exemplo da hostilidade existente ainda hoje entre taxistas e motoristas de aplicativos.

A hostilidade também surge sob outro aspecto que parece em segundo plano, porém vem ganhando cada vez mais notoriedade na mídia: estes novos negócios terão a incidência de impostos? Se sim, quais? Na Europa e nos EUA o debate está muito adiantado e resvala principalmente nas sofisticadas operações utilizadas por essas empresas para reduzir o pagamento de impostos.

Manobras possíveis por causa da própria natureza destes negócios: grande parte do seu valor está em sua propriedade intelectual e os sistemas tributários em todo mundo ainda não estão preparados para lidar com isso. Desta forma, remessas de dinheiro que poderiam ser consideradas lucros, e sofrer taxação, são movimentadas como royalties sobre o uso de propriedade intelectual sem que sejam taxadas.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estima, em 2017, que 240 bilhões de dólares foram evitados em impostos todos os anos em operações como essas. O valor é quase metade de toda a arrecadação do Brasil em 2016. Apesar disto, seria impróprio dizer que estas empresas atuam na ilegalidade.

Pelo contrário, a engenhosidade e a arrojo são marcar registradas dos negócios inovadores e, infelizmente, os governos ao redor do globo são lentos e burocráticos, enquanto as Startups são ágeis e adaptáveis.

A intangibilidade destes negócios propõe uma releitura e um refino jurídico e interpretativo no qual os órgãos do Estado ainda não preparados, a começar que muitos sequer compreendem a natureza deles. Afinal, um serviço realizado na nuvem como definir onde recolher o ISS, por exemplo? Entre estas e outras dúvidas, surgem iniciativas a exemplo do Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 748/2015 que visa regulamentar o compartilhamento de imóveis residenciais por meio de sítios eletrônicos ou aplicativos, a exemplo do Airbnb.

Desde 23/02/2017 o projeto está com a relatoria e, enquanto isso, seguimos em meio a mudanças cada vez mais agressivas. Talvez, quando o PLS se tornar lei, a economia compartilha já tenha sido substituída por outra inovação. Afinal, como diz o bom e velho latim, tempus fugit.

THIAGO NORONHA Advogado. Sócio do Álvares Carvalho & Noronha – Advocacia Especializada (ACNLaw). Pós-Graduando em Direito Empresarial pela PUC/MG. Diretor Jurídico do Conselho de Jovens Empreendedores de Sergipe (CJE/ SE). Membro da Escola Superior de Advocacia (ESA/SE).

Continue Reading

Negócios

Sebrae

Published

on

By

Sebrae

Nesta luta pela independência profissional e financeira, especialmente para quem foi afetado pela crise econômica, perdeu o emprego e pretende abrir o próprio negócio, é preciso se dedicar ao planejamento correto. Durante esta jornada, uma das melhores fontes de informação é o SEBRAE.

O SEBRAE é o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Ele é  uma entidade privada que contribui para a promoção da competitividade e do desenvolvimento sustentável de pequenos e médios empreendimentos, onde se enquadram empreendimentos com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões.

O papel e a importância do SEBRAE

O papel e a importância do SEBRAE

No mercado há mais de 40 anos, suas ações se concentram no fortalecimento do empreendedorismo e em projetos que permitem a aceleração da formatização da encomia.

Suas ações são desenvolvidas muitas vezes com a ajuda de parcerias aliadas a setores públicos e privados, programas de facilitação do acesso ao crédito, projetos de incentivo à inovação, programas de capacitação, rodadas de negócios e estímulo o associativismo.

Todas estas soluções ofertadas pelo SEBRAE atendem tanto a empreendedores iniciantes quanto a pequenas e médias empresas que já estão em funcionamento e buscam reposicionamento no mercado ou aprimoramento do seu modelo de negócios.

Formação e cursos do Sebrae

Formação e cursos do Sebrae

Uma das formas de disponibilizar conhecimento e contribuir para o desenvolvimento de empreendedores e o sucesso de negócios é através dos programas de cursos do SEBRAE. A instituição possui um acervo gratuito e online para ajudar na formação de empresários de sucesso.

Há cursos e materiais didáticos direcionados para cada fase do desenvolvimento de negócios, que compreendem: Os cursos online (EAD); dicas para quem deseja se tornar um MEI (Micro empreendedor Individual); Serviços de consultorias para quem pretende alavancar um negócio já em desenvolvimento; dicas para a criação e planejamento de uma franquia, além de um apanhado geral de temas interessantes para pequenos negócios.

Os interessados em começar a experiência empreendedora, se tornando um empresário após o desemprego, podem começar a se especializar pelos cursos do SEBRAE começando por opções como:

  1. Aprender a empreender;
  2. Análise e Planejamento Financeiro;
  3. SEI Planejar;
  4. Kart 11 habilidades (vendas);
  5. Conquistar, encantar e surpreender clientes;
  6. Gestão da Qualidade: Visão Estratégica;
  7. Compras Governamentais.

Estas formações online estão disponíveis neste link e são uma ótima forma de começar planejando um negócio com segurança e eficiência, minimizando as chances de erro e de fracasso.

Dicas de links do portal SEBRAE

portal SEBRAE

Além da formação com os cursos à distância fornecidos pelo portal SEBRAE, também é possível acessar a diversos outros serviços dinâmicos e úteis como:

77 opções de cursos – Formações para auxiliar em todas as fases de desenvolvimento dos negócios, de forma rápida e prática, acessível pela internet.

Programa com 6 dicas educacionais – Material explicativo que auxilia desde a descoberta do perfil empreendedor, até a efetivação de planejamentos profissionais e consistentes sobre as principais dúvidas dos empreendedores iniciantes.

1 Minicurso – Material exclusivo, desenvolvido com uma relação de dicas importantes para aplicação no dia a dia do negócio. Este material oferece bons produtos e serviços, com o propósito de superar as expectativas dos clientes.

9 oficinas pelo celular – Oficinas didáticas e dinâmicas com dicas sobre os principais pontos de desenvolvimento de um negócio, que compreende pontos como o planejamento, estruturação de vendas, desenvolvimento de parcerias, controle financeiro, formação de preços, desenvolvimento de negócios, entre outros.

7 jogos dinâmicos ligados ao empreendedorismo – Um aprendizado em formato de jogos que auxilia empresários iniciantes ou já em atuação a aprimorar habilidades pessoais, profissionais, conhecimento sobre o cliente e realização de pesquisa de mercado.

Vídeos explicativos – Vídeos com dicas de especialistas para auxiliar na melhora da gestão financeira e no alcance do ponto de equilíbrio.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Destaques

Advertisement

Para Você

Negócios

Advertisement
Advertisement

Em Destaque

Copyright © Emprega Brasil. Todos os direitos reservados.