Categorias
Dicas valiosas

Mozarela, mussarela ou muçarela?

MUSSARELA OU MUÇARELA? Quem nunca já viu em pizzarias, supermercados, em cardápios de restaurantes e afins escrito: MUSSARELA? Pois é, apesar de muito utilizada, a grafia MUSSARELA está equivocada. Eu também podia jurar que MUSSARELA estava correto, mas não está. Se não é MUSSARELA que se escreve, então qual é a grafia certa dessa palavra, mussarela ou muçarela?

Se fosse para apostar você escolheria mussarela ou muçarela? Por incrível que pareça a grafia correta é com “Ç” (cê-cedilha): MUÇARELA. Contudo, a grafia MOZARELA também é encontrada em alguns dicionários.

Qual é o significado de mozarela ou muçarela?

Trata-se dum estrangeirismo, já que a palavra é originalmente italiana, MOZZARELLA.

MOZZARELLA é o diminutivo de mozza (em italiano), uma espécie de queijo, de mozzare cortar, de mozzo cortado, ancorado, do latim vulgar mutius, alteração do latim mutilus.

Portanto, a MOZZARELLA  (italiano) ou MUÇARELA (português) é um queijo italiano branco suave que tem uma textura emborrachada e é frequentemente comido derretido, como na pizza.

Mo.za.re.lasubstântivo feminino (italiano mozzarella) Tipo de queijo de origem italiana, cuja consistência é macia, de cor esbranquiçada, com sabor suave e forma arredondada. Variante: muçarela.” – dicionário Michaelis Moderno Dicionário da Língua Portuguesa

Mozarela – [Do italiano mozzarèlla.] Substantivo feminino 1. Queijo magro de leite de búfala, ou, quando produzido industrialmente, geralmente de leite de vaca, e usado na culinária de origem italiana.” – dicionário Aurélio

Mozarela, mussarela ou muçarela? O que dizem os dicionários?

Tanto o dicionário Aurélio quanto o Michaelis Moderno Dicionário da Língua Portuguesa apresentam duas grafias para a mesma palavra: “MOZARELA” e “MUÇARELA”. Note que há a grafia com a letra “Z” e a grafia com “Ç”. Por outro lado, não existe nenhuma referência nos dicionários da grafia: MUSSARELA. No entanto, por que se deve evitar o uso da grafia MOZARELA?

Por que evitar a grafia MOZARELA?

Em princípio, alguns dicionários da língua portuguesa registraram apenas  MOZARELA, porém essa grafia nunca se consagrou, provavelmente porque a pronúncia dessa palavra no Brasil é pronunciada com o som de “S” em vez de “Z”.

A diferença da palavra em italiano MOZZARELLA  para a portuguesa MOZARELA é a ausência das consoantes duplicadas “Z” e “L”.

No entanto, depois do novo acordo ortográfico, promulgado no Brasil em 2009, começou-se a dar mais atenção à grafia das palavras.

Então, visto que o sistema ortográfico brasileiro estabelece a regra de que, nas palavras estrangeiras aportuguesadas, como é o caso desse queijo italiano, o fonema /ce/, diante das vogais “a”, “o” e “u”, devem ser grafadas com cê-cedilha: Ou seja, “ça”, “ço” e “çu”.

Consequentemente, palavras como açaí (tupi), miçanga (cafre, língua banta e crioula da África do Sul), paçoca (tupi), açúcar (árabe), praça ( espanhol), palhaço e muçarela (italiano), são todas grafadas com “Ç” em vez de “S” ou mesmo “Z”.

Além disso, é a grafia MUÇARELA que consta em nosso sistema ortográfico vigente e que está registrada no Vocabulário Ortográfico da ABL.

Você gosta de pizza de MUSSARELA ou MUÇARELA? Eu gosto de queijo de MUSSARELA ou MUÇARELA?

A forma correta é: “Eu gosto de queijo de MUÇARELA”. Sendo assim, escreve-se MUÇARELA. Mas, ATENÇÃO: NUNCA se deve escrever “MUÇARELA” assim: MUSSARELA. Percebeu como se escreve MUÇARELA? MUÇARELA se escreve com “Ç”. Portanto, não se escreve MUSSARELA porque, apesar de ser muito usada, a grafia é inexistente e incorreta. E evite também a grafia MOZARELA, apesar de constar nos dicionários.

Mussarela x Muçarela - Google trends
Mussarela x Muçarela – Google trends

E agora? Se convenceu de que se escreve MUÇARELA e nunca MUSSARELA? Se por a caso você se esquecer disso algum dia, estaremos sempre aqui pra te ajudar a se lembrar.

Você tem mais alguma dúvida de português? Por favor, sinta-se à vontade para enviar a sua dúvida de português para nós. Teremos o maior prazer em pesquisar e lhe trazer a resposta correta.

Sempre teremos o cuidado de pesquisar os dicionários e consultar os melhores professores no assunto para então te passar as melhores e mais valiosas dicas de português para o seu dia a dia.

Veja também os seguintes artigos:

Seja ou seje?

A gente ou agente?

Como se diz “ansioso” em inglês?

Ansioso ou ancioso, qual é o certo?

Com medo ou comedo, qual o certo?

O que significa “o coração sair pela boca”?

SENTIR UM FRIO NA BARRIGA em inglês, como se diz?

Fontes:

Dicionário Aurélio

Michaelis Moderno Dicionário da Língua Portuguesa

 

Categorias
Dicas valiosas

Sobremesas – 5 receitas de dar água na boca…

Quem aí não fica doido por um docinho depois de uma refeição? Que atire a primeira pedra (pode ser de açúcar). A verdade é que o açúcar parece dar uma alegria, uma sensação de bem-estar que não tem igual. Como nosso site é dar dicas de assuntos variados vamos falar dessas tentações que são as sobremesas e, portanto, de como você pode pegar leve nas gostosuras.

5 receitas de dar água na boca – ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

Nesse artigo trazemos 5 receitas de sobremesas simples e rápidas de fazer. Clique sobre a sobremesa para ir até  a sua respectiva receita.

  1. Bolo de cenoura
  2. Bolo de chocolate
  3. Brigadeiro
  4. Pudim de leite condensado
  5. Mousse de Maracujá

Origem do nome sobremesa

Claro que quando ouvimos o nome SOBREMESA naturalmente pensamos sobre + mesa = sobremesa e é isso mesmo. De acordo com a Wikipédia sobre significa após, depois, aquilo que sucede e mesa significa a refeição principal que se consome à mesa. Portanto, sobremesa significa depois da mesa ou aquilo que sucede a refeição principal.

Também de acordo com o livro Cozinheiro Nacional edição de 1860, as refeições servidas tradicionalmente não eram colocadas sobre a mesa, elas eram servidas pelos criados. As sopas ou caldos não permaneciam na mesa, eram servidas de uma sopeira que vinha da cozinha e era apoiada num aparador próximo, então o criado servia os convidados. Neste aparador também se colocavam outros pratos como: carnes de aves, peixes, porcos, cabritos, etc. que depois de destrinchados pelo criado, vinham para mesa (sempre pelo lado esquerdo, para que os convidados ou anfitriões se servissem usando a mão direita, privilegiando os destros que eram a maioria. Mas no final da refeição eram servidos frutas ou doces, e esses não eram apoiados no aparador para posteriormente serem servidos pelos criados e sim apoiados sobre a mesa. Depois viriam café, chá e licores.

