Categorias
Informática / ti Vagas de emprego

Vaga administrador de rede, Rio de Janeiro

Vaga administrador de rede para centro do Rio de Janeiro, RJ

Requisitos:
Formação superior completa em Sistemas de Informação, Engenharia da computação ou Gestão de TI.
Mínimo de 5 anos de experiência nas responsabilidades descritas.
Desejável pós-graduação ou especialização na área de governança de TI.

Conhecimentos necessários:
· Ambiente de Correio Eletrônico
· Ambiente de Servidores Windows e UNIX
· Redes de Dados Cisco
· Elaboração de RFP
· Processo de continuidade de negócio
· Modelos de licenciamento de software
· Modelos de outsourcing de TI
· Contratos de TI
· Segurança da informação
· Conhecimento da metodologia ITIL
· Cobit
· Inglês técnico

Atividades:

Planejamento de Infraestrutura Tecnológica e de Telecom; Administração de Projetos; Aquisição e Manutenção da Infraestrutura Tecnológica e de Telecom; Planejamento e Implementação das mudanças de TI e Telecom; Manutenção e Monitoramento da Capacidade e Desempenho; Negociação e mantenção dos contratos de TI.

Local de Trabalho: Centro – Rio de Janeiro – RJ

Faixa: R$ 5.500,00 a R$ 6.500,00

Benefícios: Vale Transporte + Assistência Médica e Odontológica + Vale Refeição (24,00) + Vale Alimentação (415,00) + Auxílio Creche + Auxílio Babá + Previdência Privada + Seguro de Vida + Vale Cultura.

Divulgue seu currículo no Emprega Brasil para Milhões de Empresas

Divulgar Currículo

1º Lugar no google “Currículo de Gerente de suporte de ti” nos resultados orgânicos, clique e confira.

 

 


 

Administrador de redeAdministrador de rede, atribuições ao cargo

 

É o profissional responsável pela administração da infra-estrutura de rede de uma corporação, capaz de gerenciar os ativos de rede, monitorar, prever incidentes, tomando ações de maneira que a comunicação fim a fim seja sempre possível.

O Perfil deste profissional deve possuir curso técnico ou superior em Redes de Computadores, Ciência da Computação ou equivalente, e/ou ser uma pessoa com grande experiência na área de informática.

O Administrador de Rede tem como atribuição principal o gerenciamento da rede local, bem como dos recursos computacionais relacionados direta ou indiretamente. Instalação, configuração e manutenção dos sistemas operacionais e de serviços de infra-estrutura de TI.

No aspecto pessoal, o profissional deve ser dinâmico e ter interesse em buscar alternativas técnicas e gerenciais através da dedicação. Deve ser confiável, prestativo e possuir facilidade de comunicação com seus usuários, além de funcionar como mediador com o Departamento de Informática(DIN) nas questões técnicas e administrativas da rede local.É quase obrigatório também, devido as mudanças e os avanços que a tecnologia sofre em curto espaço de tempo, que o profissional da área de informática, se mantenha sempre atualizado, seja por meio do uso de novas tecnologias e, ou, freqüentando salas de cursos e treinamentos, e até mesmo cursando uma Pós-Graduação, que por sinal, é muito bem vista nessa área.

Pesquisa das soluções de tecnologia existentes no mercado;

Suporte à área de desenvolvimento de aplicações;

Suporte de último nível para as equipes de apoio aos usuários;

Configuração e manutenção da segurança de rede.

Instalação e ampliação da rede local;

Acompanhar o processo de compra do material necessário para manutenção da rede local junto com o SAT (Setor de Assistência Técnica), orientando o processo de compra e mantendo contato com os fornecedores de equipamentos e materiais de informática;

Instalar e configurar a máquina gateway da rede local seguindo as orientações “Normas de Utilização do DIN”;

Orientar e/ou auxiliar os administradores das sub-redes na instalação/ampliação da sub-rede; manter em funcionamento a rede local do DIN, disponibilizando e otimizando os recursos computacionais disponíveis;

Executar serviços nas máquinas principais da rede local, tais como: gerenciamento de discos, fitas e backup’s, parametrização dos sistemas, atualização de versões dos sistemas operacionais e aplicativos, aplicação de correções e patches ;

Realizar abertura, controle e fechamento de contas nas máquinas principais do domínio local, conforme normas estabelecidas pelo DIN;

Controlar e acompanhar a performance da rede local e sub-redes bem como dos equipamentos e sistemas operacionais instalados;

Propor a atualização dos recursos de software e hardware aos seus superiores;

Manter atualizado os dados relativos ao DNS das máquinas da rede local;

Divulgar informações de forma simples e clara sobre assuntos que afetem os usuários locais, tais como mudança de serviços da rede, novas versões de software, etc.;

Manter-se atualizado tecnicamente através de estudos, participação em cursos e treinamentos, listas de discussão, etc.;

Garantir a integridade e confidenciabilidade das informações sob seu gerenciamento e verificar ocorrências de infrações e/ou segurança;

Comunicar ao DIN qualquer ocorrência de segurança na rede local que possa afetar a rede local e/ou Internet;

Promover a utilização de conexão segura entre os usuários do seu domínio.