Origem histórica da sobremesa

A partir de 1533, quando Catarina de Médicis desembarcou no porto francês de Marselha para se casar com o futuro rei Henrique II, a culinária tomou a forma como a conhecemos hoje. No dote de casamento que a italiana levou para a França havia livros de receitas e um séquito de cozinheiros. Além deles, a jovem apresentou à corte novos hábitos, como abrir os banquetes à participação feminina, e introduziu regras de etiqueta e o garfo de dois dentes (antes não havia garfos na França), além de transportar a sobremesa para o fim da refeição.

Graças a Catarina, a sobremesa passou a ser considerada parte importante de uma refeição e até hoje ocupa tal status. “Ela fecha o almoço ou jantar com chave de ouro”, afirma o chef confeiteiro Fabrice Le Nud, que trouxe para São Paulo alguns dos mais tentadores exemplares da pâtisserie francesa.

Porque a sobremesa vem no final?

Olha que conheço pessoas que preferem a sobremesa antes das refeições, mas virou hábito, até nos restaurantes, servir o prato principal e só então a sobremesa.

Só no século XIX a ideia de apresentar os pratos numa certa ordem foi aceita plenamente, e os cozinheiros passaram a montar cardápios, sempre os finalizando com doces. Isso facilitou a vida do chef que até então não tinha uma ordem estabelecida para servir seus pratos, e foi bom também para quem saboreava as refeições, já que passou a aproveitá-la sem que a comida esfriasse.

Pensando bem, hoje parece até estranho ir em um restaurante e pedir a sobremesa antes do prato principal, mas são as mudanças dos tempos, vai saber se daqui a alguns anos não muda de novo.

Valor simbólico dos doces

Por volta do século XVlll era comum reis e homens da religião terminarem seus jantares exibindo bolos representando os castelos e as fortalezas sendo preparados com diferentes massas todas à base de açúcar.

No século seguinte os bolos esculturados eram considerados como sendo obras de engenharia simbolizando edificações monumentais. Carême, “o cozinheiro dos reis e o rei dos cozinheiros” foi o responsável pela criação do bolo de casamento de Napoleão e Maria Luísa de Hasburgo. Além de um grande número de sobremesas elaboradas especialmente para os czares russos. Imagino o trabalhão que ele tinha e o tempo que isso exigia. Por outro lado, devia dar muito prazer verem as pessoas saboreando suas obras de arte comestíveis.

Cuidado com a quantidade de açúcar

Muita gente não tem ideia da quantidade de açúcar que ingere todos os dias, muito menos durante um ano inteiro.

Por volta de 1830, um ser humano consumia 2 kg do alimento durante um ano inteiro. Nos dias de hoje uma pessoa pode consumir mais de 70 kg no mesmo período de tempo.

O açúcar de mesa ou sacarose é utilizado para adoçar café, chá, sucos, fazer bolos…. Enfim, numa infinidade de situações. Mas atenção! Você não consome 70 kg desse produto durante um ano apenas adicionando sacarose no cafezinho.

Os grandes vilões da história são os alimentos industrializados. Estes têm adição do nutriente para melhorar a textura, o sabor e até para fins de conservação. Às vezes o alimento nem é doce, mas possui açúcar.

Portanto, para minimizar o impacto do carboidrato na sua vida, passe a ler atentamente o rótulo das embalagens e diminua o consumo quando ele estiver à mesa.

As cinco sobremesas mais pedidas

Se você clicou nesse post esperando ver receitas de sobremesas, bem, não dá pra escolher todas as receitas e colocar aqui, obviamente, mas escolhemos as cinco receitas que as pessoas mais buscam na internet.

Receitas simples e populares. Vamos lá!

A primeira é: Bolo de cenoura

Bolo de cenoura
Bolo de cenoura – Receita simples e fácil!

Ingredientes

  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 3 cenouras médias raladas
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 3 colheres (sopa) de chocolate em pó
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • Se desejar uma cobertura molinha coloque 5 colheres de leite

Modo de preparo

  1. Bata no liquidificador primeiro a cenoura com os ovos e o óleo, acrescente o açúcar e bata por uns 5 minutos.
  2. Depois numa tigela ou na batedeira, coloque o restante dos ingredientes misturando tudo, menos o fermento.
  3. Asse em forno preaquecido (180°C) por 40 minutos

Para a Cobertura

  1. misture todos os ingredientes, leve ao fogo, faça uma calda e coloque por cima do bolo
  2. se o seu liquidificador for bem potente, o bolo todo pode ser feito nele.
  3. utilize cerca de 250 g de cenoura para o bolo não solar.

A segunda é: Bolo de chocolate

Bolo de chocolate
Bolo de chocolate – Receita simples e fácil!

Ingredientes

Massa

  • 4 ovos
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1 xícara de leite

Calda

  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 7 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 latas de creme de leite com soro
  • 3 colheres de sopa de açúcar

Modo de preparo

Massa

  1. bata todos os ingredientes por 5 minutos (menos o fermento)
  2. adicione o fermento e misture com uma espátula delicadamente
  3. coloque em uma forma untada e asse por 40 minutos

Calda

  1. aqueça a manteiga e misture o chocolate em pó até que esteja homogêneo
  2. acrescente o creme de leite e misture bem
  3. desligue o fogo e acrescente o açúcar

A terceira é: Brigadeiro

Brigadeiro de chocolate
Brigadeiro – receita simples e fácil!

Ingredientes

Massa

  • 4 ovos
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1 xícara de leite

Calda

  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 7 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 latas de creme de leite com soro
  • 3 colheres de sopa de açúcar

Modo de preparo

Massa

  1. bata todos os ingredientes por 5 minutos (menos o fermento)
  2. adicione o fermento e misture com uma espátula delicadamente
  3. coloque em uma forma untada e asse por 40 minutos

Calda

  1. aqueça a manteiga e misture o chocolate em pó até que esteja homogêneo
  2. acrescente o creme de leite e misture bem
  3. desligue o fogo e acrescente o açúcar

A quarta é: Pudim de leite condensado

Pudim de leite condensado
Pudim de leite condensado – Receita simples e fácil!

Ingredientes

Pudim

  • 4 ovos
  • 2 latas de leite condensado
  • 1 lata de leite

Calda

  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de água fervente

Modo de Preparo

  1. em uma panela coloque o açúcar e deixe caramelizar, acrescente a água e deixe ferver até a calda ficar em ponto de fio
  2. coloque a calda na forma própria para pudim e reserve
  3. bata todos os ingredientes do pudim no liquidificador

E a quinta é: Mousse de Maracujá

Mousse de maracujá
Mousse de maracujá – Receita simples e fácil!

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de suco Maguary de maracujá (use a lata de leite condensado como medida)
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 1 maracujá para enfeitar o prato

Modo de preparo

  1. coloque o leite condensado, o creme de leite e a mesma medida de suco concentrado de maracujá maguary, no liquidificador. Bata por alguns minutos e pronto!
  2. para dar um toque especial, coloque wafles na tigela antes de colocar o mousse, fica maravilhoso
  3. por cima, coloque as sementes do maracujá para enfeitar o prato!

Talvez muita gente já saiba fazer essas receitas de sobremesa ou outras ainda estão no começo e essas receitas são apenas um início pra descobrir o chef que há dentro de você. De qualquer forma, esperamos ter ajudado com as informações aqui.

Se você tiver alguma sugestão, ou crítica a fazer, só entrar em contato com a gente.

Abraços doces.

Veja também os seguintes artigos:

Pavê – 5 receitas incríveis …

PET em inglês, o que significa?

Como se diz “diversão” em inglês?

Que cuidados ter ao comprar pela internet?

Como dizer que “alguém é uma formiga, louco por doces” em inglês?

Categorias
Zzz

Cadastro Emprega Brasil

Os melhores empregos para área administrativa, empregos administrativos em todo Brasil. Maiores salários e benefícios.

Tenha acesso a milhares de vagas diretamente no seu e-mail em primeira mão e nunca mais perca uma boa oportunidade de emprego.

No Brasil milhares de vagas são abertas diariamente, mais de 70% dessas vagas não são anunciadas na internet por isso desenvolvemos um serviço que envia as vagas diretamente para o e-mail do candidato assim que a vaga é aberta pelo empregador.

Receber as vagas em primeira mão faz toda a diferença porque diminui a concorrência. Não perca tempo clique no botão abaixo.

Você também pode ver outros artigos importantes sobre empregabilidade. Acesse a categoria EMPREGOS e veja como se comportar em uma entrevista de emprego, como negociar salário, como fazer currículo campeão e muito mais.

Leia Também:

https://www.empregabrasil.com.br/cargos-salarios/tabela-salarial/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/descubra-agora-como-trabalhar-na-globo/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/descubra-agora-como-trabalhar-no-itau/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/descubra-agora-como-trabalhar-na-vivo/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/descubra-agora-como-trabalhar-na-oi/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/10-profissoes-do-futuro/

Leia Também:

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/entrevista-de-emprego/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/como-fazer-um-curriculo/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/quando-e-hora-de-considerar-a-mudanca-de-profissao/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/dicas-de-entrevista-de-emprego-em-tempos-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/dicas-para-negociar-com-empregador-em-tempos-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/como-se-preparar-para-ter-um-emprego-em-tempo-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/alternativas-de-renda-em-tempos-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/oportunidades-de-emprego-com-vagas-e-bons-salarios/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/como-enviar-curriculo-por-email/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/plano-de-carreira/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/dicas-de-entrevista-de-emprego-em-tempos-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/como-montar-o-curriculo-ideal-em-tempos-de-crise/

https://www.empregabrasil.com.br/empregos/como-conseguir-emprego-em-tempo-de-crise/

Categorias
Dicas valiosas

Ansiosa ou anciosa, como se escreve?

ANSIOSA ou ANCIOSA, qual é a forma certa?

Ansiosa ou anciosa? Claro que você já sabia que entre ANSIOSA ou ANCIOSA, o correto é escrever “ANSIOSA”, certo? Eu sei como é. Às vezes acontece comigo também. Dá aquele branco, então na dúvida é melhor conferir pra não cometer uma gafe daquelas, não é mesmo?

Ansiosa ou anciosa? O que dizem os dicionários?

Segundo o dicionário Aurélio a grafia correta é “ANSIOSA” e “ANSIOSO”. Ansioso se escreve sem a letra “C”. Assim como acontece com outras palavras que tem o mesmo radical ou raiz de ansioso. Por exemplo,  ânsia, anseio, ansiedade. Percebeu que todas essas palavras se escrevem com “S”. Nenhuma dessas palavras se escreve com “C”. Portanto,  a forma correta é ansiosa e não “̶anciosa”. É claro que também a forma correta do adjetivo masculino é ansioso e não “ancioso”.

Qual é o significado de ansiosa?

Ansiosa é alguém que está aflita, agoniada, apreensiva, nervosa, angustiada ou que está com ansiedade.  Segundo o dicionário Aurélio, ansiosa significa: que tem ânsia ou anseio.

Como se escreve anciosa ou ansiosa?

Então é isso mesmo, você tinha toda a razão. Foi só para efeito de confirmação mesmo. Enfim, para tirar de vez aquela pulga atrás da sua orelha: a forma correta de escrever é “ANSIOSA”. Se a sua dúvida era se “ansiosa” tem a letra “C”? A resposta é não, a palavra tem dois “S” na segunda e na última sílabas.

Você é ansioso ou ancioso? Eu estou ancioso ou ansioso?

A forma correta é: “Eu estou ansioso”. Sendo assim, escreve-se COM ÂNSIA, COM ANSIEDADE, ANSIOSA. Mas, ATENÇÃO: NUNCA se deve escrever “ANSIOSA” assim: ANCIOSA. Percebeu como se escreve ansiedade? ANSIEDADE também se escreve com “S”. Portanto, não se escreve ANCIEDADE porque é uma grafia incorreta.

Assista ao vídeo “Ancioso ou ansioso?” de apenas 1 minutinho:

Veja 2 exemplos de frases emprestadas do dicionário com a grafia correta da palavra: ANSIOSA.

“a Delegada Maria estava ANSIOSA para saber das notícias.” – José Sarney (Norte das Águas).

“Anda ANSIOSA por uma viagem à Europa.”

E agora? Se convenceu de que se escreve ansiosa e nunca anciosa? Se por a caso você se esquecer disso algum dia, estaremos sempre aqui pra te ajudar a se lembrar.

Você tem mais alguma dúvida de português? Por favor, sinta-se à vontade para enviar a sua dúvida de português para nós. Teremos o maior prazer em pesquisar e lhe trazer a resposta correta.

Sempre teremos o cuidado de pesquisar os dicionários e consultar os melhores professores no assunto para então te passar as melhores e mais valiosas dicas de português para o seu dia a dia.

Veja também os seguintes artigos:

Seja ou seje?

A gente ou agente?

Como se diz “ansioso” em inglês?

Ansioso ou ancioso, qual é o certo?

Com medo ou comedo, qual o certo?

O que significa “o coração sair pela boca”?

SENTIR UM FRIO NA BARRIGA em inglês, como se diz?

Fontes:

Dicionário Aurélio

Categorias
Dicas valiosas

Como controlar o vício em redes sociais?

VÍCIO EM REDES SOCIAIS: Talvez você seja pai ou mãe e fique pensando: o que eu posso fazer pra esse menino (a) largar esse celular? Se fosse só os adolescentes até que tudo bem, mas as pessoas em geral se viciaram em ficar de rede social em rede social que virou doença.

Como saber se sou viciado em redes sociais?

Quando você acorda, por exemplo, a primeira coisa que você faz é conferir seu Facebook, Instagram e outros?

No Trabalho, usa seu horário de almoço mais para as redes sociais do que realmente para o almoço?

Quando sai com os amigos consegue deixar o celular na bolsa sem ter que ficar conferindo a cada minuto e assim de fato curtir a companhia dos amigos?

Já parou para pensar se o uso das redes sociais está atrapalhando sua produtividade no trabalho, na escola ou até em casa com sua família? Já pensou que existe um vício em redes sociais?

O que os números dizem?

Uma pesquisa realizada pela Amdocs em dez países com 4.250 jovens, indica que os jovens entre 15 e 18 anos aqui do Brasil não desgrudam do celular: 64% checam as redes sociais assim que acordam. Dentre os aplicativos, os brasileiros são os maiores usuários do Facebook (94%), YouTube (85%) e WhatsApp (84%).