Tendo como foco principal os serviços de Rede e equipamentos a qual a ele compete.

Colocar em pratica a política de segurança de redes, além de desenvolvê-la.

É o profissional responsável pela administração da infra-estrutura de rede de uma corporação, capaz de gerenciar os ativos de rede, monitorar, prever incidentes, tomando ações de maneira que a comunicação fim a fim seja sempre possível.

2 – Qual a interação de um Administrador de Redes e Analista de Segurança? Ou é a mesma coisa?

Dependendo da corporação, o Administrador ou Analista de Redes desempenha a função de Analista de Segurança da Informação, mas nem sempre são a mesma pessoa. Quando na empresa há um Adm. de Redes e um Analista de Segurança, a iteração entre eles é constante, visto que há falhas de de segurança em todos os segmentos, seja em Redes ou Sistemas.

3 – Quais as principais atividades?

Como já mencionado anteriormente, as principais atividades são o gerenciamento e monitoramento da infra-estrutura de redes de uma empresa.

4 – Quais as certificações necessárias?

Hoje, há várias certificações na área de redes. As principais exigidas pelo mercado são as certificações Cisco(CCNA, CCDA, CCNP, CCDP e CCIE) para quem vai atuar na área de infra-estrutura de redes a nível de roteadores e switches. Para quem vai atuar na área de projetos e implantação de cabeamentos estruturado temos as certificações da Furukawa(FCP Fundamental e FCP Master).

Há casos onde se confundem o Administrador de Redes com Administrador de Sistemas, que é o profissional responsável pela administração de servidores de uma empresa. Este, deve ter as certificações a nível de sistema operacionais(LPIC-1, LPIC-2, UCP, MCP, MCSA, MCSE).

5 – Como está o mercado de trabalho atualmente?

O mercado de trabalho está escasso de profissionais qualificados, hoje para achar um profissional com as qualificações necessárias para uma determinada função está muito difícil. Há muitas vagas e poucos profissionais qualificados. Esses períodos podem ser encurtados com as certificações necessárias para a área de atuação.

6 – Qual a faixa salarial?

Administrador de Rede Junior(Até 4 anos de experiência): R$2.000 a R$3.000

Administrador de Rede Pleno(4 a 8 anos de experiência): R$3.000 a R$4.000

Administrador de Rede Sênior(mais de 8 anos de experiência): Acima de R$4.000,00.

 


 

Orgão de apoio ao trabalhador

Ministério do Trabalho e Emprego –

MTE – Serviços e informações do Ministério do Trabalho ao publico.

Secretaria do Trabalho e do

Empreendedorismo

CAT SP – Centro de Apoio ao trabalhador – O CAT é uma rede de unidades direcionada ao

atendimento dos cidadãos que buscam inserção no mercado de trabalho

Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) – É uma rede de atendimento do Governo de São Paulo,

coordenada pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que concentra serviços gratuitos à população em

todas as regiões do Estado.

Categorias
Informática / ti Vagas de emprego

3 vagas auxiliar administrativo, São Paulo

Vagas auxiliar administrativo para Campinas, SP

Responsabilidades: Organização de contas a pagar, atualização de boletos e previsão de pagamentos; Serviços administrativos gerais como cotar orçamentos e secretariado.

Requisitos: Experiência em contas a pagar e contas a receber, habilidade em atendimento ao cliente via telefone e organização.

Salário: a combinar

Benefícios: Vale – transporte e Refeição no local.

Observações: Horário de trabalho: de segunda -feira à sexta-feira das 8:30 às 17:30. – 1 hora de almoço.

Divulgue seu currículo no Emprega Brasil para Milhões de Empresas

Divulgar Currículo

1º Lugar no google “Currículo de Gerente de suporte de ti” nos resultados orgânicos, clique e confira.