Um dos números que mais me chamou atenção foi de que 88% dos entrevistados disseram que gostariam de ter um dispositivo conectado à rede mundial de computadores dentro do próprio braço.

Solidão fora da redes sociais

Essa mesma pesquisa apontou que 68% dos adolescentes se sentem ansiosos e solitários quando estão sem internet. Para comparar: 65% se sentem desta forma longe da família.

Em uma pesquisa publicada no Periódico Americano de Medicina Preventiva, quase 2 mil adultos com idades entre 19 e 32 anos foram entrevistados quanto a seu uso de redes sociais como Twitter, Facebook, Instagram, Pinterest, Snapchat e Tumblr, e o estudo sugere que quanto mais tempo uma pessoa fica online, menos tempo ela tem para interações no mundo real.

A navegação pelas redes sociais também pode despertar sentimentos de exclusão, inveja, por exemplo, como quando se vê fotos de amigos se divertindo em eventos para os quais não se foi convidado.

Brian Primack, da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh afirma que “É importante estudar isso, porque há uma epidemia de problemas mentais e de isolamento social entre jovens adultos. ”

Somos criaturas sociais, mas a vida moderna tende a nos isolar em vez de nos aproximar. Apesar das redes sociais aparentemente criarem oportunidades de socialização, o estudo aponta que elas não têm o efeito que esperamos.”

Os pais devem estar atentos à rede social dos seus filhos

É muito comum vermos os pais darem um celular na mão de uma criança e isso funcionar como uma espécie de babá eletrônica. E com isso, ele cresce achando normal ter um aparelho desse em mãos, mas não é bem por aí.

Não é porque seu filho cresce que ele tem maturidade suficiente pra discernir o certo do errado. É obrigação dos pais estabelecer horários e limites quanto ao que ver e o que não ver na internet.

A Safernet, que é uma plataforma que difunde a segurança e os direitos humanos na internet funcionando como um portal de denúncias de violência na web, indicou que em 2015 a principal violação reportada foi a exposição íntima (28%).

Algumas recomendações quanto às redes sociais: Privacidade.

Cuidados com a exposição indevida nas redes sociais

A maioria das redes salva as informações, portanto, cuidado com o que irá postar.

Fotos íntimas

Vazar nudes é crime por produção e distribuição de pornografia infantil.

Crimes de ódio

Liberdade e responsabilidade andam juntos. A partir dos 12 anos a pessoa já pode ser responsabilizada pelos seus atos. Comentários com relação à cor da pele, peso e outros podem gerar problemas.

Algumas dicas para se desconectar da Redes Sociais

Programe seus horários digitais assim como você programa suas horas no dia a dia. Por exemplo, tente limitar à apenas 3,4 horas por dia o tempo que você irá gastar com redes sociais.

Algo que funciona para mim e que talvez funcione para você se seu trabalho permitir é deixar os alertas das redes sociais desativados, assim você não terá que os conferir de minuto a minuto.

Deixe o celular longe de sua linha de visão. Como se diz “Longe dos olhos, longe do coração”.

Para os mais viciados, uma medida drástica seria excluir os aplicativos de redes sociais do celular, assim você só os usará de um computador ou tablet.

Faça um teste de ficar sem entrar nas redes sociais por um dia todo e depois por um fim de semana, como um detox digital.

Veja as redes sociais com um objetivo. Pergunte-se: pra que entrei? Estou aqui só matando tempo ou estou de fato buscando algo específico? A maioria das vezes entramos nelas porque estamos entediados e à toa.

O que as redes sociais têm de ruim?

Ela te expõe

Se você colocar uma foto, um vídeo, um comentário que seja, fica ali, exposto pra todo mundo ver e nem sempre sabemos como aqueles que estão vendo irão interpretar. Como dissemos anteriormente, os jovens muitas vezes não têm discernimento quanto ao que colocar na internet e isso prejudica a eles e outros.

Tempo que não volta

Eu mesma já me deparei com essa situação, de começar a olhar algo em uma rede social, sem procurar nada especificamente, só de bobeira, e quando vi já se passaram 30, 40 minutos. Tempo que eu poderia ter gasto com família, amigos, lendo, fazendo uma atividade física, enfim. Dedique tempo ao que é mais importante!

Vicia mais que cigarro

Isso é o que diz um estudo feito na Universidade de Chicago que mostrou que é mais fácil controlar impulsos como devorar uma barra de chocolate, fumar um cigarro ou até o desejo sexual do que ficar checando o Facebook.

Pode engordar

As universidades de Columbia e Pittsburgh fizeram testes e os que estavam conectados preferiam uma barra de chocolate e os desconectados uma barra de cereal.

Cair em golpes

Infelizmente isso tem acontecido cada vez mais. Pessoas vendendo coisas que não tem, se passando por pessoas que na verdade nem existem. Eu mesma já caí em um golpe, fiquei no prejuízo e posso dizer que não é nada agradável. Inclusive fizemos um artigo aqui sobre os cuidados que devemos ter ao comprar na internet.

O que as redes sociais tem de bom?

Já que o tema do nosso artigo é: Como controlar o vício em redes sociais, podemos ter a ideia de que não existe nada de bom nelas, mas não é bem assim. Vejamos alguns benefícios das redes sociais.

Aproximam

Não é incomum ouvirmos relatos de pessoas que falam ter reencontrado amigos, parentes que não viam há anos através das redes sociais. Essa semana aconteceu comigo, uma amiga com quem eu não falava há cerca de 20 anos e nós nos falamos pelo WhatsApp. Isso é muito bom. Até mesmo pessoas desaparecidas são encontradas através de redes sociais.

Emprego

Muitos empregos são conseguidos através das redes sociais. Muitas vagas são disseminadas ali.

Geração de renda

Muitas empresas têm sido criadas por causa das redes sociais. Isso gera emprego, interação social fora do mundo digital.

Reuniões de trabalho

O tempo que se gastaria para todos os membros de uma equipe de uma determinada empresa se reunirem é economizado atreves do Facebook por exemplo. Economia de tempo e dinheiro.

Ajuda nos estudos

Para os estudantes é uma mão na roda poder tirar as dúvidas com colegas e professores a qualquer momento, mesmo sem estarem em um ambiente escolar.

Dicas finais sobre redes sociais

Alguns lembretes finais, mas não menos importante.

Lembre-se de que os momentos que você passa com sua família e amigos nunca mais irão se repetir. A vida não tem um botão de pausa e reproduz. A troca do real pelo virtual não é nada inteligente.

Não leve seu aparelho eletrônico para cama. Se precisar usar o despertador, desligue todas as notificações das redes sociais.

Não tenha vergonha. Fale com alguém de confiança sobre seu vício, talvez um amigo, um familiar. Se mesmo assim não funcionar, procure um psicólogo, eles estão cada vez mais preparados para isso.

Não desista! As redes sociais estão aí pra ajudar e acrescentar, se for para atrapalhar, algo está errado. A chave é: equilíbrio!

Você já passou por algo semelhante ou conhece alguém que já passou ou está passando? Fale pra nós. Vamos gostar de saber sua opinião.

Até mais.

Veja também os seguintes artigos:

Que cuidados ter ao comprar pela internet?

Como se diz “diversão” em inglês?

PET em inglês, o que significa?

Gato, felino, bichano…

Categorias
Inglês online

Posso fazer perguntas sem DO ou DOES?

Posso fazer perguntas sem DO ou DOES?

Não é bem uma questão de certo ou errado. É mais uma questão de quando usar ou se a ocasião é formal ou informal.

Por exemplo, na linguagem informal ou coloquial, é bem comum o uso de perguntas sem os auxiliares DO, DOES ou WILL.

Alguém poderia afirmar que o uso de perguntas sem o DO, DOES ou WILL são gramaticalmente incorretas. Errado ou não, fazer perguntas sem DO, DOES ou WILL são feitas por milhões de pessoas todos os dias. Sendo assim, quem ousa afirmar categoricamente que fazer perguntas sem DO, DOES ou WILL no cotidiano durante conversas informais é errado?

Como e quando usar o DO e DOES para fazer perguntas em inglês?

A diferença entre DO e DOES depende do pronome que você usa na frase. Por exemplo, DO é usado para os pronomes “eu”, “você”, “nós” ou “eles”, respectivamente em inglês: I, You, We, They. Por outro lado, DOES é usado para os pronomes “ele”, “ela”, ou para alguma “coisa”, respectivamente em inglês: (He, She, It).

Sou obrigado a usar DO, DOES ou WILL ao fazer perguntas? Não necessariamente. Como já explicado, no inglês informal acontece, às vezes, de se omitir o uso de DO, DOES ou WILL. Porém, se você quer ser gramaticalmente correto, o uso é apropriado. Mas, o mais importante do que se preocupar com a gramática toda vez que você estiver conversando, é prestar atenção em como as perguntas são formuladas em inglês e se habituar a elas. Assim, você vai absorver mais rápido como fazer perguntas em inglês e passa a falar inglês mais naturalmente.

Regras do uso de DO e DOES:

  • DO é usado para os pronomes “eu”, “você”, “nós” ou “eles”, respectivamente em inglês: I, You, We, They.
  • DOES é usado para os pronomes “ele”, “ela”, ou para alguma “coisa”, respectivamente em inglês: (He, She, It).

Em muitos casos, as perguntas sem o uso dos auxiliares, utilizam algum pronome interrogativo, tal como: “who“, “what“, etc.

Como fazer perguntas em inglês sem DO, DOES ou WILL?

  • He lost? / Ele perdeu?
  • She knows what it is? / Ela sabe o que é?
  • What happens here? / O que acontece aqui?
  • Who likes English? / Quem gosta de inglês?
  • Who wins tomorrow? / Quem vence amanhã?
  • Who called her? / Quem ligou pra ela?
  • You like her? / Você gosta dela?
  • He escaped? / Ele fugiu?
  • You really think so? / Você acha isso mesmo?

 Como fazer perguntas usando DO e DOES?

  1. DOES he know what you are talking about? / Ele sabe que do que você está falando?
  2. DO we have a right to act as if we were the host? / Nós temos o direito de agir como se fôssemos donos da casa?
  3. How DOES he can make part of the fight for my inheritance? / Como ele pode fazer parte da disputa por minha herança?
  4. DO we really have to know all the details in order to act? / Nós realmente precisamos saber todos os detalhes para agir?
  5. DOES it matter what sort of qualifications or degree I have? / Importa que tipos de qualificações ou formação eu tenho?
  6. What capacity DO they have to influence and why DO they not DO better? / Que capacidade eles têm para influenciar e por que eles não fazem melhor?
  7. Hey, John, what about your parents, DO they use to go to theather? / Aí, João, e os seus pais, eles costumam a ir ao teatro?
  8. DOES it work well? / Isso funciona direito?
  9. What DO we have to keep in mind when cooking? / O que nós temos que ter em mente ao cozinhar?
  10. DOES she like to play soccer? / Ela gosta de jogar futebol?
  11. Who DO you think you are? / Quem você pensa que é?

Veja também os seguintes artigos:

Como se diz “fazer nas coxas” em inglês?

Como se diz “tentar, tentativa” em inglês?

Como se diz “comemoração, festa” em inglês?

Como se diz “arriscar o pescoço” em inglês?

Fontes:

Urban dictionary

Cambridge Dictionary

The Free Dictionary by Farlex

Merriam-Webster Collegiate Dictionary

The American Heritage® Idioms Dictionary

Michaelis Moderno Dicionário Inglês-Português (English-Portuguese)

Categorias
Dicas valiosas

Gato, felino, bichano…

Pense num animalzinho preguiçoso, que leva a vida na paz e muitas vezes até parece te ignorar? Acertou quem disse o gato. Sou suspeita pra falar porque AMO demais esses pequenos. (Meu marido me diz até que tenho uma doença por gatos: Elurofilia. (afinidade patológica por gatos; eluromania).

Aqui vou tentar falar um pouquinho deles aqui dando algumas dicas quanto a como lidar com eles da melhor forma. Lembrando que já tivemos um artigo aqui sobre “Que animal de estimação é melhor pra mim?” Vai lá dá uma olhada.

Gato – a origem

No dicionário, o significado de gato está: pequeno mamífero carnívoro, doméstico, da família dos felídeos, que descende do gato selvagem encontrado na África e Sudeste da Ásia.

A integração entre os felinos e o homem começou milhares de anos atrás onde houve interesse por parte dos camponeses que queriam ver seus celeiros longe de ratos e camundongos, só depois surgiu o costume de ter o gato como bicho de estimação.

O número estimado de gatos no Brasil, até 2015, era de 22 milhões. O estado que mais tem os bichinhos é o Piauí. E a capital que tem menos gatos é Brasília. Pelo mundo a Suíça e a Áustria estão entre os dois países com maior população doméstica de gatos, sendo 3 gatos para cada 1 cão. Os gatos também dominam uma boa parte da África e do Oriente Médio.

O que saber antes de ter um gato

Às vezes você está tão empolgado com a ideia de ter um amigo peludo que nem pensa em tudo o que envolve isso.

  1. Você pode escolher entre adotar ou comprar. A adoção fará você se sentir bem por saber que estará tirando um animalzinho da rua ou abrigo. A compra também é uma opção.
  2. Escolher entre um gato de raça ou um “vira-lata”. Depois falaremos sobre isso.
  3. Pense no gasto que envolverá ter mais um “membro” na família.
  4. Ao viajar ou ficar muitos dias fora, terá de providenciar que alguém cuide dele pra você.
  5. Você está adotando um gato saudável? Se for adotar em um abrigo, por exemplo, normalmente eles já vêm castrados e vermifugados o que já evita muitos problemas.
  6. Será necessário castrar seu animal para que não fique dando cria e você fique com vários filhotes depois. Isso tudo envolve custos, avalie bem!
  7. Minha casa tem espaço? Se tiver janelas, é telada?

Porque eu quero um gato?

Essa é uma questão importante. Pergunte-se: é apenas um desejo passageiro? Terei todos os recursos que envolve ter um gato?

Um gato doméstico, isto é, quando ele vive dentro de casa e não na rua, pode chegar a viver cerca de 15 anos. Pense que você dedicará esse tempo todo a um ser que dependerá de você. Ele ficará velhinho e talvez doente e você não poderá abandoná-lo.

Não falamos isso para te desanimar, pelo contrário, é pra que você tenha plena certeza da sua responsabilidade. Adotar ou comprar não é brincadeira. Os abrigos, aliás, têm uma política bem severa quanto a isso. Eles não aceitam que você devolva um animal que foi adotado.