 

 


 

 Auxiliar administrativoAuxiliar administrativo, atribuições ao cargo

O auxiliar administrativo é o profissional que presta assistência na área administrativa de uma empresa, auxiliando o administrador em suas atividades rotineiras e no controle de gestão financeira, administração, organização de arquivos, gerência de informações, revisão de documentos entre outras atividades.
Um auxiliar administrativo controla os recebimentos e remessas de correspondências e documentos, coordenando as atividades administrativas, financeiras e de logística da unidade, organizando os arquivos e gerenciando informações.
Está sob a responsabilidade de um auxiliar administrativo receber e remessar correspondências e documentos, controlar as contas a pagar, controlar os recebimentos da empresa, emitir notas fiscais, preparar e encaminhar documentos, tirar cópias, coordenar trabalho de logística da empresa, enviar documentos para o departamento contábil e fiscal, atender telefonemas e esclarecer dúvidas sobre o financeiro, elaborar e apresentar relatório financeiro coordenando o departamento de compras e sempre manter organizados arquivos e cadastros da empresa.
O auxiliar administrativo deve estar em constante atualização relacionada à área ter conhecimentos de informática, além de boa comunicação, responsabilidade, saber administrar bem o tempo, saber lidar com números, boa comunicação, boa memória, bom humor, paciência e confiabilidade.

 


 

Orgão de apoio ao trabalhador

Ministério do Trabalho e Emprego –

MTE – Serviços e informações do Ministério do Trabalho ao publico.

Secretaria do Trabalho e do

Empreendedorismo

CAT SP – Centro de Apoio ao trabalhador – O CAT é uma rede de unidades direcionada ao

atendimento dos cidadãos que buscam inserção no mercado de trabalho

Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) – É uma rede de atendimento do Governo de São Paulo,

coordenada pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que concentra serviços gratuitos à população em

todas as regiões do Estado.

Categorias
Informática / ti Vagas de emprego

2 vagas de programador, São Paulo

Vagas de programador para Campinas São Paulo

SBO RH em parceria com empresa localizada em Goiás que busca talentos na região de Campinas /SP está com 1 vaga(s) em aberto para REGIÃO DE CAMPINAS // GOIÁS.
Responsabilidades: • IMPORTANTE¹: disponibilidade para residir no estado de Goiás • IMPORTANTE²: vaga fixa, não é temporária • IMPORTANTE³: Currículos fora do perfil, serão desconsiderados.

Requisitos: • Ensino médio concluído, • experiência em programação CAM em máquinas de estamparia continua, • domínio SigmaNEST, • disponibilidade para residir no estado de Goiás.

Salário: a combinar

Benefícios: • vale transporte, • vale alimentação, • refeição no local, • convênio médico, • convênio farmácia, • convênio odontológico, entre outros

Divulgue seu currículo no Emprega Brasil para Milhões de Empresas

Divulgar Currículo

1º Lugar no google “Currículo de Gerente de suporte de ti” nos resultados orgânicos, clique e confira.

 


 

Programador

Programador, atribuições ao cargo

O Programador é o profissional responsável por panejar, organizar e supervisionar as atividades de produção, dentro das especificações e padrões de qualidade estabelecidos.
Um Programador  supervisiona a elaboração do plano anual de metas de produção, visando à otimização dos recursos produtivos disponíveis.
Está sob as responsabilidades de um Supervisor supervisionar a elaboração dos cronogramas de fabricação, visando a garantir a melhor alocação da mão de obra, equipamentos e materiais, realizar o planejamento e controle da produção, atuar em conjunto com os setores de compras, determinando a quantidade de itens necessários ao desenvolvimento da programação, preparar e acompanhar a programação, mantendo os demais setores da empresa informados através de relatórios, programar necessidade do setor de produção e montagem, elaboração e otimização de inventários, atuar com a análise crítica de pedido, mantendo o controle, fazendo o manuseio do estoque, informe de resultado, programar e controlar a produção diária da fábrica, além de ser responsável pelo lançamento da nota fiscal no sistema, controle de inventário, bem como ser responsável pelas liberações das ordens de produção.
Para que o profissional tenha um bom desempenho como Programador além da graduação é essencial que possua ensino técnico completo.

Com que áreas dentro de uma empresa, um Supervisor de PCP se relaciona?

O Programador  por ser o profissional responsável por planejar, organizar e supervisionar as atividades de produção, dentro das especificações e padrões de qualidade estabelecidos se relaciona com toda área de produção.

 


 

Orgão de apoio ao trabalhador

Ministério do Trabalho e Emprego –

MTE – Serviços e informações do Ministério do Trabalho ao publico.

Secretaria do Trabalho e do

Empreendedorismo

CAT SP – Centro de Apoio ao trabalhador – O CAT é uma rede de unidades direcionada ao

atendimento dos cidadãos que buscam inserção no mercado de trabalho

Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) – É uma rede de atendimento do Governo de São Paulo,

coordenada pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que concentra serviços gratuitos à população em

todas as regiões do Estado.