O principal motivo pra você querer um gato é pra você dar amor a ele e que um seja companhia pro outro.

Tenho um gato, e agora?

Existem alguns acessórios que você irá precisar como:

  • Caixa de areia: deve estar em um local tranquilo, longe da comida e sempre com areia limpa.
  • Cama: cada gato tem sua preferência. Às vezes o dono gasta uma grana comprando uma cama e ele gosta mesmo é da caixa de papelão.
  • Arranhador: se não quiser ver seus móveis destruídos é ótimo providenciar um.
  • Brinquedos: muitas vezes os mais simples são os que chamam a atenção, tipo uma bolinha de papel alumínio amassada ou um ratinho desses com chacoalho.
  • Tigelas de água e comida: devem estar sempre limpas com água e comida frescas em um lugar tranquilo e longe de outros animais como cachorro por exemplo.
  • Caixa de transporte: deve ser resistente com grade de metal e confortável por dentro.

Raças de gato

Vamos mencionar aqui algumas poucas raças pois existem muitas.

  • Gato abissínio.
    Gato abissínio.

    Gato abissínio: levado da Abissínia para a Inglaterra no século XlX tem aparência magra quase sempre da cor canela, olhos grandes, extremamente ativo sempre pronto para brincar.

  • Gato de pelo curto americano.
    Gato de pelo curto americano.

    Gato de pelo curto americano: descende dos gatos camponeses que acompanharam os colonos europeus em sua viagem à América do Norte. Se apresenta, normalmente com desenhos de listras acinzentadas e possui corpo forte com músculos sólidos.

  • Gato balinês.
    Gato balinês.

    Gato balinês: essa é uma variação de pelagem longa dos gatos siameses surgida de mutações espontâneas apresentadas por filhotes durante os anos 1950. Padrões e cores iguais aos dos siameses tradicionais.

  • Gato bimanês. Raça burmês.
    Gato bimanês. Raça burmês.

    Gato birmanês (ou gato burmês): acredita-se que essa raça se desenvolveu, no século XlX, graças ao cruzamento de gatos importados do Sudeste Asiático. Tem olhos azuis, pelagem longa e sedosa, patas brancas. Seu miado é suave e melodioso.

São tantas raças incríveis de gatos com suas características distintas que daria para fazer um texto só disso, mas para não cansar você que está lendo vamos ficar nessas por enquanto.

A alimentação dos gatos

Os médicos veterinários orientam a dar ração, esse é o melhor alimento. Hoje existem várias opções no mercado, devemos escolher uma de boa qualidade. Nem sempre a mais cara é a melhor e o contrário também é verdade. Cada gato tem um paladar específico, mas uma boa ração garantirá uma boa pelagem e saúde melhores.

Além das rações, também existem os petiscos como biscoitos de baixas calorias para que eles não fiquem obesos. Podem ser oferecidos também legumes cozidos como cenouras e vagens.

Eles gostam de comer grama ou capim, então se você tiver um vasinho e puder plantar pra ele será bom.

Existem alguns alimentos que os gatos não devem comer nunca. Comida para cães, cebola, leite (muitos têm intolerância à lactose), chá, café e outras que contém cafeína.

A obesidade entre os gatos

Como eu sei que meu gato está obeso? Como pesar o gato? O gato não deixa, ele não fica na balança, como eu faço? Um dica simples é: Suba você mesmo, sozinho, na balança e marque o peso. Depois você pega o gato no colo e se pesa novamente e então subtraia o segundo peso do primeiro. Se você verificar que de fato há acúmulo de peso precisará elaborar um plano de ação com ajuda do veterinário.

Muita gente fala: mas meu gato é tão lindo gordinho! Qual o problema dele ser assim? O problema é que ele pode vir a ter problemas hepáticos, artrite e doenças cardíacas.

Velhice e morte dos gatos

Assim como o ser humano a velhice e a morte são coisas inevitáveis para os gatinhos também. Carros, televisores e computadores podem ser descartados quando ficam velhos, mas nossos companheiros felinos não.

Existem situações em que, devido a doenças que não terão cura, o dono deve avaliar se o melhor é acabar com o sofrimento dele ou esperar que isso ocorra naturalmente. Um bom médico poderá ajudar nisso. Independente da forma, perder nosso amigo felino é bem difícil.

Às vezes a dor da perda é semelhante a perda de alguém querido. Na internet existem até grupos de apoio e aconselhamento para ajudar pessoas que estão tristes pela perda do seu gato.

Pense que seu bichinho te fez muita companhia e concentre-se nos momentos bons que vocês passaram juntos.

Gatos – conclusão

Como gateira que sou, não poderia deixar de falar algumas das minhas experiências com gatos.

Desde pequena minha casa era cheia de gatos. Uma época que não se preocupava com castração e nem nada disso, então os animais iam dando cria e iam ficando, mas hoje sei que não está certo. A castração é um modo de prevenir o abandono.

Depois de adulta tive dois gatos, um infelizmente morreu, viveu por 13 anos e agora tenho outro. Nesse período aprendi algumas coisas como:
Gato tem que ficar dentro de casa porque a rua traz muitos perigos, ele pode ser atropelado, alguém pode pegar e fazer alguma maldade, cachorro pode pegar.

Adotar é tudo de bom! Os vira latas são incríveis.

Vi que ter um gato não é tão caro assim, pelo menos é o que eu acho. Gasto com ração e areia. Claro que quando há um problema maior, a visita ao veterinário traz um gasto extra.

Aprendi que eles gostam mesmo é da cama. E, no meu caso, o arranhador foi um desperdício de dinheiro. Uma boa dica é usar sofá de Suede, eles não conseguem arranhar. Se tiver uma árvore ou algo do tipo eles gostam mais. O meu gato gosta de afiar ou trocar as unhas no pneu do carro.

Aprendi que cada gato tem sua personalidade, é como gente. Dos dois que tive consigo ver seres totalmente diferentes em algumas coisas. Já gastei dinheiro com vários brinquedos, mas o que ele mais gosta mesmo é do ratinho mais baratinho da loja. Ainda bem.

Essas são apenas algumas observações que queria compartilhar com vocês. Se vocês tiveram alguma dica ou curiosidade pra falar com a gente só escrever aqui.

Citações célebres sobre gato

Abaixo vou escrever algumas frases interessantes que encontrei sobre gato:

“Sua amizade não se conquista facilmente, mas é algo que vale a pena possuir.” – Michael Joseph

“Aos olhos de um gato, todas as coisas pertencem aos gatos.” – Provérbio inglês

“Feliz aquele que sabe fazer amizade com gatos desconhecidos.” – Provérbio colonial norte-americano

“O menor de todos os felinos é uma obra-prima.” – Leonard da Vinci

“Já que somos abençoados com apenas uma vida, porque não vivê-la com um gato?” – Robert Stearns

“Os gatos inventaram a autoestima.” – Ema Bombeck

Veja também os seguintes artigos:

Que animal de estimação é melhor pra mim?

Matar macaco é crime

PET em inglês, o que significa?

Categorias
Inglês online

SURPRESA em inglês, como se diz?

SURPRESA em inglês: Surprise | Surprisal

SURPRISE” significa surpresa em inglês. Surpresa significa, segundo o dicionário Michaelis, é a ação ou efeito de surpreender ou de ser surpreendido. Sobressalto proveniente de um caso imprevisto e rápido; admiração, pasmo, espanto.

Surpresa ainda significa prazer inopinado que nos causa a vista de pessoa ou coisa agradável, com que não contávamos. Acontecimento que sobrevém de repente. Induzimento em erro. Fato ou incidente inopinado.

Surpresa é também uma coisa que surpreende ou espanta. Ação calculada com que se pretende agradar ou ser útil a alguma pessoa sem esta o prever nem o esperar; prazer inesperado que causamos a alguém. Espécie de mutirão feito inesperadamente e seguido de tocata, canto e dança. De surpresa: inesperadamente.

What does “SURPRISE” mean?

“SURPRISE” is a noun. The definition or meaning is “the act of surprising; astonishment; something which startles or astonishes; unexpected event”. Another meaning would be ASTONISHMENT, amazement, wonder, incredulity, bewilderment, stupefaction, disbelief; the action of surprising : the state of being surprised”. See some examples with Portuguese translation.

How do you say “SURPRISE” in Portuguese?

  1. So I was talking to John about the garden, and then SURPRISE, he asked me to marry him! Can you beleive that guy? / Então eu estava conversando com João sobre o jardim, e então SURPRESA, ele me pediu para se casar com ele! Dá pra acreditar nesse cara?
  2. The result represents no surprise at all. / O resultado não representa surpresa alguma.
  3. What a surprise to see you here! / Que surpresa vê-lo aqui!
  4. To my great surprise/ Para grande surpresa minha…
  5. I was very much surprised / Fiquei bastante surpreso.
  6. I got the surprise of my life. / Foi uma surpresa para mim.
  7. You took me by surprise. / Você me pegou de surpresa.

Veja também os seguintes artigos:

Como se diz “de repente” em inglês?

Como se diz “cair o queixo” em inglês?

Como se diz “impressionar” em inglês?

Como se diz “impressionado” em inglês?

Como se diz “impressionante” em inglês?

ASSUSTAR, SUSTO em inglês, como se diz?

Fontes:

Dicionário Michaelis

Urban dictionary

Cambridge Dictionary

The Free Dictionary by Farlex

Merriam-Webster Collegiate Dictionary

The American Heritage® Idioms Dictionary

Michaelis Moderno Dicionário Inglês-Português (English-Portuguese)

Categorias
Inglês online

OOTB em inglês, qual é o significado?

OOTB significado em inglês: Out Of The Box | Out Of The Blue | Out of Town Behavior

OOTB” é o acrônimo ou abreviatura de “Out Of The Box“, “pensar grande” em inglês, ou fora da caixa. “OOTB” também significa além de “Out Of The Box” em inglês, também “Out Of The Blue“, “do nada”, “de repente” em inglês. “OOTB” também pode significar “Out of Town Behavior“, comportamento errático de alguém que está fora da sua cidade. Por exemplo, alguém que vai pra Las Vegas.

Out of the box” também é usado como sinônimo de “fora da prateleira” (off the shelf), que significa um pacote de software, hardware ou combinação, pronto, que atende a uma necessidade que, de outra forma, exigiria um esforço de desenvolvimento especial. Algo como “pronto pra uso”, “de fábrica” ou “standard“. Ou seja, está como ‘saiu da caixa’ ou como ‘saiu da prateleira’ (off the shelf) que é justamente a tradução literal dessa expressão. Pronto pra usar, sem a necessidade de uma instalação complicada.

Termos mais antigos, relacionados, mas muito diferentes, incluem “blue sky“, “far out“, e “off the wall“. Uma variação de “Out Of The Box” é “Outside The Box“.

What does “OOTB” mean?

“OOTB” is an acronym. The definition or meaning is “Out Of The Box; Hardware that has just been removed from its original carton and plugged in or software just removed from its original package and installed”. Another meaning would be “Out Of The Blue; Out of Town Behavior”. See some examples with Portuguese translation.

How do you say “OOTB” in Portuguese?

  1. So I was talking to John about the garden, and OOTB he asked me to marry him! Can you beleive that guy? / Então eu estava conversando com João sobre o jardim, e DO NADA ele me pediu para se casar com ele! Dá pra acreditar nesse cara?
  2. The girls went to Vegas over the weekend and displayed some serious OOTB. / As meninas foram para Las Vegas durante o fim de semana e mostraram um comportamento totalmente diferente de quanto estão aqui.
  3. OOTB, the laptop was virtually unusable due to all of the crapware installed by the vendor. / Fora da prateleira, o laptop era praticamente inutilizável devido a todos os aplicativos inúteis instalados pelo fornecedor.

O que significa “to think outside the box” em inglês?

To think outside the box” significa pensar livre e criativamente. Desenvolver novas ideias fora do convencional. Ter uma perspectiva diferente.

  1. You won’t come up with good ideas until you think outside the box / Você não vai surgir com novas ideias a menos que analise de uma nova perspectiva.
  2. Let’s think outside the box for a minute and try to find a better solution / Vamos pensar numa abordagem totalmente diferente do normal por um minuto e tentar encontrar um solução melhor.
  3. These guys are incredibly creative – they really know how to think out of the box / Esses caras são incrivelmente criativos – eles sabem como pensar de forma não convencional.

O que significa “out of the blue” em inglês?

  1. Her moods blew up out of the blue. / O temperamento dela explodiu do nada.
  2. She phoned quite out of the blue. / Ela telefonou quando eu menos esperava.
  3. The email arrived quite out of the blue. / O e-mail chegou quando menos se esperava.
  4. Today a job offer came to me out of the blue. / Hoje me apareceu um oferta de emprego do nada.

 

Veja também os seguintes artigos:

O que significa “Out of the box” em inglês?

Como se diz “sem mais nem menos” em inglês?

Como dizer que algo “aconteceu do nada” em inglês?

Fontes:

Urban dictionary

Cambridge Dictionary

The Free Dictionary by Farlex

Merriam-Webster Collegiate Dictionary

The American Heritage® Idioms Dictionary

Michaelis Moderno Dicionário Inglês-Português (English-Portuguese)

Categorias
Dicas valiosas

O vestido de noiva ideal, como escolher?

Antes mesmo de se escolher a data do casamento, a mulher já está pensando no vestido dos sonhos, aquele vestido de noiva que todo mundo vai virar pra ela e falar: “oh que linda”! Têm vestido pra todo tipo de corpo, bolso, tudo pra garantir que o dia D seja inesquecível. Vamos tentar te ajudar falando um pouquinho desse assunto aqui no Dicas valiosas.

Como obter o vestido de noiva

Temos algumas opções como: o primeiro aluguel que é quando você faz o vestido de noiva do jeitinho que você quer, então você será a primeira a usá-lo e depois devolve ele para a loja, a pessoa que o fez.

Outra opção é o aluguel em si, quando você vai até uma loja de vestidos de noivas aluga um que já foi usado por outra pessoa e então o devolve.

Você também pode comprar um vestido, quer dizer, mandar um estilista desenhar e uma costureira fazer e depois ficar com ele sem ter que mandar devolver. Hoje a internet facilita muito nas compras de vestidos de noivas, você pode achar um que seja a sua cara e negociar um bom preço, mas cuidado ao comprar pela internet. Já fizemos um post aqui sobre os cuidados ao comprar pela internet: Que cuidados ter ao comprar pela internet?

Um jeito muito lindo de usar um vestido de noiva é reformando o vestido da mãe, da avó. É uma linda homenagem e que pode reduzir o gasto também.

Vantagens

Cada modo tem suas vantagens e desvantagens, por exemplo, no primeiro aluguel, que inclusive é uma prática muito apreciada pelas noivas, você pode ter o vestido dos seus sonhos onde o estilista vai desenhar como você quiser e depois você não fica com aquela peça em casa muitas vezes ocupando espaço, sem destino.
Já o aluguel de um vestido já pronto não tem a mesma magia de saber que foi feito especialmente pra você, outras já usaram antes.
Comprar também pode ser uma boa, mas provavelmente será mais caro já que ele será seu no final.

Preços de vestidos de noiva

Esse é um assunto que preocupa aos noivos ou a quem quer que seja irá pagar pelo vestido de noiva.

Primeiro de tudo, pesquise muito! A internet pode ser sua aliada ao procurar o vestido de noiva ideal, seja pra alugar ou comprar.

Independentemente do tipo de vestido que você for comprar, estabeleça um limite de gasto e tente se apegar a ele.

Dessas opções mostradas acima é bem provável que comprar por um vestido de noiva seja a opção mais cara. O primeiro aluguel é intermediário, nem o mais barato, nem o mais caro, pois afinal você devolverá o vestido para a loja e ela poderá ganhar dinheiro com ele outras vezes.

Por último, o aluguel de um vestido de noiva já pronto talvez seja a opção mais barata pois a loja já ganhou com ele e você também terá de devolvê-lo, mas nem por isso é a pior opção. Você pode encontrar vestidos lindos e perfeitos para você alugando um já pronto.

Quanto tempo antes

Alguns especialistas dizem que 1 ano antes ou até mais seria um tempo razoável pra você escolher seu vestido de noiva. Especialmente se você for fazê-lo do zero, quanto mais tempo melhor pra que você faça com calma, sem afobação e arrependimento depois.

O estilo do casamento

Isso é muito importante saber, qual o estilo do casamento, se será na cidade, na praia, no campo. Para cada local desses existe vestidos apropriados, que combinam mais. Se será a noite, de dia. Um dos especialistas poderá lhe ajudar nisso na hora em que for comprar ou alugar, mas se você já tiver algo em mente ficará bem mais fácil.

O tipo de corpo

Nós bem sabemos que nem tudo que vemos na vitrine cai bem no nosso corpo. Antes de você escolher seu vestido de noiva é ideal que você saiba qual o seu estilo de corpo. Tenho mais quadril? Sou bem magrinha? Sou mais cheinha? Tenho muito seio? Pouco seio? Cada uma dessas perguntas e muitas outras vai interferir na escolha do seu vestido.

Como saber todos esses detalhes? Uma boa ajuda é você ir no aplicativo Pinterest e procurar por “tipo de corpo vestido de noiva”, lá você encontrará algumas tabelas que irão te auxiliar.

O tecido do vestido de noiva

Existem vários tipos de tecidos para seu vestido ser confeccionado:
Renda, pras românticas é o ideal, passa um ar de inocência
Cetim, uma característica de brilho, muito leve e com aspecto mais sensual
Chiffon, tecido fino, leve e com certa transparência
Organza, tecido armado, estilo princesa.
Tule, semelhante a organza é para dar um efeito princesa, usado para vestidos de damas e madrinhas também.
Seda, tecido mais sofisticado com caimento bem leve
Esses são alguns exemplos, mas tudo depende do estilo de vestido que você irá querer. Mais armado, menos armado, mais fluído, menos fluido.

A cor do vestido de noiva

Não pense que só existe vestido branco não. Cada vez mais as mulheres têm inovado nisso também.

Fique atenta a cor da sua pele e quais cores do tecido combinam com você.

Branco puro:

um branco azulado e reluzente. É o branco mais usado em vestidos de primeira comunhão. Perfeito para noivas de pele escura.

Branco neve:

É um branco radiante, mas sem essa tonalidade azulada, a cor da neve. É o mais parecido com o branco puro, embora ainda seja uma cor não muito popular. Sem dúvida, noivas com tom de pele escura, apostem neste branco!

Cru/off white:

este é o tom de branco mais usado pelas noivas, na verdade, quase 90% escolhe esse tom para o seu look. É a cor natural da seda antes de sujeitá-la aos corantes. Um branco que favorece muito, especialmente noivas com cútis nem muito clara nem muito escura.

Pérola:

parecido ao cru, mas com um tom próximo à baunilha, não é muito fácil de encontrar, mas é muito elegante e fino. Costuma ser mais utilizado por noivas com mais de 40 anos. Ideal para mulheres com a pele mais morena.

Marfim:

mais distante do branco puro do que o pérola, mas mais próximo ao bege. É um dos tons de branco que mais favorece as noivas, uma vez que é um tom um pouco mais quente. Se você tem uma pele muito branca, é melhor você apostar na cor do marfim.

Champanhe:

levemente dourado, como a bebida que tem seu nome. Não fica bem em todos os tipos de pele, mas fica realmente espetacular na pele escura. As meninas de pele escura vão se sentir sensacionais com esse tom!

Nude:

é a cor da pele, geralmente não é usado como o tom principal para o vestido, mas para combinações de cor com branco ou cru, com bordados ou rendas que simulam o efeito tattoo.

Rosa empoeirado:

não é branco como tal, mas é amplamente utilizado em vestidos de casamento estilo vintage. É um rosa com uma mistura de bege e branco, muito suave. Uma das melhores opções para as noivas com a pele mais clarinha.

Peça opinião de alguém

Na hora de escolher seu vestido de noiva peça que alguém confiável te ajude nessa difícil, mas agradável tarefa. Deve ser alguém que ajude, mas que também respeite seus gostos. Você mesma deve atentar a seus próprios gostos e ter cuidado para não se deixar levar pela opinião de terceiros e então ficar infeliz com o resultado final. Acima de tudo, VOCÊ deve ser a pessoa mais feliz com seu vestido.

Não achei o vestido de noiva perfeito

E nem vai. Porque o vestido perfeito não existe. Você escolhe um que acha ser o perfeito, mas daí vê outro que parece ser o perfeito também é daí outro, e outro e mais outro. A busca não tem fim. Se você achou um que é a sua cara, que você se apaixonou, então pare de ficar procurando por outros. Mais ou menos como o noivo, existem muitos homens, mas você se apaixonou por esse. Pra que continuar procurando? Fique com ele e seja feliz.

Maio ainda é o mês das noivas?

Na verdade, o IBGE tem declarado que dezembro têm sido o mês que as pessoas mais se casam nos últimos anos.

Porém, contrariando as estatísticas, noivos mais tradicionais ainda preferem casar no quinto mês do ano. A definição de maio como mês das noivas, vem de uma homenagem dos católicos à festa de consagração de Maria, mãe de Jesus – daí chama-lo também de Mês Mariano – e também por ser o mês das mães.

Independente da data que você tenha escolhido para seu casamento, esperamos que as dicas que demos aqui tenham sido de fato valiosas na hora de você adquirir seu tão sonhado vestido de noiva.

Se você tem alguma observação, comentário ou crítica a fazer fale com a gente. Queremos ouvir você.

Abraços.

Veja também os seguintes artigos:

Que cuidados ter ao comprar pela internet?

Como se diz “casar/casamento” em inglês?